Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

PRF apreende mais de R$ 1 milhão em fundo falso de veículo no Piauí

Dinheiro estava no fundo falso de um veículo  (Foto: Divulgação/PRF)
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu no final da manhã desta terça-feira (11) mais de R$ 1 milhão no fundo falso de um veículo na cidade de Parnaíba, Litoral do Piauí. De acordo com a PRF, o homem já tem passagem pela polícia e teria recebido dinheiro para levar o carro da cidade de Fortaleza, no Ceará, para a cidade de Santa Inês, no Maranhão.

Durante as buscas, a PRF encontrou o dinheiro dividido em diversos blocos envoltos em papéis e fita adesiva. Questionado, o condutor informou que foi contratado pelo valor de R$ 3,5 mil por um homem bem vestido que aparentava ter 35 anos de idade e que conheceu em uma praia em Fortaleza. Pelo pagamento, ele teria que levar o veículo para a cidade de Santa Inês, e teria iniciado o deslocamento na manhã desta terça (11).

O homem revelou ainda à polícia que era usuário de maconha e que teria cometido o crime de homicídio para se defender em questões envolvendo outros delitos. "Como ele já tem passagem por roubo acreditamos que o dinheiro pode ser de tráfico de drogas ou de assalto a banco. Ele não explicou a origem exata do dinheiro", disse o inspetor Fabrício Loiola.

G1

Servidores desviavam medicamentos da Sesa


Nove pessoas foram presas em uma operação da Divisão de Combate ao Tráfico (DCTD) suspeitas de envolvimento no comércio ilegal de medicamentos e anabolizantes. Dentre os suspeitos, há dois funcionários terceirizados da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa). Desde a última quinta-feira (6) até a manhã de ontem, cerca de 85 mil comprimidos para tratamentos de doenças foram apreendidos. A ação faz parte da operação 'Tarja Preta', que desarticulou um esquema de desvio e venda de remédios e esteroides e anabolizantes.

De acordo com a DCTD, os dois funcionários da Sesa desviavam medicamentos do órgão estatal e distribuíam ilegalmente para comerciantes em Fortaleza. Na investigação foi descoberto que os produtos eram desviados da Coordenadoria de Assistência Farmacêutica do Estado do Ceará (Coasf).

Na manhã de ontem, os funcionários terceirizados da Sesa Jairo Holanda dos Santos Junior, 51; e Francisco Antônio Barbosa Soares, 31, foram detidos. A dupla tinha a função na Coasf de receber, separar e distribuir medicamentos em hospitais e postos de saúde no Ceará. Os funcionários confessaram a participação no crime e afirmaram que fazem o desvio há cerca de oito meses.

De acordo com a delegada Patrícia Bezerra, o desvio era feito com a subtração de algumas caixas quando elas iam ser distribuídas. Jairo Holanda confessou que possuía produtos em sua residência. Ao chegar no local, os policiais encontraram mais de 20 mil comprimidos. Segundo a Polícia, os medicamentos são de alto custo e utilizados em tratamentos de doenças como leucemia, depressão e linfomas (tipo de câncer). "Eu acredito que essa seja a ponta de um iceberg. Muita coisa ainda tem pra ser feita e descoberta", afirmou a delegada Patrícia Bezerra.

DN Online