Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Jovem é morta pelo ex após mudar de cidade por conta de agressões

Jennifer foi morta pelo ex-companheiro em Juquiá, SP (Foto: Arquivo Pessoal)
Jennifer foi morta pelo ex-companheiro em Juquiá

A atendente de telemarketing Jennifer Morais Belo, de 20 anos, foi morta pelo ex-companheiro Luciano Borges da Silva, de 37, em Juquiá, na região do Vale do Ribeira, interior de São Paulo. Vítima de ameaças constantes, segundo familiares, a jovem foi esfaqueada diversas vezes no pescoço. O suspeito foi preso na noite desta segunda-feira (25).
O crime ocorreu no domingo (24), na casa de um parente de Jennifer, que é moradora de Praia Grande, no litoral paulista. Testemunhas disseram que ela foi surpreendida pelo ex-marido quando entrava no imóvel, no bairro Vila Sanches. Ele a imobilizou pelo pescoço e começou a esfaqueá-la.
A vítima ainda tentou se esconder em um dos cômodos da residência, mas o ex-marido a perseguiu. Jennifer parou de ser esfaqueada apenas depois que um vizinho da família da jovem, um homem de 57 anos, conteve o agressor, que acabou o esfaqueando no rosto. Em seguida, Luciano fugiu.

Casal tem um filho; familiares dizem que ela era ameçada (Foto: Arquivo Pessoal)
Casal tem um filho; familiares dizem que ela era ameaçada

Jennifer foi socorrida ao hospital da cidade, mas chegou morta à emergência da unidade. O vizinho foi levado para o mesmo local e permanecia internado até a manhã desta terça-feira (26), segundo informações da Polícia Civil, que investiga o caso.
Luciano, que é operador de máquinas, e Jennifer são de Guarulhos, na Grande São Paulo, e mantinham um relacionamento há seis anos. O casal tem um filho de quatro anos. Após ser agredida quatro vezes, ela decidiu se separar e voltar a morar com a mãe, na mesma cidade, há três meses.
Constantes ameaças, porém, a forçaram a morar com parentes no litoral paulista. Familiares não sabem como o ex-companheiro soube da visita ao Vale do Ribeira. Antes de fugir, ele deixou uma camiseta cheia de sangue. Junto com a faca do crime, a roupa foi apreendida.////wscom.com.br

‘Casal canibal’ é detido na Rússia acusado de 30 assassinatos


Um celular perdido levou à prisão, nesta segunda-feira, de um casal na Rússia acusado de pelo menos trinta assassinatos e de atos de canibalismo cometidos ao longo dos últimos vinte anos, de acordo com jornais locais e com a agência estatal de notícias do país, RIA Novosti.

O caso surgiu quando, no início do mês, um trabalhador entregou à polícia da região de Krasnodar, no sul da Rússia, um celular encontrado na rua contendo fotos perturbadoras de um uma pessoa posando ao lado dos membros decepados de uma mulher. Os oficiais rastrearam o responsável pelas imagens e prenderam Dmitry Baksheev, de 35 anos, e sua esposa, Natalia, no dormitório da academia militar da cidade. Um balde ensanguentado foi encontrado no local.

Segundo jornais locais, o casal mantinha um estoque de carne enlatada feita a partir de restos humanos e alimentava a si mesmo e os oficiais da academia militar da cidade Krasnodar com a produção. Até o momento, a polícia, de acordo com relatos ainda não confirmados pelas autoridades, encontrou em um porão e em freezers pacotes com membros de sete vítimas, 19 fragmentos diferentes de pele humana e outros restos mortais guardados em jarras.

Inicialmente, o homem acusado dos crimes alegou ter encontrado os pedaços de corpos em uma floresta. Uma fonte disse à RIA Novosti que, durante o interrogatório, o suspeito admitiu ser o responsável por dois assassinatos – o da mulher cujos membros aparecem nas fotos do celular e de outra pessoa morta em 2012. As autoridades locais anunciaram que “o envolvimento dos detidos em outros crimes pela região será apurado ao longo das investigações”.

