Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788

domingo, 22 de julho de 2018

Policiais sentem cheiro e acham 1 mil pés de maconha em Curitiba

Mil pé de maconha foram encontrados em casa em Pinhais (Foto: PM/Divulgação)
Mil pés de maconha foram encontrados em casa em Pinhais

A Polícia Militar (PM) encontrou neste sábado (21) cerca de 1 mil pés de maconha em um casa no bairro Alphaville, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.
Três pessoas foram presas no local, onde havia uma estufa para as plantas.
Segundo a PM, os policiais só chegaram ao local porque perseguiam um homem com um celular rastreado que foi roubado. Durante a fuga do suspeito, os PMs sentiram um forte cheiro de maconha e chegaram à casa.
O trio detido foi levado para a Delegacia de Pinhais. O homem com o celular roubado conseguiu fugir.

Ceará tem 73 mortes por gripe em 2018

O Ceará tem 439 casos confirmados de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em todo o estado até o dia 3 de julho deste ano. Em 2018, 73 pessoas morreram por Síndrome Respiratória Aguda Grave. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa).

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e à morte, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças com menos de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).

Sintomas 

Febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza. Em caso de apresentação desses sintomas, a orientação dos especialistas é procurar um médico ou um posto de saúde a mais rápido possível. Além disso, se o paciente apresentar frequência respiratória superior a 25 respirações por minuto, dores no peito, pressão baixa, dedos das mãos e dos pés arroxeados, confusão mental e sinais de desidratação, é sinal de agravamento do quadro clínico.

Pesquisa revela que 72% dos brasileiros têm distúrbios do sono


Na América Latina, as pessoas estão conscientes do impacto do sono sobre sua saúde, no entanto, a maioria delas dorme menos do que a quantidade recomendada, em média sete a nove horas, e sem obedecer a um horário fixo. No Brasil, 72% das pessoas sofrem de condições que afetam negativamente o sono, tais como insônia, ronco, apneia, narcolepsia ou síndrome das pernas inquietas. As constatações foram reveladas no estudo “Dormir bem, bom para a saúde: um olhar global sobre a nossa persistente falta de sono”.

Reconhecer, mas sem priorizar

O sono é mencionado como um hábito que afeta a saúde geral e o bem-estar no Brasil (68%) e Argentina (54%), e está entre os principais fatores na Colômbia (61%) e México (74%), juntamente com a prática de exercícios físicos e segurança financeira. No que se refere a manter horários regulares, o estudo da Royal Philips afirma que menos de 50% das pessoas na América Latina têm horário fixo para dormir.

Por exemplo, no Brasil apenas 44% dos entrevistados têm um horário estabelecido para dormir e sentem mais culpa se não praticarem exercícios (59%) do que se não dormirem bem.

A pesquisa foi realizada em 13 países, incluindo Argentina, Brasil, México e Colômbia.

Prevalecem os desafios

Preocupações da vida cotidiana estão entre as principais razões a que as pessoas atribuem a perturbação do sono. Na região, estes números estão acima da média global, com uma média de 45% de preocupações financeiras e 36% de preocupações de trabalho contra 34% e 29%, respectivamente.

Outra constatação importante é a perturbação do sono relacionado ao uso de tecnologias como a televisão em interrupções e distrações com redes sociais e dispositivos móveis. Os países da América Latina mencionaram isso com muito mais prevalência do que o resto dos países com 37% para o Brasil contra a média global de 26%.

Com apenas uma noite mal dormida, os entrevistados mencionaram cansaço (56%), falta de concentração (45%) e dores físicas como dor de cabeça, pescoço e cólicas (43%) como resultado disso. Com informações do Diário do Nordeste.

Campeão dentro e fora de campo! Mbappé doa prêmios para caridade

A França contou com grandes jogadores na sua campanha do bicampeonato da Copa do Mundo, mas nenhum deles foi tão gigante quanto Kylian Mbappé. No campo, o jovem foi um dos pilares do ataque francês e foi eleito o melhor jogador jovem do torneio, fora dos gramados, foi o melhor jogador do mundial.

