Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 22 de julho de 2017

Mais 1.400 aprovados no concurso da Polícia Militar iniciam formação profissional


Mais 1.400 aprovados no Concurso Público para carreira de praças da Polícia Militar participaram da Aula Inaugural do Curso de Formação Profissional, no Centro de Eventos do Ceará, nesta sexta-feira (21). O número, relativo à 2º turma, se soma aos primeiros 1.400 aprovados da 1º turma, que iniciaram a preparação em abril e já vão operar em setembro próximo. Além dos dois grupos, uma terceira turma também será chamada antecipadamente para reforçar a segurança pública do Estado.

“Assim que a primeira turma sair, vamos chamar a terceira. A ideia é que, o mais rápido possível, a gente possa ter esses 4.200 homens nas ruas”, afirmou o governador Camilo Santana, durante a solenidade de abertura do curso. “O papel da Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp) não é só formar, mas capacitar esses policiais. A reciclagem desses profissionais é muito importante”, emendou.

_MVS2377_web.jpg
Santana enfatizou, ainda, a importância desses novos 4.200 agentes — um acréscimo de 25,7% ao efetivo — na ampliação de novas unidades do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) no Interior e Região Metropolitana de Fortaleza, e na redistribuição de policiais nas ruas. “Até o fim do meu governo, todo policial terá uma arma individual, não só para garantir a sua segurança, como a defesa do povo cearense”, acrescentou. O chefe do Executivo também afirmou que vai adquirir coletes individuais, além de novas 300 motos e 600 viaturas para integrar à frota de segurança estadual.

Com discurso de motivação e boas-vindas, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, parabenizou o empenho dos futuros praças na busca por um Ceará mais protegido. “São jovens, todos estão bem animados, empolgados, firmes no propósito de colaborar com a população; empenhados por um Ceará mais Seguro. A gente percebe isso no olhar deles. Eles estão com essa garra, de fazer diferente nas ruas”, reconheceu.

Conheça a tecnologia que promete substituir aplicativos de celular


Aplicativo
Apesar de ser pouco explorada no Brasil, a Progressive Web Apps (PWA) promete substituir parte de aplicativos de celular. Quem explica é Vinícius Paiva, diretor da dti digital, empresa mineira especializada em soluções digitais, desenvolvimento de softwares e de TI para indústrias e corporações. "O PWA é uma alternativa para startups e empresas que possuem orçamento enxuto para investir em um APP, já que o custo pode ser menor".

A PWA possui semelhanças com os aplicativos, como a presença na tela inicial do usuário, mas o acesso é iniciado na aba de um navegador. Algumas funcionalidades como o “push” – envio de mensagens aos usuários – ainda não estão disponíveis em todos os sistemas. O Android já o disponibiliza e há indicativos de implementação no iOS.

Entre os benefícios ao usuário, destaque para a não necessidade de realizar todo o processo para baixar um aplicativo: entrar no Google Play ou App Store e esperar download.

Apesar de a PWA estar em estágio inicial, grandes empresas como o Google já perceberam o potencial de mercado e começaram a investir na tecnologia. Estudos apontam que o número de downloads de aplicativos está diminuindo 20% a cada ano; 65% dos smartphones não baixam nenhum aplicativo por mês.

“Estamos falando de uma nova possibilidade de mercado/negócio. Antes, apenas os aplicativos nativos tinham as notificações “push”, funcionamento offline, geolocalização e presença na tela inicial por ícones. Agora, o PWA oferece todas essas possibilidades”, ressalta Vinicius Paiva.

É importante lembrar que o Progressive Web Apps é responsivo, ou seja, abre em qualquer dispositivo: desktop, tablet e celulares. Como é uma página web, a atualização e distribuição do sistema é simplificada, sem a necessidade de baixar atualizações nas lojas.

“Atualmente, nem todos os navegadores suportam as tecnologias para o funcionamento total do PWA. Porém, a inovação pode ser alternativa para empresas que não necessitam construir um aplicativo. É bom ficarmos atentos a essa nova possibilidade”, finaliza Vinicius.