Fonte: Veja.Com

Uma semana, 1.195 mortes: o retrato da violência no Brasil


Mil, cento e noventa e cinco mortes violentas. Uma média de uma a cada oito minutos no país. Durante uma semana, o G1 registrou todas as vítimas de um embate silencioso. São crimes que, na maioria das vezes, ficam esquecidos – casos de homicídios, latrocínios, feminicídios, mortes por intervenção policial e suicídios espalhados pelo Brasil.

Há inúmeros exemplos: de como uma vida pode custar apenas R$ 20, de como uma discussão de casal pode terminar em tragédia, de como uma execução pode parecer algo banal.

O trabalho é o ponto de partida de uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência (NEV) da USP e com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O projeto tem um nome: Monitor da Violência.

Trata-se de uma pequena amostra – se comparada à marca de quase 60 mil homicídios anuais –, mas que perfaz um retrato da violência no Brasil.

Alguns recortes se destacam no levantamento feito. São eles:

Do total de vítimas, 89% são homens
Os jovens – especialmente os de 18 a 25 anos – são a faixa etária mais vulnerável à violência (33% do total)
Negros correspondem a 2/3 das vítimas em que a etnia é informada
A maior parte dos crimes ocorre à noite (35%)
O fim de semana concentra um grande percentual dos casos (36%)
81% morrem vítimas de arma de fogo (quando a arma é informada)
Em 15% dos casos, o autor do crime conhece a vítima
São 89 suicídios no período

Mas mais importante que os números em si são as histórias dessas vítimas: saber quem são, por que entraram para o rol de mortos e o que representam em meio a essa epidemia de violência que vive o país.

Vidas que custam menos de R$ 100

Manoel Pereira da Silva teve a vida interrompida aos 63 anos após receber uma facada no pescoço em João Pessoa. O motivo: uma dívida de R$ 20.

Dependente químico, ele foi abordado pelo agressor, que cobrou o dinheiro, em uma região conhecida como Cracolândia. Uma mulher ainda tentou intervir. Acabou ferida e não conseguiu evitar a morte do idoso.

Não foi um caso isolado na semana. No Pará, um homem de 48 anos foi assassinado por conta de uma dívida de R$ 50. Foi esfaqueado e deixado caído no meio da rua em Tucuruí.

No Gama, cidade-satélite do Distrito Federal, um outro acerto de contas. Um adolescente de 16 anos foi assassinado a sangue frio porque tinha uma dívida de R$ 80 relacionada a drogas. Um fim abreviado para um jovem considerado “brincalhão e de bom relacionamento” pelos colegas da escola, que ele havia largado um ano antes.

De bebê a centenário

Entre as vítimas há desde um bebê de apenas 2 meses até um homem de 112 anos. No caso do menino João Myguel Vicente Gomes, a morte ainda é investigada. Ele foi levado a um hospital no Agreste de Pernambuco já sem vida. E entrou para a triste estatística da semana.

Em outro ponto do estado, dois dias depois, era registrada a morte do mais velho da lista. Eriberto Francisco de Lima, de 112 anos, foi morto em uma área de mata de Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana do Recife. Ele foi encontrado enforcado, mas a família não acredita em suicídio e faz um apelo para que as autoridades investiguem o caso.

Apenas duas capitais não registraram mortes violentas durante a semana em questão: Vitória e Campo Grande. Florianópolis só aparece na estatística pois teve um suicídio no período.

Por outro lado, mais de 45 cidades registraram índice superior a 10 mortes a cada 100 mil habitantes – índice considerado extremamente alto se for levado em conta o período de apenas sete dias analisados (já que a taxa é usada como parâmetro anual).

O Ceará foi o recordista de casos em números absolutos: 128 mortes – quase uma por hora.

Mulheres como alvo

Apesar de os homens serem maioria entre as vítimas, o número de mulheres assassinadas – especialmente pelos companheiros ou ex-companheiros – também chama a atenção. É um dado que só cresce. Ainda assim, poucos casos são classificados como feminicídios, o que denota uma subnotificação nos registros deste tipo de crime.

