Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Vídeo mostra médicos removendo um pedaço gigante de gordura das costas de paciente. Veja!

Foto: Reprodução / YouTube
O vídeo já alcançou mais de 380 mil visualizações
Em mais um vídeo para seu canal, a dermatologista californiana Dr.ª Sandra Lee, também conhecida como Dr.ª Pimple Popper, registrou o momento em que remove um enorme pedaço de gordura das costas de um paciente. Desde que foi publicado no YouTube, na semana passada, o vídeo já alcançou mais de 380 mil visualizações.

O crescimento, identificado por ela como Lipoma de Formação Lenta e Benigna, se desenvolveu a partir das células de gordura. Fazendo uma incisão, e com ajuda de pinças, a dermatologista começa a puxar o tumor de cor alaranjada para fora do corpo do paciente – que não foi identificado.

“Você está indo muito bem”, diz ela no vídeo para o homem, que apenas solta uma risada nervosa. Quando ela continua a puxar o tumor, o paciente diz não sentir qualquer desconforto. A médica então tenta explicar a ele que o que estava acontecendo era semelhante a uma cesariana.

Foto: Reprodução / Youtube

Por fim, quando o crescimento foi completamente removido, o paciente ficou apenas com um corte profundo nas costas, que Dr.ª Lee suturou. Segundo informações de sua página no YouTube, Lipomas são tumores crescimento lento e benigno das células de gordura. São envoltos por uma cápsula fina, fibrosa e permanecem abaixo da pele. Tendem a se mover facilmente quando sofrem uma pequena pressão. Não são cancerosos e, em geral, não é necessário tratamento.

No entanto, quando estão localizados em uma área que sofre pressões constantes, como as costas, podem causar certo desconforto, fazendo com que as pessoas optem pela remoção. Em muitos casos, uma pequena incisão pode ser feita para que ele saia com mais facilidade. Tal procedimento requer anestesia local e deve ser realizado por médicos.

Veja!

                       

Fonte: Jornal Ciência