Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Banco do Brasil planeja demitir 18 mil funcionários e agência de Pedra Branca poderá não mais abrir


(Foto: Vando Carlos) Agência de Pedra Branca após ultimo ataque. O Banco do Brasil (BB) iniciou no último dia 11 de outubro, um grande processo de reestruturação, das 27 diretorias, duas foram extintas. Além dessas mudanças, O BB deve anunciar nos próximos dias um plano de demissões voluntárias. Comenta-se em vários meios de comunicação do pais, que a meta é reduzir cerca de 18 mil funcionários. Do atual quadro de 115 mil colaboradores. A ideia do governo é tornar a instituição mais leve, neste momento de crise. Técnicos envolvidos na reestruturação do Banco do Brasil dizem que todas as mudanças buscam a sobrevivência do banco, que perdeu muita competitividade nos últimos anos. A rentabilidade média caiu à metade, de cerca de 14% para 7% ao ano. A notícia vai de encontro com os boatos que já circulam na cidade, que a agência local, não abrirá mais. Bem sabemos que a agência permanece fechada após a última ação criminosa, que ocorreu no final de julho deste ano, deixando o local destruído. O certo é que nada ainda é oficial. Relembre o ultimo ataque a agência de Pedra Branca Para piorar ainda mais a vida dos pedrabranqueses, a agência dos correios da cidade, também foi alvo de criminosos na madrugada da ultima segunda-feira (17), quando agência foi arrombada. (Matéria relacionada), ficando fecha por toda esta semana. Os correntistas do Banco do Brasil deste município, estão tendo que viajar até as cidades vizinhas para realizarem suas transações. O principal destino tem sido Mombaça (Matéria Relacionada) Com informações do Correio Braziliense Via Portal de Noticia CE

PF cumpre mandados no Senado Federal e prende policiais legislativos


A Polícia Federal foi ao Congresso logo no início da manhã desta sexta-feira (21) para realizar uma ação contra policiais legislativos suspeitos de prestarem serviço de contrainteligência para ajudar parlamentares investigados na Lava jato. A suspeita é de que policiais legislativos faziam varreduras nas casas dos políticos para, por exemplo, identificar e eliminar escutas instaladas com autorização judicial.
Quatro policias legislativos foram presos. Um dos presos é Pedro Ricardo Araújo Carvalho, chefe da polícia legislativa. Foram expedidos ainda cinco mandados de busca e apreensão e quatro de afastamento de função pública. Os policias legislativos são servidores do Congresso que atuam na segurança no prédio.
A operação desta sexta tem como base a delação premiada de um policial legislativo. Segundo ele, um diretor da polícia legislativa determinava que os subordinados prestassem o serviço de contrainteligência para senadores.
De acordo com o Ministério Público Federal, não há mandados nesta operação contra políticos nem foram realizadas buscas em gabientes de parlamentares no Congresso.
Os mandados da operação desta sexta foram autorizados pela Justiça Federal do DF, a pedido do Ministério Público Federal no DF.
Fonte: G1