Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

INCRÍVEL: O vídeo mais nítido do 11/9, mantido em segredo durante mais de uma década



O seguinte vídeo é considerado o vídeo mais nítido da tragédia. Capturado por Jim Huibregtse que estava no pátio da Independence School, o materialfoi prontamente confiscado pelo FBI e mantido em segredo durante anos. Graças a uma solicitação FOIA (Freedom of Information Act/Ato de Liberdade da Informação), um mecanismo do governo americano pelo qual os cidadãos podem forçar o governo legalmente a liberar informação classificada, o vídeo foi revelado ao público faz alguns poucos anos.

Alguns dos pontos mais assustadores.

8:41 - detalhe da aproximação do dano estrutural.
15:06 - cai a primeira torre.
23:04 - jatos de combate F-15 sobrevoam Nova Iorque com a ordem de derrubar qualquer objeto não governamental em vôo.


Via YouTube

Vigilante atira na própria mãe que está em estado gravíssimo e faz filha de 13 anos refém


post-feature-image

Na manhã desta última quarta-feira (19) um vigilante de 36 anos atirou na própria mãe e fez a filha de apenas 13 anos refém em uma residência localizada no município de Monte Alegre (39 km de Natal). De acordo com a Polícia Militar, o indivíduo tem envolvimento com drogas e durante uma discussão acabou atirando na própria mãe de 55 anos que foi atingida no pescoço e encaminhada ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel em Natal onde o estado de saúde dela é considerado gravíssimo.

A PM informou que até o momento não se sabe porque o homem atirou na mulher. Segundo informações, após disparar contra a idosa o vigilante fez a filha refém e somente após 04 horas de negociação ele se entregou à polícia. A adolescente que foi mantida à força dentro de casa não se feriu. Ainda segundo a PM, uma idosa de quase 100 anos, a avó do vigilante que também estava na casa, chegou a ser ameaçada, mas foi liberada e foi levada para fora do local em uma cadeira de rodas pela bisneta que depois retornou para o interior da residência. “Faz algum tempo que ele sofreu um acidente de moto e de lá pra cá ficou violento onde já havia agredido a esposa e coisas do tipo.

Hoje ele discutiu com a mãe e ninguém sabe o motivo dele ter atirado nela. Junte a esse histórico de violência o uso de drogas e você vai ter como resultado essa tragédia toda. O conheço desde criança, foi meu aluno, assim como a mãe dele, é gente de bem, de família decente, lamentável”, relatou um professor que não quis se identificar.


Informaçoesmassapeceara.com