Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 29 de julho de 2017

Temer vai congelar as poupanças da Caixa? Governo nega boato do WhatsApp

Entra ano, sai ano, o boato sobre confisco de dinheiro dos brasileiros se espalha pelas redes sociais e causa temor. O boato da vez, que circula pelo WhatsApp e pelo Facebook, por exemplo, afirma que o governo do presidente Michel Temer irá bloquear as contas-poupanças da Caixa Econômica Federal.

Consultados, o Ministério da Fazenda e a Caixa disseram que a informação "não procede".
O boato divulgado nas redes sociais diz, em mau português, que o "Governo Temer vai bloqueia (sic) dinheiro de contas bancaria (sic)". E faz o seguinte alerta: "Aviso Importante Galera quem tiver dinheiro na conta poupança da Caixa Tira!!! Mês que vem o governo Temer vai congelar todas as contas poupança da caixa. Acabei de ficar sabendo, por uma pessoa q trabalha na área Só pra avisar E quem puder repassa o aviso. Isso não é brincadeira!! Pelomenos vamos procurar saber!!!"
O texto ainda remete a um link de "phishing", usado por criminosos virtuais para obter informações pessoais, como senhas e dados bancários.
A empregada doméstica Eliana Pereira recebeu a mensagem, ficou com medo e decidiu tirar o dinheiro que tinha guardado na poupança da Caixa, transferindo-o para outro banco.








Fonte: Uol Notícias

Governo anuncia redução na tributação sobre o etanol; tarifa diminui oito centavos por litro


Foto: Reprodução / Prêmio Visão
 Em meio a críticas, o governo decidiu reduzir a tributação do Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre o etanol. A redução foi de R$ 0,08 por litro vendido pelo distribuidor. Na última semana, quando anunciou o aumento do PIS/Cofins sobre os combustíveis, o governo estipulou o preço de R$ 0,1964. Em edição extra do Diário Oficial desta sexta (28), esse valor foi reduzido para 0,1109. Segundo informações da Agência Brasil, além da reclamação do setor sucroalcooleiro, que afirmou temer perda de competitividade em relação à gasolina, a Receita Federal confirmou que o aumento foi acima do índice permitido, que não poderia ser superior a 9,25% do preço médio ao consumidor nos últimos 12 meses. Assim, de acordo com a previsão de arrecadação já divulgada, os cofres do governo deixarão de receber R$ 501,62 milhões.

Substituto de Evaristo Costa já tem data para estrear