Segundo o levantamento, são nove vítimas. Umas delas, Laniele Santos Duques da Silva, foi morta com um tiro na cabeça pelo marido em Mauá, na Grande São Paulo, e deixou uma filha de 1 ano.

Em Tupã (SP), Jaguarari (BA), Icó (CE) e Serra (ES), as vítimas foram alvo de ex-companheiros. Débora Goulart, que já havia registrado um boletim de ocorrência contra o ex-marido, foi esfaqueada dentro de casa no interior de São Paulo. Na Bahia, Graciela de Souza Dias foi morta a pauladas pelo ex, que não se conformava com o fim do relacionamento. O mesmo ocorreu no Ceará com Patrícia Ferreira da Silva, morta a tiros pelo ex-companheiro, que dizia não ter “superado” a separação. No Espírito Santo, Gabriela Silva de Jesus foi estrangulada pelo ex-noivo.

Sancionada há pouco mais de dois anos, a Lei do Feminicídio aumenta a pena para assassinatos contra mulheres cometidos em razão do gênero. Mas ainda é pouco aplicada.

Falta de transparência

Outro problema verificado no levantamento diz respeito à transparência. Boa parte das mortes, por exemplo, só foi registrada pelas equipes do G1após a semana analisada. Isso porque vários casos foram conhecidos dias depois, quando os órgãos de segurança divulgaram seus balanços mensais.

Várias secretarias, porém, se negaram, tanto durante a semana como posteriormente, a passar uma listagem das vítimas ou mesmo um dado consolidado.

O G1, então, fez um cruzamento com fontes, policiais, sindicatos e com IMLs (Institutos de Medicina Legal) para chegar ao número final e contar todas as histórias.

O trabalho mostra a falta de transparência de muitos governos estaduais. Mas não só: revela também uma total ausência de padronização e de um sistema nacional que abranja homicídios e demais mortes violentas.

Um exemplo da dificuldade em obter estatísticas confiáveis são os casos de mortes por policiais. Em alguns estados, eles entram na estatística como homicídios. Em outros, são separados e constam como “confronto com a polícia”, “auto de resistência” ou outra denominação diferente. O G1teve de analisar caso a caso para chegar ao número de 61 mortes por intervenção policial no período (ainda assim, é possível que algum caso, em razão de informações escassas por parte das forças de segurança, não tenha entrado na conta).



Fonte: G1

Por brincadeira de Silvio Santos com Maisa Silva, SBT é processado em R$ 10 milhões


O canal SBT foi processado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-SP) por "danos morais coletivos" em R$ 10 milhões. A ação foi motivada pelo pedido de Silvio Santos para que a apresentadora Maisa Silva, de 15 anos, namorasse com o apresentador Dudu Camargo, de 19 anos. As informações são da coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. 

Diante da situação, a adolescente demonstrou desconforto, mas, de acordo com o MPT, Silvio Santos ainda insistiu na brincadeira. A ação diz que aconteceram violações aos direitos à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem de funcionários do canal.

Além disso, o órgão também menciona uma cena do "Programa do Ratinho", onde o apresentador chutou uma caixa de papelão onde a assistente de palco Milene Uehara estava. O SBT afirmou que não tem conhecimento sobre o caso, não recebeu notificação e não irá se manifestar sobre o caso.

Fonte: O Povo

Pela 2ª vez, leitura de denúncia contra Temer é adiada na Câmara por falta de quórum

4.set.2017 - Presidente do Brasil, Michel Temer, em encontro dos Brics, na China
Em nova tentativa nesta segunda-feira (25), a leitura da denúncia contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB), em plenário da Câmara foi adiada por falta de quórum. A sessão foi convocada para as 14h, mas não chegou a ser aberta e foi declarada cancelada às 14h30. Era necessária a presença de 51 deputados no plenário. Na Câmara, havia 23 parlamentares no horário.

Uma nova tentativa será feita nesta terça-feira (26) às 11h, segundo a agenda prevista. Na sexta-feira (22), a leitura também não foi realizada por falta de quórum. Dos 513 deputados, apenas dois parlamentares compareceram na semana passada: o terceiro-secretário da Câmara, JHC (PSB-AL), e o deputado Celso Jacob (PMDB-RJ). Este último cumpre pena em regime semiaberto por falsificação de documento público e dispensa de licitação e precisa comprovar a ida ao trabalho para manter o benefício.

