Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Nasce Teodoro, filho de Michel Teló e Thais Fersoza


Nasceu! O segundo filho do casal Michel Teló e Thais Fersoza veio ao mundo na madrugada desta última terça-feira (25), mais precisamente às 00:47, como detalharam o cantor sertanejo e atriz, em suas respectivas contas no Instagram.

"E como diz a música que a gente fez pra ele, 'para alegrar e multiplicar o amor.. o Teodoro é um presente do Senhor..' Teodoro chegou antes do previsto.. escolheu o dia dele.. e a gente não podia estar mais feliz!!! Dia 25/07/2017 as 00:47h com 49cm e 3.875kg de pura gostosura!", escreveu Teló em sua postagem.

E continuou: "Nosso gurizinho! Deus é maravilhoso! Que bênção! Que milagre!!! Coração transbordando! Deus te abençoe, te proteja, te guarde, dê sabedoria, paz, amor e felicidade, filhote! Estamos e estaremos aqui, pra tudo, sempre! Vc é muuuuito fofinho! E agora a família está completa! Nossos amores.. Melinda e Teodoro juntinhos!", disse ele, citando a filha de 1 ano.

Ceará tem 28,6% das crianças vivendo em situação de extrema pobreza




O Ceará tem 561.276 crianças de zero a 14 anos vivendo em situação de extrema pobreza — quando a renda familiar por pessoa é menor que um quarto de salário mínimo. Em termos percentuais, isso equivale a 28,6% das crianças cearenses.

O número é maior que o percentual nordestino, que é de 26,3% (o maior entre as regiões brasileiras); ultrapassa o dobro da taxa do Brasil, que é de 13,5%; e coloca o Ceará como o segundo estado com pior desempenho, atrás somente do Maranhão (35,2%). Os dados, referentes a 2015, foram reunidos e divulgados pela Fundação Abrinq.

Os números apontam ainda que o Estado apresenta 1. 198. 254 crianças de zero a 14 anos em situação de pobreza — quando a renda familiar por pessoa é menor que metade de um salário mínimo. Ou seja, a cada dez crianças cearenses, seis são pobres.

No estudo, a Abrinq aponta que “a pobreza na infância é uma das maiores violações contra crianças e adolescentes, na medida em que afeta (o acesso aos) diferentes direitos”. O relatório está relacionado às metas assumidas pelo Brasil nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).