Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Soldado da PM mata quatro dentro de cabaré no interior de MT


Um soldado da Polícia Militar, identificado como Rhael Jaime, lotado na cidade de Brasnorte (580 km de Cuiabá) foi preso na noite desta quarta-feira (21) acusado de ter cometido quatro homicídios e ainda deixar uma pessoa baleada. Ele foi encaminhado a Delegacia de Polícia da cidade.


Segundo informações passadas pela Polícia Civil, a chacina aconteceu em uma casa de prostituição. Ainda de acordo com a Polícia Civil, dois homens e duas mulheres que não tiveram as identidades reveladas foram assassinados no local.

Apontado como autor dos homicídios, o soldado foi preso pela própria Polícia Militar e será ouvido na delegacia ainda nesta quinta-feira. O delegado Waner dos Santos Neves confirmou que uma outra pessoa, que teria dado apoio na ação, também foi detida.

Segundo o delegado, o crime foi uma execução. Ele disse que os suspeitos chegaram a casa noturna armados e efetuaram diversos disparos.

O responsável pelas investigações informou que irá ouvir os dois acusados detidos ainda nesta quinta-feira e aguarda a melhora do sobrevivente para colher seu depoimento.


Fonte: Veja.Com

Governo prevê parecer contra Temer e monta reação na Câmara

Brazilian President Michel Temer attends the launching of a new Student Financing Fund at Planato Palace in Brasilia, on July 6, 2017. Temer's lawyers presented their defence on July 5 against corruption charges that threaten to drive him from office, denying allegations that he took a $150,000 bribe from a meatpacking firm. / AFP PHOTO / SERGIO LIMA ORG XMIT: ESA482
Prevendo um parecer contrário ao presidente, o governo Michel Temer decidiu intensificar as articulações para tentar barrar na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) o avanço da denúncia apresentada contra ele por corrupção passiva.

Em reunião de quase cinco horas no Palácio da Alvorada na noite deste domingo (9), líderes da base governista avaliaram que o deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), relator do processo comissão, tende a apresentar nesta segunda (10) um relatório duro contra Temer.

Nas palavras de um líder partidário que participou do encontro, o governo decidiu se preparar para o "pior cenário" –ou seja, que Zveiter recomende a aprovação da denúncia na comissão e no plenário da Câmara.

Vice-líder do governo na Câmara, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) disse acreditar que Zveiter deve apresentar um relatório favorável ao arquivamento da denúncia. "O Zveiter é um advogado, ele sabe da necessidade de um conjunto probatório", afirmou. "Mas, se não apresentar, vamos derrotar o parecer."

Folha de S.Paulo