O motivo do destaque fora das quatro linhas é por conta de suas ações filantrópicas. Mbappé se associou em 2017 à instituição de caridade francesa Premiers de Cordée, que ministra aulas de esportes para crianças com deficiências, de acordo com o jornal francês L'Equipe.

Segundo a imprensa europeia, o jogador recebeu cerca de 19 mil doláres por partida (cerca de R$77 mil), mais um bônus de 310 mil doláres (R$1,3 milhões) pelo título da França e doou toda quantia para a instituição, totalizando um valor de aproximadamente R$1,7 milhões.

- Kylian é uma pessoa maravilhosa. Quando a agenda dele está vaga, ele nos visita com um grande prazer. Ele tem uma ótima relação com as crianças. Sempre acha as melhores palavras para encorajá-las - disse o dirertor geral da Premiers de Cordée, Sebastian Ruffin, ao diário francês Le Parisien.

De acordo com o L'Equipe, a ação de Mbappé parece ter inspirado uma série de doações feitas pelos próprios jogadores da seleção francesa, que também repassaram seus ganhos em premiações da Copa para uma viagem educacional de 25 crianças do colégio Jean-Renoir para a Rússia.

Fonte: Lance!

Na cadeia por engano - Inocente é preso no Rio por ser parecido com assaltante

Antônio Carlos, à esquerda, foi confundido com o suspeito do crime, à direita, segundo a família (Foto: Reprodução/TV Globo)
Antônio Carlos, à esquerda, foi confundido com o suspeito do crime, à direita, segundo a família

A Justiça autorizou a libertação de Antônio Carlos Rodrigues Júnior, de 43 anos, preso porque a polícia achou que ele era parecido com um ladrão. Entre as semelhanças listadas, a polícia chegou a mencionar que os dois usavam óculos escuros. O verdadeiro assaltante já estava até preso e a delegacia não sabia.
Antonio Carlos foi detido há uma semana na casa dele, na Glória, por policiais que fizeram a identificação do suposto criminoso por fotos em redes sociais. O crime é o assalto ao Consulado da Venezuela, no Rio, no início de junho.
Os investigadores da Delegacia Especial de Apoio ao Turismo apontaram, no pedido de prisão, uma suposta semelhança de Antônio Carlos com o bandido que aparecia nas imagens do assalto.
Os argumentos utilizados pela polícia chamaram a atenção da família. O relatório afirma que os dois tinham semelhança "na cor da pele, no formato do nariz e no formato da cabeça". O relatório dizia, ainda, que "ambos são carecas, têm orelhas grandes, pontudas e voltadas para fora". Os agentes também ressaltaram uma "forte semelhança" entre os dois quando usavam óculos escuros.
Apesar disso, a consulesa da Venezuela reconheceu em um primeiro momento Antônio Carlos como um dos assaltantes. A família dele, revoltada, começou a investigar por conta própria. E descobriu que o verdadeiro bandido já estava até preso, em Bangu. Antonio Carlos tem 43 anos. Trabalha como motorista de aplicativo. Tem um filho e um neto.

Outro caso - A família de Eduardo Nery vive angústia parecida com a de Antônio Carlos. Ele também está preso em Benfica há nove dias. O técnico de áudio foi detido ao desembarcar no aeroporto internacional do Rio, depois de viver um ano na Irlanda.
A família diz que o mandado de prisão era por um estelionato, cometido há mais de 15 anos, em Minas Gerais e acredita que o mecânico teve documentos falsificados. A família já moveu uma ação pedindo que ele seja liberado.

Conheça a história da ex-catadora de lixo que está na segunda graduação

O antigo lixão do Jangurussu, em Fortaleza, foi o local de trabalho de Lilian Teixeira por muitos anos. A rotina era catar o sustento da família dentro dos sacos plásticos que os caminhões descarregavam todos os dias no aterro.

Mas foi também por meio do lixo que a vida da Lilian Teixeira começou a mudar. A catadora buscou novas oportunidades, lembrou dos conselhos de mãe e se dedicou aos estudos.

