Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Raimundão interrompe campanha para reeleição


Raimundão pode desistir da reeleilção
O prefeito Raimundo Macedo (PMDB) decidiu interromper sua campanha para reeleição. A decisão foi tomada na noite desta quarta-feira  (21), em reunião ocorrida em sua residência e que contou com a presença de familiares, correligionários e apoiadores.
Raimundão alegou desgaste com o que ele considerou ser perseguição, calúnias e ataques dos adversários nesta campanha eleitoral para momentaneamente refletir se prossegue ou desiste da reeleição.
Sua decisão final será tomada até o próximo sábado  (24), quando deve se reunir novamente com seu grupo político e reavaliar o quadro.
Na reunião, o prefeito assegurou apoio à coligação "Frente Popular de Juazeiro", bem como a todos os candidatos a vereadores.
Sobre o futuro, Raimundão disse aos presentes que vai primeiro ouvir os aliados e apoiadores para definir a possibilidade  de vir apoiar algum candidatura na atual disputa.
Nesta quinta-feira (22) será divulgada nota oficial sobre a decisão.

REDES SOCIAIS
A decisão de parar sua campanha há 11 dias da eleição viralizou nas redes sociais ainda na noite desta quarta (21). Alguns comentários davam como certa a possibilidade de Raimundão vir apoiar a candidatura de Arnon Bezerra/Giovanni Sampaio, que foi desmentida a esse blog por Arnon. "Como podemos nos unir nesse momento a uma candidatura que sempre nos atacou. Nossa candidatura representa mudança. Mudança a esse modelo de governo que administra Juazeiro", disse Arnon.
O blog não conseguiu falar nesta quarta-feira com o candidato Gilmar Bender. As ligações ocorreram entre 22h30 e 23h./////flaviopintonews.

Policiais baleados em tiroteio na farmácia estão em estado grave. Controladoria recolheu armas e vai investigar o caso. (Veja imagens do tiroteio entre os dois policiais)

Inspetor baleadoCabo baleado
Inspetor Olívio: tiro no rosto                                        Cabo Edilson: tiro na perna 
Permanecem em estado considerado grave os dois policiais – um militar e um civil – envolvidos em um tiroteio, ma tarde de ontem, dentro de uma farmácia no Centro de Fortaleza. Ambos passaram por cirurgia no Instituto Doutor José Frota. Já a  Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário (CGD) inicia, nesta quinta-feira (22), as investigações sobre o caso.
As armas dos policiais, um revólver de calibre 357 que estava em poder do cabo PM Edilson Barreto da Silva; e uma pistola calibre Ponto 40 (.40), que era usada pelo inspetor Olívio  Gabriel Torres Júnior; foram apreendidas ainda no local do crime e encaminhadas à CGD, assim com mídias com imagens gravadas da cena do tiroteio.
Segundo o que as autoridades apuraram preliminarmente, os dois policiais estavam de folga. O cabo PM foi à farmácia Extrafarma, na Avenida Duque de Caxias, comprar um remédio. Ele estava à paisana e armado. Alguém percebeu a arma e acreditou que iria acontecer um assalto. Logo, o inspetor que estava numa loja vizinha foi avisado e resolveu agir.
As imagens mostram quando o inspetor Olívio já entra na farmácia com uma pistola na mão e tenta render o PM, que está de costas para a rua e sendo atendido no balcão. Ao ser surpreendido por trás, ele se vira, reage e saca seu revólver.
Femoral
Os dois policiais se envolvem numa rápida luta corporal, ocasião em que o inspetor atira primeiro e o PM cai. Mesmo baleado, o cabo Edilson saca o revólver e atira no rosto de Olívio. Nas imagens seguintes, os dois aparecem agonizando na calçada da farmácia.  
Rapidamente uma aglomeração se forma em torno dos dois homens feridos até a chegada de patrulhas do Ciclo-Patrulhamento do Centro e de viaturas do Ronda do Quarteirão.
O estado de saúde do PM é mais grave, pois o tiro na perna teria atingido a veia femoral, o que causou uma grande hemorragia. /////.blogdofernandoribeiro.com.br