Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 23 de outubro de 2016

Concurso da Mega-Sena acumula e pode pagar R$64 milhões nesta quarta-feira

Mesmo sem nenhum ganhador no prêmio principal, 65 sortudos levaram cada R$ 49 mil na quina, além de 4.827 apostadores que acertaram a quadra.

A Caixa Econômica Federal sorteou na noite deste sábado (22), em Santos Dumont, em Minas Gerais, as dezenas do concurso 1.869 da Mega-Sena, mas ninguém levou o prêmio principal. Confira os números:

11 - 23 - 24 - 26 - 40 - 52

Mesmo sem nenhum vencedor na sena, 65 sortudos levaram R$ R$ 49.705,43 cada pela quina, e 4.827 apostadores conseguiram R$ 970,89 com a quadra. O sorteio da Mega-Sena foi realizado neste sábado por conta da Mega-Semana da Sorte, que também vai ter sorteios na quarta, podendo pagar R$ 64 milhões, e no sábado.

Para participar, é necessário realizar uma aposta mínima de R$ 3,50 em qualquer uma das 13 mil lotéricas espalhadas pelo País. Clientes Caixa também podem entrar no sorteio pela internet. O serviço funciona das 8h às 22h, exceto em dias de sorteio, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso.
Sobre o concurso

Mega-Sena é um concurso realizado pela Caixa Econômica Federal que pode pagar milhões ao apostador que acertar seis números, que são sorteados ao menos duas vezes por semana – normalmente, de quarta-feira e sábado. Ainda é possível ganhar prêmios menores ao acertar quatro (Quadra) ou cinco dezenas (Quina).

O próprio jogador pode escolher os números da aposta ou tentar a sorte com a “Surpresinha”, em que o sistema escolhe os números. É possível também concorrer com as mesmas dezenas por dois, quatro ou oito concursos consecutivos na chamada “Teimosinha”.
Como jogar

Os prêmios iniciais costumam ser em torno de R$ 2,5 milhões para quem acerta seis dezenas. O valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor. Também é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de 6 a 15 números do volante.

O prêmio bruto da Mega-Sena corresponde a 46% da arrecadação. Dessa porcentagem, 35% são distribuídos entre os acertadores dos 6 números sorteados, 19% entre os acertadores de 5 números (Quina), 19% entre os acertadores de 4 números (Quadra), 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos 6 números nos concursos de final 0 ou 5 e 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou 5.

Fonte: IG

Juíza determina busca e apreensão em comitê de Roberto Cláudio



A determinação é da juíza Vilma Freire Belmino Teixeira, da 117ª Zona Eleitoral de Fortaleza, e atende a uma representação da coligação "Juntos Somos Mais" - chapa de Capitão Wagner.

O comitê central do atual prefeito Roberto Cláudio (PDT), candidato à reeleição, foi alvo de busca e apreensão de material que faça alusão difamatória ao candidato Capitão Wagner (PR), na manhã deste sábado, 22. A determinação é da juíza Vilma Freire Belmino Teixeira, da 117ª Zona Eleitoral de Fortaleza, e atende a uma representação da coligação "Juntos Somos Mais" - chapa de Wagner, em decisão assinada nesta sexta-feira, 21.

A juíza também determinou a realização de busca e apreensão no Instituto Cuca e nas unidades Cuca Barra, Mondubim e Jangurussu, na residência do presidente do Instituto Cuca, Ismênio Bezerra, e na Gráfica Inforlu Comunicação Visual. Conforme a decisão, o material difamatório com os dizeres "#CapetãÉmeuZovo" era o alvo da procura.

A representação da coligação "Juntos Somos Mais" relembra o episódio de apreensão de 580 adesivos com os dizeres "CapetãoÉmeuZovo", no último domingo, 16. O material foi apreendido com o presidente do Instituto Cuca. Na ocasião, Ismênio foi conduzido à sede da Polícia Federal (PF) e liberado em seguida.

Conforme o documento, uma ativista da coligação do atual prefeito também teria sido flagrada na avenida Pontes Vieira, na última terça-feira, 18, distribuindo os mesmos adesivos apreendidos com Ismênio dois dias antes. "[...] é explícito o interesse eleitoreiro da campanha do atual gestor em tentar denegrir a imagem de seu opositor, utilizando de farto material publicitário em nítida conduta legalmente reprovável", diz trecho da representação.

Procurada pelo O POVO Online, a assessoria de imprensa de Roberto Cláudio informou que nada foi apreendido no comitê do prefeito, nem nos outros locais determinados pela juíza eleitoral. A Coordenadoria de Juventude informou que nada foi encontrado nas unidades do Cuca. A reportagem tentou entrar em contato com a Gráfica Inforlu pelo número disponibilizado na internet, mas as ligações não foram atendidas.

Busca e apreensão no comitê de Wagner

No último dia 30 de setembro, o juiz eleitoral José Krentel determinou a busca e apreensão de camisas com símbolo do "Capitão América", que estariam sendo distribuídas pela coligação do candidato a prefeito Capitão Wagner (PR) a membros da Polícia Militar (PM) em prédios públicos. Na ocasião, os alvos da ação foram o comitê do deputado estadual e a 13ª Unidade dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais da Comarca de Fortaleza.

Fonte: O Povo
Foto google imagens

Multa por som alto será aplicada sem medidor de decibéis



Valor passará para R$ 195,23 a partir de 1º de novembro.
Os motoristas que forem pegos com som alto no carro, em movimento ou parado, estão sujeitos a multa sem a medição dos decibéis do barulho. A decisão é do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (21). 

Até então, o artigo 228 do Código Brasileiro de Trânsito, estabelecia um limite aceitável de até 80 decibéis a uma distância de 7 metros, e de 98 decibéis, a apenas um metro. Por isso, as multas dependiam de um equipamento chamado decibilímetro, certificado pelo Inmetro. Com a nova resolução, a autuação agora pode ser feita, "independente do volume ou frequência".

Desrespeitar a regra significa cometer uma infração grave, com a perda de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A penalidade, que atualmente gera multa de R$ 127,69, vai subir para R$ 195,23 a partir de 1º de novembro e também resultará retenção do veículo.

Ficam fora desta regra as buzinas, alarmes, sinalizadores de marcha, sirenes, veículos de publicidade com caixas de som e carros de competição e entretenimento em locais permitidos pelas autoridades competentes. 

Segundo a nova resolução, a mudança foi necessária por conta da dificuldade de aplicar essa parte técnica da lei, que, inclusive, causou o aumento da impunidade dos infratores.

Fonte: Cnews