Ela prestou vestibular para Pedagogia, obteve boa nota e conseguiu bolsa de 50% na faculdade. Mas Lilian não parou por aí. Também fez seleção para o Centro Nacional de Defesa de Direitos Humanos da População em Situação de Rua e Catadores de Materiais Recicláveis. Hoje é presidente da Rede Ceará de Catadores.

Pensando na nova carreira, decidiu fazer uma segunda faculdade: de Assistência Social. “Eu posso muito mais que ensinar, posso viabilizar direitos para a minha categoria e minha comunidade”, afirma com orgulho. 
Com informações do Tribuna do Ceará.

Mulher é presa por matar ex-companheiro a facadas em Jaguaribe

Uma mulher foi presa minutos depois de matar seu ex-companheiro a facadas, durante uma discussão, em um bar às margens da BR 116, na altura do KM 305, na localidade de Nova Brasília, em Jaguaribe, na noite da última sexta-feira (20).

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Maria Lilian Pereira de Meira, de 33 anos de idade, revelou que assassinou Francisco Rene Ferreira da Silva, 32, porque ele tinha ameaçado o irmão dela.

A Polícia Militar foi acionada para a ocorrência e prendeu Maria Lilian em flagrante, ainda nas proximidades do bar. "A arma utilizado no crime foi apreendida e encaminhada à Pericia Forense do Estado do Ceara (Pefoce). Lílian foi conduzida para a Delegacia Regional de Iguatu, onde foi autuada em flagrante por homicídio doloso", informou a SSPDS, em nota.

A reportagem apurou que a acusada e a vítima tinham passagem pela Polícia, antes do crime, e um dos golpes de arma branca atingiu o pescoço de Francisco Rene. Os policiais civis arrolaram testemunhas do crime para serem ouvidas na Delegacia Regional.

Com informações de Richard Lopes.

Com menos 20 kg, Marília Mendonça presenteia fã com jaqueta na Expocrato

O sertanejo sofrência foi garantido na Expocrato 2018. A cantora Marília Mendonça apresentou novas composições e relembrou sucessos da carreira no sexto dia do evento. O grande momento da apresentação foi quando ela entregou a jaqueta que vestia para uma fã. “Cabe em você amiga?”, perguntou a cantora do palco. Ela finalizou dizendo que na edição 2019 retornará para buscar a roupa. A produção do evento não soube informar se a participante do show era da região ou turista.

Marília, que já passou pelo palco do Festival Expocrato anteriormente, se emocionou com o coro formado pelo público que tinha na ponta da língua a letra de suas principais músicas como “Eu Sei de Cor”, “Amante Não Tem Lar” e o mais recente sucesso, “Estranho”.

Marília Mendonça emagreceu 20 kg com reeducação alimentar. No Parque Pedro Felício Cavalcanti, no Crato, ela chamou atenção pela silhueta mais magra. Após ser acusada de editar suas fotos nas redes sociais, a sertaneja ironizou os comentários de haters no Instagram: “Tanto Photoshop que perdeu até um dedo, era fã… quem precisa de dedo com uma beleza dessa? Difícil suportar uma gata dessa no mundo, né? Hoje foi f***, Expocrato! Obrigada”. Com informações do Diário do Nordeste.

Pessoas casadas têm índices menores de doenças cardiovasculares

Ao mesmo tempo em que o casamento é uma união, ele também é o início de uma nova etapa na vida. Os benefícios são muitos e vão desde o apoio emocional, bem como poder recorrer ao parceiro nos momentos mais difíceis. Mas não é só isso. Pesquisadores da Michigan State University descobriram que o casamento está diretamente relacionado a um coração mais saudável.

Para chegar a esse valor, foram descartados outros fatores como o consumo de álcool ou remédios. Entre os motivos que poderiam explicar essa diferença, os pesquisadores elencaram a melhor saúde financeira dos casais e a maior atividade física de pais e mães nas brincadeiras com seus filhos.

Os pesquisadores hipotetizaram que a razão está no estilo de vida diverso. Pessoas casadas têm horários de sono mais regulares e atividades menos nocivas à saúde, além de um convívio social mais intenso - algo importante para manter uma boa saúde mental.