Uol

CCJ pode votar proposta para reduzir superlotação nos presídios nesta quarta


Foto: Divulgação/ DPE
 O projeto de Lei (PLS 513/2013) que discute a redução do número excessivo de presos nas penitenciárias poderá entrar na pauta de votação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) nesta quarta-feira (27). O projeto altera a Lei de Execução Penal em mais de 200 pontos. Ele prevê, por exemplo, que toda vez que um presídio atingir a sua capacidade máxima seja feito um mutirão para verificar se há algum detento que já tenha cumprido as exigências para ser libertado. Se ainda assim a lotação não for normalizada, aquele prisioneiro que tiver mais próximo de concluir a sua pena terá a liberdade antecipada. O texto também proíbe a permanência de presos provisórios na penitenciária e da um prazo de quatro anos para extinção das carceragens nas delegacias de polícia. O projeto e é de autoria do senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

Homem é detido com carga de quase 1 kg de ouro escondida no ânus


As autoridades do Sri Lanka detiveram um homem que tentava contrabandear ouro e joias em pacotes escondidos em sua cavidade retal. Segundo os funcionários da alfândega, a carga de 904 gramas é avaliada em cerca de US$ 30 mil, o equivalente a R$ 93 mil. O homem de 45 anos não teve sua identidade revelada. Ele tentava embarcar num voo para a Índia, mas foi parado pela alfândega do Aeroporto Internacional de Colombo. Em entrevista à BBC, um porta-voz da alfândega informou que o homem foi parado porque estava “andando de forma suspeita”, então, detectores de metais identificaram a carga escondida, “cuidadosamente embalada em sacos de plástico”. A carga apreendida tinha “quatro barras, três peças e seis joias de ouro e dois artigos de joalheria de ouro e prata”. Casos como esse não são incomuns. Na semana passada, uma mulher foi detida tentando contrabandear uma carga de 314,5 gramas de ouro também escondida na cavidade retal. Segundo a alfândega, criminosos compram ouro em Dubai e Cingapura, onde o metal é mais barato, e tentam contrabandeá-lo para a Índia para lucrar com a revenda.

Como a laranja pode ajudar quem tem problema de intestino



Além de rica em vitamina C, a laranja-da-baía --aquela sem semente-- também pode ser uma importante aliada para o bom funcionamento do seu intestino. É o que aponta um estudo realizado pelo Centro de Pesquisa em Alimentos da USP (Universidade de São Paulo), que comprovou a relação da ingestão do suco da fruta a mudanças na composição da flora intestinal. A informação é do UOL.

Mudanças que, como define a bióloga Elisa Brasili, autora do estudo, são "bastante positivas" e favorecidas pelo "aumento das famílias de bactérias Veillonellaceae e Ruminococcaceae", que, entre outros benefícios, reestruturam a flora e reduzem as doenças inflamatórias intestinais, tais como a doença de Crohn, a retocolite ulcerativa e outras inflamações de cólon.

Outro tipo de laranja analisado pelo estudo foi a laranja-cara-cara, que não é comumente comercializada no Brasil, mas que também favorece a flora intestinal.

"Neste caso, observamos um aumento significativo nas famílias das bactérias Mogibacteriaceae e Tissierellaceae, que são alteradas em vários tipos de doenças, tais como o Parkinson."

Todas as laranjas podem ter esse efeito?

Não se sabe se outros tipos de laranja podem ter o mesmo efeito. Essas espécies foram escolhidas para a pesquisa por serem ricas em licopeno, substância "anti-inflamatória" e capaz de bloquear o crescimento de células cancerígenas.

"Esse diferencial nos fez pensar que esses dois tipos de laranja poderiam ter um efeito ao organismo diferente das outras. E conseguimos provar isso."

