Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Empresa de avião alugado por Temer não pode voar no Brasil

O presidente Temer chega à Alemanha para evento do G-20 em avião alugado pelo governo
A empresa vencedora da licitação para fornecer o novo avião de transporte alugado pela Força Aérea Brasileira, que passou a servir ao presidente Michel Temer em viagens de longa duração, está proibida de fazer operações aéreas no Brasil.

A Colt Transportes Aéreos S/A tem seu Certificado de Empresa de Transporte Aéreo suspenso desde 3 de novembro de 2016 devido a "deficiência no sistema de registros de panes, de treinamentos de funcionários, de controle de itens MEL (Lista de Equipamentos Mínimos) e de execução de tarefas de manutenção", diz a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

O contrato com a FAB, contudo, ocorreu antes disso, em 6 de junho. A Força informa que a proibição civil não afetou o processo. "Todos os requisitos operacionais contratados seguem sendo atendidos plenamente e sem interrupção", diz a FAB.

A Colt ganhou uma licitação de US$ 19,77 milhões (R$ 71,2 milhões na época), a serem pagos até 2019, para fornecer um Boeing 767-300ER com serviço de manutenção e logística, além de seguro.//////http://www1.folha.uol.com.br/

Postos começam a trocar preços dos combustíveis após governo subir impostos

Funcionário de um posto em SP muda os preços na manhã desta sexta-feira
Um dia após o governo anunciar o aumento de impostos sobre os combustíveis, os postos de São Paulo (SP) já começavam a repassar o reajuste ao consumidor nesta sexta-feira (21). 

Em um posto sem bandeira na rua Heitor Penteado, zona oeste da capital paulista, os preços subiram por volta das 10h. O etanol passou de R$ 1,939 para R$ 2,189, e a gasolina, de R$ 2,93 para R$ 3,389.

Pouco antes da troca, o gerente do local avisava os clientes que passavam que o combustível subiria "em 10 minutos". O taxista Tiago Moraes, 32, foi um dos últimos a pagar o preço antigo no etanol.

Uol