Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Cunha pode ser preso em uma semana, diz jornal


Cassação do peemedebista será votada nesta segunda-feira (12) na Câmara.
A prisão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pode sair em uma semana, segundo publicou a coluna do jornalista Lauro Jardim, neste domingo (11), no jornal O Globo.
A publicação diz que essa é a expectativa no entorno do ex-presidente da Câmara. Mas para isso acontecer, o peemedebista precisa ser cassado primeiro.
A votação da cassação de Cunha acontece nesta segunda-feira (12), em Brasília. Uma enquete realizada na capital federal, também do jornal carioca, aponta que haverá votos suficientes para a cassação.
Fonte: Notícias ao Minuto

Datafolha: Roberto Cláudio tem 32% e Wagner 24% em Fortaleza

Pesquisa O POVO/Datafolha divulgada neste sábado, 10, mostra que em Fortaleza os candidatos Roberto Cláudio (PDT) e Capitão Wagner (PR) dispararam na frente, enquanto Luizianne Lins (PT) caiu de 17% para 16%.

O levantamento mostra que Roberto Cláudio subiu cinco pontos, saindo de 27% para 32%, enquanto Wagner cresceu quatro, passando de 20% para 24%.

Heitor Férrer (PSB) passou de 9% para 8% das intenções de voto; Ronaldo Martins (PRB), de 4% para 3%; e João Alfredo (Psol) de 1% para 2%. Gonzaga (PSTU), que não pontuou na última pesquisa, apareceu com 1%. Tin Gomes (PHS) não pontuou. Os eleitores que pretendem votar branco ou nulo passaram de 12% para 8%, e os indecisos de 9% para 8%.

Na pesquisa espontânea, o índice de indecisos caiu de 52% para 32%. Registrando os votos mais consolidados esse quesito mostrou que Roberto Cláudio passou de 17% para 26% das intenções de voto, Capitão Wagner de 5% para 15% e Luizianne de 6% para 11%. Heitor passa de 3% para 5%, Ronaldo Martins de 1% para 2% e João Alfredo atinge 1%. Gonzaga e Tin não foram citados.

Rejeição

O percentual de fortalezenses que disseram não votar “de jeito nenhum” em Roberto Cláudio caiu de 29% para 23%. Luizianne Lins teve sua rejeição oscilando de 35% para 38%. Tin Gomes (PHS), que tinha 15% no índice, chegou a 24%. Além de Tin, apenas um outro candidato, Francisco Gonzaga (PSTU), teve rejeição ampliada para fora da margem de erro de três pontos percentuais, passando de 14% para 22%. O jornal O Povo, quem contratou a pesquisa não divulgou os números, mas informou que Ronaldo Martins (PRB), João Alfredo (Psol) e Capitão Wagner (PSB), oscilaram todos entre um e três pontos para cima, sem ultrapassar margem de erro.

A pesquisa ouviu 816 eleitores nos dias 8 e 9 de setembro, tem margem de erro de três pontos percentuais e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) com o número CE-05460/2016.