Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Brasileira é morta a tiros na frente dos filhos pequenos, no Paraguai


Josiane Vanessa Zilio Foto: Reprodução / Facebook
Extra
Tamanho do texto A A A
Uma brasileira morreu após ser baleada dentro de casa, na frente dos filhos pequenos, de 5 e 8 anos, no bairro de Virgen de Caacupé, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, nesta quarta-feira. A vítima foi identificada como Josiane Vanessa Zilio, de 32 anos, que recebeu 16 tiros. Ela foi assassinada por homens que levavam armas de diferentes calibres, incluindo um fuzil. Eles chegaram ao local a bordo um carro de luxo. As informações são do site paraguaio "Color ABC".
De acordo com a publicação, a mulher teria vínculos com o narcotraficante Jorge Rafaat Toumani, que foi assassinado no mês de junho deste ano. A vítima também estaria se relacionando com um traficante paraguaio, que encontra-se preso. Ainda segundo o jornal, a morte da brasileira teria sido uma "queima de arquivo".

Segundo o "Color ABC", desde a morte de Raffat, rivais têm atacado pessoas que trabalharam para o narcotraficante em Pedro Juan Caballero e cidades vizinhas.
Josiane Vanessa Zilio foi morta a tiros
Josiane Vanessa Zilio foi morta a tiros Foto: Reprodução / Facebook
Após o crime, a casa da vítima foi periciada por agentes da polícia loca e o corpo foi recolhido em seguida. O caso é investigado por agentes da Polícia da Comissaria de Amambay.
Por uma rede social, uma afilhada da vítima lamentou o crime. "Luto! Vai com Deus, madrinha! Saudade eterna", escreveu. O EXTRA tentou entrar em contato com a jovem, mas não teve retorno.
O EXTRA também entrou em com o Itamaraty para solicitar informações sobre o caso e aguarda retorno.


extra

Julia Dalavia, de ‘Justiça’, estrela primeiro ensaio sensual: ‘Me senti mulher’


Julia Dalavia posa de calcinha em ensaio intimista: 'Um clima de ficar em casa, natural'
Julia Dalavia posa de calcinha em ensaio intimista: 'Um clima de ficar em casa, natural' Foto: Daniel Aratangy/ Revista VIP
extra
No ar em “Justiça”, Julia Dalavia exibiu o corpão conquistado para viver a prostituta Mayara em ensaio para a VIP de setembro. “Adorei. Me senti mulher, né?”, disse à revista, que chega às bancas e tablets nesta sexta. “Que garota não gosta de se maquiar, botar aquelas roupas, posar?”.
A atriz de 18 anos comentou ainda a reação dos seus pais sobre o primeiro ensaio em poses mais sensuais. “Eles receberam a notícia sem crise, já estão se preparando pra isso há um bom tempo”, revelou.
Julia Dalavia
Julia Dalavia Foto: Daniel Aratangy/ Revista VIP
Julia deu seus primeiros passos na carreira aos 10 anos, no filme infantil “O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili”, de Renato Aragão. Ela se aventurou em alguns musicais e recentemente participou da primeira fase da novela “Velho Chico”. Também atuou na segunda fase de "Em família", como Helena, personagem emblemática de Manoel Carlos.
“Minha carreira nunca roubou minha infância. Pude ser uma garota normal e me divertia muito trabalhando. Só fui começar a namorar mesmo há pouco tempo”, contou Julia.


extra

Cachê de Gusttavo Lima despenca e cantor faz show em formatura por R$ 90 mil


Gusttavo Lima (Foto: Reprodução/ Facebook)

Gusttavo Lima é mais um cantor a ver seu cachê em declínio. O sertanejo, que já chegou a cobrar R$ 250 mil por um show, vai fazer uma apresentação por R$ 90 mil. Será na festa de formatura dos alunos de Medicina de uma faculdade carioca.

O moço disputava “vaga” na festa com a dupla Matheus e Kauan, cujo valor é de R$ 180 mil. Gusttavo foi escolhido pelos alunos, que vão economizar pagando a metade do preço cobrado pela dupla, atualmente estourada.

Gusttavo, no entanto, continua pedindo entre R$ 250 mil e R$ 300 mil por show, mais R$ 3 mil para despesas com alimentação. Dos 14 shows marcados para setembro, apenas dois são solo. Todos os outros vão acontecer em festivais e exposições agropecuárias, quando os cachês são mais baixos.

EXTRA