Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 4 de outubro de 2016

CAOS: Quatro presos são carbonizados na CPPL III

Episódio pode ser fruto de disputas entre grupos rivais da unidade prisional.
Quatro detentos foram mortos dentro da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor José Jucá Neto, a CPPL III, em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Os corpos dos presos foram encontrados na madrugada desta segunda-feira (3), todos carbonizados, segundo informações da Polícia Militar (PM). As vítimas ainda não foram identificados.

A Polícia informou, ainda, que não houve rebelião na unidade prisional.

Uma equipe da Perícia Forense (Pefoce) foi acionada até a CPPL III, para recolher os corpos dos presos.

Entramos em contato com a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus), responsável pelos presídios do Estado, que se pronunciou por meio de nota, informando como aconteceram as mortes na unidade. Segundo o órgão, internos de uma das vivências quebram a grade superior de uma das celas, de onde retiraram os quatro presos que foram mortos.

Haverá uma investigação para apurar o que teria motivado as mortes. Uma das linhas a ser investigada é que os presos tenham sido assassinados após uma briga entre grupos rivais.

Confira a nota da Sejus

“A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado informa o óbito de quatro internos da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor José Jucá Neto (CPPL III), na madrugada desta segunda (03). Por volta das 3 horas, internos da vivência C da unidade prisional quebraram a grade superior e invadiram o isolamento da unidade, retirando as quatro vítimas. Os presos tiveram seus corpos carbonizados. A identidade só será divulgada após os exames periciais. Nesta manhã, a Perícia Forense e a Delegacia de Homicídios estiveram na unidade adotando as medidas necessárias.”

CNEWS

TRAGÉDIA: JOVEM DE 14 ANOS MORRE VÍTIMA DE ACIDENTE DE TRÂNSITO EM IPU



O acidente aconteceu na noite desta segunda-feira, dia 3, envolvendo duas motocicletas, vitimando uma estudante de apenas 14 anos.

A vítima foi identificada por Sara Azevedo, filha da agente de saúde Cleide , residente no bairro da Mina, 14 anos, estava na garupa de uma moto Honda Pop, guiada pelo seu namorado. 

Os dois transitavam na Avenida Coronel José Lourenço, com destino ao Centro da cidade, quando nas imediações de um reservatório do SAAE, foram abalroados por outra motocicleta, o impacto violento atingiu a traseira da moto, a jovem ao cair da moto bateu com a cabeça e teve morte imediata. Sara não estava usando capacete. 

Não temos detalhes sobre o estado de saúde dos outros dois envolvidos no sinistro, mas ao que tudo indica estão fora de risco de morte.

Ipu Notícias / Repórter Francisco José

Catador de recicláveis é eleito vereador na 1ª eleição que disputa



Nilson Pavão vai ocupar uma das cadeiras da Câmara de Assis (SP). Candidato do PMDB é famoso por andar pelas ruas com cão de estimação.
Um catador de recicláveis popular em Assis (SP) foi eleito vereador na primeira vez que disputou a eleição. Nilson Pavão (PMDB) ficou em terceiro lugar, com 1.275 votos, neste domingo (2). E um dia depois das eleições municipais, ele já estava nas ruas trabalhando como faz há mais de 20 anos. E sempre junto com ele está o "pretinho", cachorro de estimação de Nilson. 

Em Assis, o futuro vereador é conhecido como Nilson do cachorro, por causa do companheiro que vai com ele para todos os lados e devido a toda essa popularidade, ele resolveu se lançar a candidatura de vereador. "Esse resultado foi um surpresa para mim. Eu pensei que eu ia pegar uma base de uns 800 votos, então foi inesperado", conta.

Nilson tem 72 anos, o ensino fundamental completo e é funcionário da cooperativa de reciclagem. Os colegas de trabalho gostaram da vitória dele nas urnas. "Surpreendeu bastante a cidade de Assis, que acreditou nele e acho que ele vai ter bastante projetos lá na Câmara", destaca André Lemes, presidente da cooperativa.

A partir de 1º de janeiro ele vai ocupar uma das 15 cadeiras na Câmara Municipal de Assis e já sabe como vai trabalhar. "Eu gosto muito dos animais e vou trabalhar por eles e também nos Postos de Saúde para que não faltem medicamentos", promete. O salário de vereador em Assis é de R$ 4,2 mil.

Fonte: Gazeta Web