Os resultados do estudo foram observados em um ensaio clínico realizado com 21 voluntários saudáveis de 20 a 43 anos. A flora intestinal de cada um deles foi analisada antes e depois de eles tomarem 500 ml de suco diariamente por uma semana.

Ingestão tem que ser contínua

Mas, como destaca Brasili, as mudanças na flora intestinal dependem da ingestão frequente dos sucos de laranja-da-baía e laranja-cara-cara. Não adianta tomar o suco uma única vez. Isso porque basta mudar os padrões da dieta, que a flora intestinal se altera novamente. "É como tomar probióticos. Quando você ingere, há benefícios. Quando para de tomar, os benefícios diminuem."

Os estudos ainda são preliminares e, segundo a pesquisadora, ainda não é possível recomendar a ingestão dos sucos para pacientes que sofrem de doenças inflamatórias intestinais crônicas ou que têm a composição da flora intestinal alterada, como os obesos. "O próximo passo é fazer ensaio clinico com voluntários não saudáveis."

Homem suspeito de abusar da filha morre após ser linchado


Um homem suspeito de abuso sexual da própria filha, de seis anos de idade, foi linchado, na noite de domingo (24), no Conjunto Tasso Jereissati, em Fortaleza.

Conforme informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), um grupo de cinco pessoas retirou o homem de casa e desferiu tiros e pauladas contra ele. Francisco Sidney Rodrigues dos Santos, de 38 anos, não resistiu as agressões.

A Polícia Militar ainda chegou a ser acionada, mas quando chegou no local Francisco Santos já estava morto.

De acordo com informações da PM, a população teria descoberto recentemente que Francisco Sidney violentava a filha há, pelo menos, quatro anos. A Polícia vai restaurar inquérito para apurar as verdadeiras motivações do caso e investigar quem são os responsáveis pelo o linchamento da vítima.

Petrobras aumenta preço do gás de cozinha pela 2ª vez no mês


Preço do botijão de gás é reajustado novamente (Foto: Reprodução/TV Fronteira)
O Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp) da Petrobras decidiu elevar em 6,9%, em média, os preços do gás liquefeito de petróleo (GLP) para uso residencial vendido em botijões de até 13 kg, a partir de terça-feira (26), segundo comunicado.

"Este reajuste repassa a variação de preços do mercado internacional apresentada ao longo de agosto conforme política anunciada pela companhia", afirmou a estatal nesta última segunda-feira (25).

No início de setembro, a Petrobras já havia anunciado uma alta de 12,2% no preço do botijão de gás, citando os impactos da tempestade Harvey na principal região exportadora do produto, além de uma situação da baixa oferta.

A decisão desta segunda-feira aplica-se exclusivamente ao GLP de consumo residencial em botijões de 13 kg e o ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos.

Se a alta for integralmente repassada aos preços ao consumidor, a companhia estima que o preço do botijão pode ser reajustado, em média, em 2,6%, ou cerca de R$ 1,55 por botijão, isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.

Jovem morre após monitor cardíaco de hospital cair em sua cabeça


jovem Beatriz Cardoso


Uma jovem de 19 anos, que estava internada em hospital de Barretos, interior de São Paulo, morreu na noite deste domingo, 24, após monitor cardíaco da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) cair em sua cabeça. Ela estava na unidade pois tinha acabado de passar por cirurgia por conta de um traumatismo craniano. As informações são do portal Uol.

Internada desde o dia 16 de setembro último na Santa Casa, Beatriz estava se recuperando de um acidente. Em relato às autoridades, a família da garota declarou que o novo ferimento na cabeça dela aconteceu pela queda de um monitor de atividades cardíacas sobre a região tratada.

A Polícia Civil de Barretos abriu inquérito para investigar a natureza do acidente. Por enquanto, fala-se em homício culposo, sem a intenção de matar. As investigações ajudarão descobrir se alguém derrubou por acidente ou se o aparelho estava mal posicionado. As autoridades ainda esperam, também, laudo do Instituto Médico Legal (IML).

