Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

FIM DO PACTO ENTRE PCC E CV: Noite de terror na Zona Leste de Fortaleza com morte, tiroteios, Ronda atacado e tentativa de incendiar ônibus



Os conflitos foram localizados na Área Integrada de Segurança Três  (AIS-3), para onde foram deslocados reforços dos batalhões Raio (BpRaio) e de Polícia de Choque (BPChoque) ainda na noite de ontem. Além da Sapiranga-Coité e de suas comunidades próximas, também foram registrados incidentes na região do Grande Mucuripe. Bandidos incendiaram parcialmente mais um coletivo nas proximidades do Cais do Porto, que também pertence à AIS-3.
Foi a segunda noite de tiroteio na Sapiranga, conforme os moradores. A área que foi a primeira comunidade da Capital “pacificada” pelas facções também foi a primeira a romper a aliança e voltou a registrar mortes e confrontos armados, além de ataques às forças policiais.
Um homem, ainda não identificado, foi morto com cerca de 40 tiros de pistola. O crime ocorreu durante o tiroteio. Segundo testemunhas, os atiradores estavam à bordo de um veículo modelo Voyage, prata, de placas 8206 (as letras não foram anotadas). Policiais do BPRaio foram ao local mas os criminosos não foram encontrados.
Logo em seguida, uma patrulha do Ronda do Quarteirão foi atingida a tiros. Segundo os policiais, eram cinco criminosos atirando contra a composição. Nenhum PM ficou ferido.
Ônibus incendiado
Já no Cais do Porto, foi registrado o segundo caso de ônibus incendiado nesta semana. O primeiro crime ocorreu na noite de domingo, menos de 24 horas após o assassinato de três mulheres dentro de um bar na Travessa  Vicente de Castro, na Comunidade da Estiva, local onde há um ano e dois meses ocorreu uma chacina que deixou cinco mortos. A disputa pelo domínio no tráfico de drogas gerou os conflitos.
Desde sábado, o clima na favela é de tensão e a PM reforçou o policiamento com viaturas do 8º BPM, Ronda do Quarteirão e do Comando Tático Motorizado (Cotam), do BpChoque. Para dificultar a ação dos policiais, os bandidos danificaram vários transformadores da rede de iluminação pública, deixando a favela e ruas próximas às escuras.
Por volta das 22 horas de ontem, bandidos tentaram destruir um ônibus próximo ao Cais do Porto. O Incêndio foi rapidamente controlado por uma equipe do Quartel do Corpo de Bombeiros do Mucuripe. Os danos no veículo foram parciais. Ninguém foi preso.
Fonte: Ceará News 7

Vox Populi: 80% dos brasileiros rejeitam idade mínima de 65 anos para aposentadoria

Uma pesquisa do Instituto Vox Populi encomendada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) revela que 80% dos brasileiros rejeitam a proposta do Governo Michel Temer de elevar a idade mínima da aposentadoria para 65 anos com, pelo menos, 25 anos de contribuição. De acordo com os números da pesquisa,15% dos entrevistados apoiam a mudança, 4% não concordam nem discordam e 2% não souberam opinar.

O Governo Federal ainda discute internamente as mudanças nas regras da aposentadoria. Uma das propostas, porém, é a mudança no tempo de idade e de contribuição. A equipe técnica do Palácio do Planalto designada para avaliar e elaborar o projeto de reforma previdenciária a ser enviada ao Congresso Nacional quer contar, também, com o apoio dos Governos Estaduais.

A avaliação dos técnicos é que, se não houver mudanças nas regras de aposentadoria e pensões para deputados estaduais e magistrados, por exemplo, a reforma previdenciária terá poucos resultados para os estados. O presidente Michel Temer defende que as novas regras sejam uniformes para trabalhadores da iniciativa privada e servidores públicos. Temer chegou a dizer que as regras também atingirão parlamentares federais.

O Instituto Vox Populi ouviu, ainda, os brasileiros sobre a PEC 241, que institui limites para os gastos públicos e foi aprovada em primeiro turno pela Câmara Federal. De acordo com a pesquisa, 70% são contra a PEC 241, 19% concordam com o teto nos gastos públicos, 6% são indiferentes e 5% não opinaram.

O Vox Populi colheu a opinião dos entrevistados sobre a avaliação do Governo Federal. Segundo a pesquisa, o Governo Temer é mal avaliado por 74% dos brasileiros e para 11% o desempenho é positivo.A pesquisa, realizada entre os dias 9 e 13 de outubro, ouviu 2.000 pessoas com idade superior a 16 anos em 116 municípios de todos os Estados (exceção de Roraima) e no Distrito Federal.

Aviões do Forró emite comunicado sobre operação da PF que investiga fraudes

Sob investigação de integrar esquema fraudulento, a banda Aviões do Forró repassou um breve comunicado oficial ao jornal O Globo no início da tarde desta terça-feira (18).

"A Banda Aviões do Forró informa que está à disposição da Polícia Federal e da Justiça e que colaborará com todos os questionamentos em relação à operação”, informou a nota.

No perfil oficial da banda no Instagram, por volta das 15h10, o mesmo comunicado foi divulgado para o público. Nos comentários da postagem, vários fãs deixaram mensagens de apoio. "O Aviões do Forró veio de baixo, lutou bastante para chegar onde chegou. Não é uma calúnia que irá derrubar com este sonho", escreveu um dos seguidores.

Agenda de shows segue inalterada

Nesta terça (18), a banda se apresenta em Floriano (PI) e na próxima quarta em Lavras da Mangabeira, a 340 km da Capital cearense. A agenda de shows segue inalterada.

Ao todo, quatro bandas de forró da A3 Entretenimento estão sendo investigadas na Operação "For All" não declaravam os cachês dos shows por inteiro no Imposto de Renda, segundo a Receita Federal e a Polícia Federal (PF). Duas delas são Aviões do Forró e Solteirões do Forró.

Vocalistas do Aviões e Solteirões prestaram depoimento

Estiveram presentes na PF para prestar esclarecimentos por condução coercitiva empresários e sócios da banda Aviões do Forró, assim como os vocalistas, Xand e Solange, do Aviões, e Zé Cantor, da banda Solteirões do Forró.

Condução coercitiva é uma forma impositiva de levar sujeitos do processo (de ofendidos, testemunhas, acusados ou peritos), independentemente de suas vontades, à presença de autoridades policiais ou judiciárias.

O Diário do Nordeste tentou contato com a assessoria de imprensa do grupo A3 Entretenimento, mas até o presente momento não obteve êxito.

DN Online