Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Donos do Aviões do Forró dão 25% da banda para Sol Almeida



Em 28 de janeiro, esta modesta coluna noticiou que Solange Almeida queria seguir carreira solo e deixar a banda Aviões do Forró. Na época, todos negaram veementemente, dizendo que ela nunca pensara tal coisa. Os donos da banda ofereceram a ela, na época, uma participação maior nos lucros da empresa para convencê-la a permanecer no grupo. Aviões tem quatro donos: Carlinhos Aristides, Zequinha Aristides, Isaías Duarte e Claudio Melo. Eles, juntos, detinham 65% da banda. Xand possui 25%. E Sol, na época, apenas 10%.

Para acabar com a maior crise desde a fundação do grupo, em 2002, os donos decidiram, então, dar a Sol 25% dos lucros. Isso a acalmou. Através de sua assessoria de imprensa, o Aviões confirma o aumento na participação nos lucros de Sol, mas garante que isso se deve ao comportamento e adequação do mercado e à decisões estratégicas da empresa.

Com informações do Portal O Dia

Camila Pitanga conta como Montagner se afogou: "Aparentava estar paralisado"



Em entrevista ao 'Fantástico', atriz falou pela primeira vez sobre a morte do ator de 'Velho Chico'.
A atriz Camila Pitanga se manifestou pela primeira vez após a morte do ator Domingos Montagner. Domingo de manhã, ela publicou uma mensagem na sua conta no Instagram, agradecendo o carinho dos fãs. À noite, foi exibida entrevista ao ‘Fantástico’, da TV Globo, onde ela relatou os momentos que antecederam o afogamento do ator, durante um banho na última quinta-feira, no Rio São Francisco, em Canindé de São Francisco, Sergipe, onde gravavam cenas da novela ‘Velho Chico’.

“Eu comecei a gritar socorro. Foi quando ele submergiu pela primeira vez. Muito estranho, porque o natural seria fazer isso (simula os movimentos com os braços para nadar). Ele aparentava estar paralisado”, relatou a atriz. No Instagram, Camila mandou uma mensagem direcionada aos fãs. “Tenho recebido um mar de amor e isso tem sido extremamente importante para me fortalecer. Gratidão eterna a todos vocês que estão nessa corrente de amor", escreveu.

O ator foi velado no último sábado, no Teatro Fernando Torres, em Tatuapé, Zona Leste de São Paulo, em uma cerimônia que uniu amigos e parentes. Camila esteve no local, acompanhada pelo namorado Igor Angelkorte. Domingos Montagner tinha 54 anos, deixando a mulher Luciana Lima e três filhos.

Domingos, que interpretava Santo na novela ‘Velho Chico’, gravou cenas na quinta de manhã. Depois de almoçar com Camila Pitanga, foi tomar um banho de rio. Durante o mergulho, não voltou à superfície. Camila avisou à produção, que iniciou a procura pelo ator.

Um vídeo mostra as últimas imagens do ator, sorrindo e abraçado aos colegas Camila Pitanga e Gabriel Leone, celebrando a gravação das últimas cenas da novela em Canindé de São Francisco.

“Nossa derradeira viagem de gravações aqui de ‘Velho Chico’, encerrando esse épico maravilhoso, cheio de amor, de emoção, de carinho, de amizade. É uma família”, disse o ator. Camila falou em seguida: “É uma família de verdade. A gente vai sentir muita saudade”.

Fonte: O Dia

domingo, 18 de setembro de 2016

Morta no RN, aluna de enfermagem teve ´ferimento craniano transfixante´


Valéria Patrícia de Azevedo. (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

A polícia confirmou que o corpo da mulher encontrada na quinta-feira (15) em meio a um matagal às margens da BR-110, a seis quilômetros de Mossoró, cidade da região Oeste potiguar, é mesmo o da manicure e estudante de enfermagem Valéria Patrícia de Azevedo, de 20 anos. A jovem estava desaparecida desde o último domingo, dia 11. Ainda não há pistas sobre o assassino ou motivação para o crime. Sabe-se apenas que quem matou Valéria usou uma arma de fogo. Nesta sexta-feira (16), a assessoria de comunicação do Instituto Técnico de Perícia (Itep) revelou que ela levou um tiro transfixante no crânio.

Sobre a necropsia feita no corpo de Valéria, o Itep explicou que, quando o cadáver foi encontrado, chegou-se a cogitar a possibilidade de a vítima ter sido morta por esganadura, mas o médico legista que fez a perícia suspeitou que esse poderia não ser o verdadeiro motivo da morte e encaminhou o corpo para exames mais detalhados em Natal. "Na Declaração de Óbito, o médico legista definiu como causa da morte um ferimento craniano transfixante, produzido por disparo de arma de fogo", afirmou a assessoria do Itep.

Entenda o caso
Valéria foi vista pela última vez com vida no domingo, dia 11. Segundo o pai dela, Francisco Railton de Azevedo, a filha havia saído de moto da casa onde morava, no bairro Planalto 13 de Maio. "Por volta das 12h30 ela foi fazer uma faxina na nova casa que comprou junto ao marido no bairro Sumaré", relatou. Já por volta das 14h30, a motocicleta da Valéria foi encontrada em uma estrada carroçável no bairro Bom Jesus. Desde então, a jovem foi considerada desaparecida. Amigos, parentes e a própria polícia passaram a fazer buscas pela universitária.

O corpo de Valéria foi encontrado na manhã da quinta-feira (15). Estava em meio a um matagal que fica às margens de uma estrada de terra que liga a BR-110 ao loteamento Frei Damião, a 6 quilômetros da área urbana de Mossoró. Ao lado do cadáver, de acordo com o Itep, foram encontrados restos de um envelope bancário. O marido da estudante disse à polícia que a mulher havia sacado R$ 500 pouco antes de desaparecer.

Fonte: G1 RN