Solteiros

No estudo, publicado no Journal of Marriage and Family e conduzido nas últimas duas décadas com mais de dois milhões de pessoas entre 42 e 77 anos, mostrou que na outra ponta, os divorciados, viúvos ou os nunca casados são 42% mais propensos a sofrer de males cardiovasculares e 16% mais chances de ter doenças coronárias, como obstrução das artérias. O risco de morrer também é elevado para os não casados em 42% de doença cardíaca coronária e em 55% de acidente vascular cerebral.

De acordo com o cardiologista e coordenador do Programa de Infarto Agudo do Miocárdio do HCor (Hospital do Coração), o casamento garante suporte social, emocional e financeiro, fundamentais à saúde.

“O estudo reforça o que a gente já sabia: o ser humano é uma figura altamente social e viver com outra pessoa protege contra ocorrência de doenças como as cardiovasculares. É aquele parceiro que recomenda procurar um médico ou ajuda a identificar os sintomas de alguns males. A única relação da vida conjugal com a saúde do coração, é que pelo menos na teoria as pessoas casadas levariam uma vida mais regrada”, explica Dr. Piegas.

Segundo a pesquisa, para pessoas de 50 anos ou menos, o casamento está associado a 12% menos risco de doenças vasculares em geral, índice que cai para 7% em pessoas de 51 a 60 anos e apenas 4% para as de 61 anos ou mais.Com informações do Diário do Nordeste.

sábado, 21 de julho de 2018

Preço médio da gasolina baixou pela quarta semana no Ceará

O preço médio da gasolina no Ceará vem caindo nas últimas quatro semanas, e está sendo vendido por R$ 4,58 o litro; na semana anterior, o litro do combustível custava uma média de R$ 4,61. Os dados fazem parte da pesquisa semanal realizada pela Agência Nacional do Petróleo e Gás (ANP), que consulta postos de combustível em todo o país, incluindo mais de 200 estabelecimentos no Ceará.

Em junho, o produto chegou ao valor de R$ 4,85, em parte devido à crise de abastecimento ocorrida durante a greve dos caminhoneiros, e fechou o mês em R$ 4,68. A pesquisa mais recente da ANP coletou preços dos combustíveis entre os dias 15 e 21 de julho, em 218 postos.

sábado, 21 de julho de 2018

Projeto de Lei que proíbe vaquejadas e rodeios avança no Congresso

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei (PL 2086/11) que proíbe a perseguição e laçada de animais em rodeios, vaquejadas e eventos similares. A proposta prevê que quem descumprir a norma pode ser multado em até R$ 30 mil.
Em 2017, foi aprovada pelo Congresso Nacional uma Emenda Constitucional que considera a vaquejada como evento cultural e desportivo.
O projeto ainda vai ser analisado pelas comissões do Esporte e de Constituição e Justiça, antes de ser votado pelo Plenário da Câmara dos Deputados.

Veja vídeo - Mulher reage a assalto com chutes e socos em ladrão


A jovem de 23 anos, que é lutadora, percebeu que a arma do assaltante era de brinquedo

Uma mulher de 23 anos reagiu a um assalto em Recanto das Emas, no entorno de Brasília, e conseguiu assustar o ladrão. A vítima da tentativa de assalto é lutadora e ao perceber que o homem portava arma de brinquedo, revidou com chutes e socos.
A ação foi gravada por câmeras de segurança. Nas imagens, é possível ver que a mulher está subindo uma ladeira correndo, aparentemente apressada, quando o assaltante vem em sua direção e tenta puxar sua bolsa. Conforme depoimento, o caso aconteceu por volta das 12h40min da última quarta-feira.
“Como não entreguei o celular, ele veio para cima de mim e puxou meu cabelo. Com isso, eu reagi novamente desferindo chutes no rosto dele. Eu percebi que a arma era de brinquedo”, relata a jovem. Ela conta que havia sido assaltada há pouco tempo.
Duas mulheres aguardavam o ladrão em um carro que estava estacionado a poucos metros do local do crime. Segundo a Polícia Militar, o veículo já esteve envolvido em diversos crimes praticados em Taguatinga. O caso está sendo investigado pela 27ª Delegacia de Polícia do Recanto das Emas.

