Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 23 de outubro de 2016

Tite convoca Seleção para jogos contra Argentina e Peru


O técnico Tite divulgou, na manhã desta sexta-feira (21), os nomes dos 24 jogadores convocados para os próximos dois jogos da Seleção brasileira, contra Argentina e Peru, nos dias 10 e 16 de novembro. A divulgação foi feita na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e as novidades ficaram com os retornos de Marcelo (Real Madrid), Douglas Costa (Bayern de Munique) e Casemiro (Real Madrid), trio cortado por lesão.
A surpresa da relação foi o nome do zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.
Líder das eliminatórias, a Seleção mostrou crescimento após a chegada de Tite, e conquistou quatro vitórias seguidas, resultados que alavancaram a equipe da sexta para a primeira colocação do torneio.
Confira a lista de convocados:
Goleiros:
 Alisson – Roma (Itália), Alex Muralha – Flamengo e Weverton – Atlético-PR.

Zagueiros: Gil – Shandong (China), Marquinhos – PSG (França), Miranda – Inter de Milão (Itália), Rodrigo Caio – São Paulo e Thiago Silva – PSG (França).

Laterais: Daniel Alves – Juventus (Itália), Fagner – Corinthians, Filipe Luis – Atlético de Madrid (Espanha) e Marcelo – Real Madrid (Espanha).

Volantes: Casemiro – Real Madrid (Espanha), Fernandinho – Manchester City (Inglaterra) e Paulinho – Guanghzou (China).

Meias: Lucas Lima – Santos; Giuliano – Zenit (Rússia), Philippe Coutinho – Liverpool (Inglaterra), Renato Augusto – Beijing (China) e Willian – Chelsea (Inglaterra).

Atacantes: Douglas Costa – Bayern de Munique (Alemanha), Roberto Firmino – Liverpool (Inglaterra), Gabriel Jesus – Palmeiras e Neymar – Barcelona (Espanha).
Fonte: Cnews

Arena do Corinthians foi presente para Lula, diz patriarca da Odebrecht

A Lava Jato vai chegar ao Corinthians. Emílio Odebrecht, presidente do conselho de administração do grupo que leva o seu sobrenome, afirmou em acordo de delação, em fase de negociação, que o estádio construído pela empreiteira foi uma espécie de presente ao ex-presidente Lula, torcedor do time.

O agrado, na versão de Emílio, foi uma retribuição à suposta ajuda de Lula ao grupo nos oito anos em que o petista comandou o país, de 2003 a 2010.

Sob governos do PT, de 2003 a 2015, o faturamento do grupo Odebrecht multiplicou-se por sete, de R$ 17,3 bilhões para R$ 132 bilhões, em valores nominais (a inflação do período foi de 102%).////lindomarrodrigues.com

Em 13 anos, 199 servidores federais no CE foram expulsos


Principal motivo é a prática de atos de corrupção ( FOTO: Reprodução ) O Ceará atingiu a marca de 199 servidores públicos federais expulsos em 13 anos. Os motivos variam de corrupção a "agir de forma desidiosa", que, entre outras palavras, pode ser entendido como preguiça. Os dados são do relatório mais recente do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU). De acordo com as informações obtidos pelo Diário do Nordeste, o relatório do Governo Federal registra que, de 2003 a setembro de 2016, já foram aplicadas 169 demissões, 21 cassações de aposentadorias e 9 destituições de ocupantes de cargos em comissão, que são atividades contrárias à Lei nº 8.112/1990 (Regime Jurídico dos Servidores). Os dados não incluem empregados de estatais, a exemplo da Caixa Econômica, dos Correios, da Petrobras. O principal fundamento das expulsões foi a comprovação da prática de atos relacionados à corrupção, com 140 das penalidades aplicadas ou 67,7% do total. Já o abandono de cargo, a falta de assiduidade ou o acúmulo ilícito de cargos fica em segundo com 45 casos. Além disso, um dado que chama atenção é o número de expulsões por conta de procedimentos desidiosos, que pode ser entendido como preguiça ou desleixo: 6 no total. Ranking por pasta No Ceará, o maior número de punições por pasta foi registrado no Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), pasta criada em 2004 para tratar a superação da pobreza e da fome no País. Foram 74 expulsões em mais de uma década, sendo o ano de 2012 o que teve maior número de casos. Ranking por Estado Apesar do grande número de expulsões, o Ceará não está entre os Estados com os maiores registros. No topo do ranking está o Rio de Janeiro, com 1.052 punições; o Distrito Federal em segundo, com 746; e São Paulo com 640 no ranking dos últimos 13 anos. Com 199 punições, o Ceará encontra-se em 11º. No Nordeste, o Estado ficou atrás somente de Pernambuco (229) e Bahia (222). Impedimentos Os servidores apenados, nos termos da Lei Ficha Limpa, ficam inelegíveis por oito anos. A depender do tipo de infração cometida, também podem ficar impedidos de voltar a exercer cargo público. Em todos os casos, as condutas irregulares ficaram comprovadas após condução de Processo Administrativo Disciplinar (PAD), conforme determina a Lei nº 8.112/1990, que garantiu aos envolvidos o direito à ampla defesa e ao contraditório. Diário do Nordeste