Ivete Sangalo mostra barriga da gravidez e brinca: "Bolota total"


Mesmo depois de anunciar a segunda gravidez, dessa vez de gêmeas, a cantora Ivete Sangalo segue cumprindo sua agenda de shows. Na manhã desta última segunda-feira, 25, ela compartilhou uma montagem em seu perfil no Instagram e brincou com o tamanho da sua barriga de gestação.

"Que mamãe mais exibida. Bolota Total", escreveu a baiana na legenda.

Nos comentários, os fãs elogiaram o registro. "Mamãe mais linda. Deus abençoe sempre", desejou uma seguidora. "Linda demais", elogiou outra. "Pisa menos, Veveta!", pediu mais uma. "Tá linda gestante", elogiou outra fã.

EXTRA: Thammy "voltará a ser mulher e terá filhos" diz Sula Miranda - Vídeo


Todos sabemos que o relacionamento entre família sempre é complicado. Não existe um padrão de família ‘normal’ por assim dizer, sempre acontecendo de ter desavenças e desentendimentos, por causa de opiniões contrárias, pessoas que acabam se metendo onde não são chamadas e por ai vai. Não seria com as famílias dos famosos que seria diferente não é mesmo?

Mas se tem um tema que é bem polêmico e que sempre irá dar o que falar dentro de uma família, é quando um dos membros se assume homossexual. Quando em uma mesma família existem pessoas que são totalmente contra, principalmente pessoas evangélicas, aí já pode esperar que vários assuntos delicados irão surgir sempre que acontecer uma reunião.

Com a família de Gretchen, a rainha do rebolado, aconteceu de ter esses dois tipos opostos de pessoas. De um lado sua irmã, Sula Miranda, de outro sua ex-filha que agora é filho Thammy Miranda. Sula é convertida cristã e prega a Bíblia sempre que pode. Thammy é um homem trans que realizou diversos procedimentos tanto estéticos quanto hormonais para que seu corpo se adaptasse à sua realidade de gênero.

Ao que parece, o relacionamento de tia e sobrinho não tem nada de ruim. Já surgiram em várias fotos juntos e é bem nítido que existe um amor de família entre eles. Sula sempre se mostrou ser uma pessoa que ama, por mais que Thammy esteja contra aquilo que ela acredita. Bem como Thammy sempre se mostrou, no palco do programa ‘Raul Gil’ por exemplo, ser uma pessoa de fé e que respeita muito os evangélicos.

Esta parece ser a base de um relacionamento saudável entre pessoas com pensamentos diferentes: o respeito. Mas mesmo assim, Sula acredita que Thammy possa se arrepender, voltar atrás e se assumir como uma mulher, se casar com homem e ainda engravidar e ter filhos. Como podemos ver em um quadro no programa SuperPop. Veja:

Via O Noticioso

VÍDEO: EX-PAQUITA CANSA E REVELA SEGREDOS MAIS NEFASTOS DE XUXA: "SEI DE MUITA COISA"


Em “Ex-Paquita cansa e revela segredos mais nefastos de Xuxa: ‘Sei de muita coisa'” veremos o caso de uma Ex-Paquita do programa Show da Xuxa, que acaba falando coisas que ninguém imaginava que uma delas seria capaz de dizer, a respeito de Xuxa e de Marlene, que eram as maiores responsáveis pelo programa naquela época.

“Contarei toda a verdade, sei de muita coisa".

Veja este vídeo raro que foi gravado à mais de 30 anos:


A Ex-Paquita em questão é Ana Paula Almeida, que ficou muito conhecida na época do programa como “Pituxita”, que agora, em parceria com a jornalista Luciana Castro, resolveu contar os bastidores (as partes ruins mais precisamente) do programa, através de um livro em que já está trabalhando.

O livro ainda não foi lançado, mas Ana Paula já soltou algumas coisas que são garantidas que estarão contidas nele. Segundo ela, existe muitas coisas que as pessoas não sabem e que aconteciam naquele programa e que agora ela irá contar tudo. “Contarei toda a verdade, sei de muita coisa“.

Ela ainda acrescenta que terá cuidado ao tocar em alguns assuntos, para não sofrer nenhum tipo de processo muito grave, mas que já está esperando por esse tipo de retaliação.

Via O Noticioso