Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Greve dos bancários chega ao nono dia


Deflagrada no dia 6 desse mês, a greve dos bancários chegou ao seu nono dia nesta quarta-feira (14). Segundo números divulgados pelo Sindicato dos Bancários do Ceará, até esta terça-feira (13), quando o movimento completou sua primeira semana, 362 das 561 agências do Ceará fecharam as portas, número que representa 64,5% de adesão da categoria.
Ainda de acordo com o Sindicato, o número de agências fechadas subiu desde a última segunda-feira (12), quando foi registrado o fechamento de 327 bancos cearenses.
Em Fortaleza, 171 das 258 unidades existentes estão fechadas, enquanto que no Interior do Estado, o número de bancos atingidos é de 191.
“O fortalecimento da nossa greve é o recado da categoria bancária mostrando sua força, a sua disposição de luta, na pressão por uma proposta decente”, avalia o presidente do Sindicato dos Bancários, Carlos Eduardo Bezerra.
Negociações
O Comando Nacional de Greve e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) entrou em reunião na tarde desta terça-feira, em São Paulo. Os representantes das instituições financeiras não apresentaram proposta, o que gerou a decisão de continuidade do movimento grevista, por parte dos bancários.
Na reunião realizada na última sexta-feira (9), a Fenaban ofereceu reajuste de 7% nos salários e benefícios e abono de R$ 3,3 mil, a ser pago 10 dias após a assinatura do acordo. "A nova proposta resulta numa remuneração superior à inflação prevista para os próximos 12 meses, com ganho expressivo para a maioria dos bancários."
Os bancários, no entanto, pedem reajuste de 14,78% (5% de aumento real, mais a correção da inflação), 14º salário e participação nos lucros e resultados de R$ 8.297,61, entre outras demandas.
Uma nova reunião deve acontecer na tarde desta quinta-feira (15).
Fonte: Cnews

Campanha de 'multivacinação' terá todas as vacinas disponíveis pelo SUS


Começa nesta segunda-feira (19) uma campanha nacional de "multivacinação" que incluirá, pela primeira vez, todas as vacinas disponíveis pelo SUS para crianças de até 5 anos e para crianças e adolescentes entre 9 e 15 anos incompletos, incluindo a imunização contra HPV para meninas. O esforço de vacinação vai até o dia 30 de setembro.

As doses já estão normalmente disponíveis de forma gratuita no Sistema Único de Saúde (SUS), em qualquer posto. O objetivo principal da campanha é estimular que os pais levem os filhos para por em dia a carteira de vacinação.

Segundo Ana Goretti Kalumi, do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, a cobertura vacinal dos adolescentes no Brasil ainda não é adequada, por isso a campanha incluiu essa faixa etária. “Os adolescentes são um público que, diferentemente das crianças pequenas que são levadas pelas mães às unidades de saúde, são muito resistentes a buscar serviços de saúde”, disse a especialista em coletiva de imprensa.

A vacinação contra pólio ocorre normalmente no mês de agosto. Este ano, porém, ela foi adiada, segundo o Ministério da Saúde, devido à Olimpíada no Rio, que poderia diminuir a adesão.
Contra pólio, devem ser vacinadas crianças entre 6 meses e 5 anos de idade que ainda não tenham completado o esquema vacinal, que consiste em três doses da vacina injetável e mais duas doses de reforço em versão ora, a gotinha.
vídeo da campanha inclui, além do Zé Gotinha, os personagens da “Carreta Furacão”, trenzinho de Ribeirão Preto-SP que faz sucesso na internet.
Vacinar adolescentes é desafio
Segundo a médica Mônica Levi, presidente da Comissão Técnica para revisão dos calendários vacinais e consensos da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), a cobertura vacinal de crianças mais velhas e adolescentes ainda é um desafio a ser superado. “Temos um programa nacional de vacinação de muito sucesso, mas algumas vacinas do adolescente acabam esquecidas”, diz.

Um dos casos de baixa adesão é a vacina contra HPV para meninas, que tem o objetivo de prevenir câncer de colo de útero. Mônica lembra que a vacinação contra HPV teve sucesso na aplicação da primeira dose, mas informações divulgadas erroneamente sobre supostos efeitos colaterais da vacina, que posteriormente foram descartados, prejudicaram a campanha.
Quando entrou no programa nacional de imunizações, a vacina contra HPV chegou a ter 92,3% de adesão, entre 2014 e 2015. Porém, até março deste ano, apenas 69,5% das meninas de 9 a 11 anos tinham tomado a primeira dose da vacina. Quanto à segunda dose, a adesão foi ainda pior: só 43,73% do público-alvo foi atingido.
Veja mudanças na vacinação ocorridas este ano:
HPV
Como era: 2 doses para meninas de 9 a 13 anos com intervalo de 6 meses; 3ª dose 5 anos depois.Como fica: 2 doses com intervalo de 6 meses para meninas de 9 a 13 anos.

Poliomielite
Como era: injeção aos 2 e 4 meses e gotinha aos 6 meses. 2 doses de reforço aos 15 meses e aos 4 anos (ambas de gotinha).
Como fica: muda somente que a 3ª dose passa ser a injetável.

Pneumonia
Como era: 3 doses  (2, 4 e 6 meses de idade) e reforço entre 12 e 15 meses.
Como fica: 2 doses - aos 2 e 4 meses e um reforço aos 12 meses.

Meningite
Como era: 2 doses, aos 3 e 5 meses de idade, com reforço aos 15 meses.
Como fica:2 doses, aos 3 e 5 meses de idade, com reforço aos 12 meses.

Fonte: G1

HOMICIDIO A BALA EM IGUATU-CE


Foto: Alex Santana/Iguatu.net
 Segunda-feira dia 12/09/2016, por volta de 13h00min, a Polícia Militar foi informada através do 190, pelo Hospital Regional de Iguatu, que havia dado entrada uma pessoa em óbito, vitima de dispara de arma de fogo. A VTR RD 1252 composta por SGT PM OLIVEIRA, SD PM S ARAUJO e CB PM DYOGENES, foi ao local acima mencionado, onde segundo parentes da vitima, dois elementos armados invadiram a casa da vitima e o executaram no banheiro. A vitima foi identificada como sendo THIAGO DO NASCIMENTO DA SILVA, 30 anos, casado, natural de Iguatu, vendedor de mel, filho de Maria Alaide do Nascimento da Silva e Antonio Almir do Nascimento da Silva, residente na Rua Nossa Senhora Aparecida, s/nº, bairro João Paulo-II, o qual foi atingido por 08 disparos de arma de fogo na cabeça e tórax. Em seguida os infratores fugiram em uma motocicleta vermelha tomando rumo ignorado. Informo ainda que o mesmo já responde pelos Art. 157, 288 do CPB e 14 do Estatuto do Desarmamento. 10º BPM de Iguatu -CE