VEJA O VÍDEO

INSS cobra segurados que receberam a desaposentação

Quase dois anos após o Supremo barrar a desaposentação, o INSS passou a cobrar a devolução da diferença paga a quem obteve um benefício maior.

Uma pequena parte dos segurados conseguiu impedir a cobrança, mas outra parcela já voltou a receber a antiga aposentadoria, enquanto outros também tiveram os valores descontados.

A desaposentação (ou desaposentadoria) foi um direito reconhecido por alguns tribunais em melhorar o valor do benefício por quem continuou a contribuir depois de aposentado. Mas em 2016, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu rejeitar essa possibilidade.

Na época, cerca de 182 mil processos que não haviam sido julgados perderam o direito ao novo benefício. Com a decisão, o governo calculou que iria economizar R$ 7,7 bilhões por ano em despesas.

Por que o INSS está cobrando a devolução?
O governo alega que, mesmo ganhando a ação no STF, a desaposentação gerou gastos. Isso porque parte dos segurados já estava recebendo o reajuste por sentenças definitivas ou pela chamada tutela antecipada, um recurso que permitiu adiantar os valores antes mesmo do julgamento das ações.

Com isso, a Advocacia Geral da União (AGU), que representa o INSS na esfera judicial, entrou com recursos para pedir o ressarcimento dos que obtiveram essa tutela antecipada.

A cobrança tem respaldo jurídico?
O assunto tem gerado controvérsia porque o próprio STF ainda não decidiu se quem já recebeu os reajustes terá que devolver o dinheiro ao INSS. Enquanto isso, permitiu que a cobrança fosse questionada por embargos de declaração.

Mas alguns juízes têm seguido o entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de que é possível devolver os valores se a antecipação de tutela for cassada, explica a presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), Adriane Bramante.

"Se o segurado recorrer, pode impedir a devolução. Vai depender de cada juiz", diz.

INSS convoca 178 mil segurados para perícia

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) divulgou edital de convocação de beneficiários de auxílio-doença e aposentados por invalidez para realização de perícia médica para revisão do benefício.

Em publicação no Diário Oficial, foram convocadas mais de 178 mil pessoas. O segurado tem até o dia 13 de agosto para fazer o agendamento pelo telefone 135.

No dia da perícia, o beneficiário deve apresentar documentação médica disponível, como atestados, laudos, receitas e exames. Quem não agendar a perícia até 13 de agosto terá o benefício cancelado. Do total de convocados, 168.523 são de aposentados por invalidez e 10.412 são beneficiários do auxílio-doença.

Segundo a publicação oficial, a convocação foi feita porque o INSS não conseguiu encontrar alguns dos beneficiários no endereço informado no cadastro do Sistema Único de Benefícios (SUB), ou porque, no próprio cadastro, não havia informações suficientes para o envio da correspondência.

Jovem que deixou facção criminosa é assassinado durante culto evangélico em Fortaleza

Um adolescente de 16 anos foi assassinado a tiros em Fortaleza por deixar uma facção criminosa que atua no Ceará. Wesley Souza Amaral, de 16 anos, relatava a um grupo de evangélicos que havia "abandonado o crime para se dedicar a Deus" quando um bando armado se aproximou e disparou quatro tiros contra ele, conforme testemunhas relataram a policiais.

O crime ocorreu na noite de quarta-feira (18). Wesley Souza Amaral pregava o testemunho, como dizem os evangélicos, da vida que ele levava como membro de uma facção criminosa para um grupo de cerca de 80 pessoas.

Conforme testemunhas relataram aos policiais, Wesley Souza havia deixado a facção criminosa da qual havia sido membro no início deste ano e passou a frequentar assiduamente cultos evangélicos há seis meses.

"Os criminosos aceitavam que seus comparsas abandonassem o crime para se dedicar ao culto até bem pouco tempo quando era pra se tornar evangélico, mas parece que eles viram que estão perdendo muito membros e não estão aceitando mais isso", disse um policial ao G1.