Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 9 de outubro de 2016

Homem que estuprava quatro filhas e nora durante nove anos é preso na Bahia

post-feature-image

Acusado de estuprar as quatro filhas e a nora, o trabalhador rural Manoel José de Oliveira, de 53 anos, teve mandado de prisão preventiva cumprido, nesta quinta-feira (6). A prisão ocorreu no povoado de Malhadas, no município de Esplanada, 155 km de Salvador, por uma equipe da DT (Delegacia Territorial) local. O homem é suspeito de praticar os abusos desde quando as meninas ainda eram menores de idade.

De acordo com a Polícia Civil, Manoel Oliveira estuprou as filhas durante nove anos, mas só na semana passada a denúncia chegou ao Conselho Tutelar da cidade. Os conselheiros informaram a polícia e o delegado Wagner Marinho, titular da delegacia, solicitou a prisão do trabalhador rural.

Ao ser interrogado pelo delegado, Manoel confessou ter cometido os estupros das filhas e da nora.  Uma das filhas e a nora que já foram ouvidas na unidade policial e confirmaram a acusação. As outras três já se mudaram da cidade, mas serão convocadas para depor.

Na residência do acusado, os policiais apreenderam ainda uma espingarda.  Manoel também foi autuado por posse ilegal de arma de fogo, além da suspeita de estupro,  e agora se encontra custodiado na carceragem da 2ª Coorpin (Coordenadoria Regional de Policia do Interior ), em Alagoinhas, 108 km de Salvador, à disposição da Justiça.
Amigos plantão

Vítima de estupro limpa o sangue na roupa do agressor e prova garante sua condenação


post-feature-image

Numa atitude desesperada, uma mulher de 58 anos, atacada enquanto levava seu cachorro para passear, acabou contribuindo para que seu agressor fosse preso. Vítima de estupro e extremamente machucada por um homem de 18 anos, ela decidiu limpar o sangue vindo de seus ferimentos. As informações são do site de notícias “Daily Mail”.

O crime, cometido no dia 15 de julho em Cumbria, na Inglaterra, acabou levando Jack Walker à cadeia pelos próximos 11 anos. Sob ameaças de esfaqueá-la até a morte, Walker teria puxado a vítima pelo cabelo, batido nela diversas vezes e depois a colocado contra a sua vontade ao chão, onde a estuprou.

Agressor foi condenado a 11 anos de prisão Agressor foi condenado a 11 anos de prisão.
Apesar das súplicas da mulher, a violência continuou, e ela decidiu passar seu próprio sangue nas roupas do agressor, o que levou a polícia a identificá-lo. "Como resultado, a evidência provou que ele cometeu o delito de maneira inquestionável. Depois de negar inicialmente as acusações, ele não teve outra escolha a não ser se declarar culpado”, disse Isla Chilton, promotora.

Mulher foi ameaçada de morte, agredida e estuprada Mulher foi ameaçada de morte, agredida e estuprada.

Segundo o detetive Jim Grattan, a sentença de 11 anos é motivo de comemoração. “Não há desculpa para ações impensáveis ​​de Walker e eu estou contente que esteja enfrentando uma sentença significativa por seus crimes. A vítima estava inocentemente andando com seu cachorro quando Walker a forçou e começou seu ataque brutal. Ela tem mostrado verdadeira bravura durante a nossa investigação”, disse.
Extra Online

Marido coloca mulher à venda na internet COM A FRASE: "Vende-se, mais também troco por um modelo mais novo"


post-feature-image

O britânico Simon O’Kane, de 33 anos, virou assunto em todos os cantos do mundo ao, colocar a mulher à venda. Ele fez um anúncio bem detalhado no Ebay, um site de vendas, comparando-a com um produto "de segunda mão". Estipulou um preço: quem desembolsasse 65 mil libras (cerca de R$ 283 mil), levaria Leandra. "Ofertas são bem-vindas, e posso considerar uma troca por um modelo mais novo", dizia o texto.

Segundo O’Kane, a ideia de vender a amada veio depois que ele "adoeceu" e Leandra não deu muita bola para a situação. O britânico, que mora no condado de Yorkshire, na Inglaterra, alega que passou mal após um dia de trabalho e Leandra apenas lamentou por ele.

"Então eu pensei: vou colocá-la à venda", conta. Deixou claro os defeitos e as qualidades no anúncio que mais parece uma venda de carro.

A classificou como "usada, porém com uma carroceria decente, além de boas habilidades na cozinha" Alguns amigos entraram na brincadeira, fazendo perguntas sobre a quilometragem e manutenção.

No dia seguinte, quando descobriu que estava á venda a internet (após ser zoada no trabalho pelos amigos), Leandra afiram que pensou em "matar o marido"

"Todo mundo do trabalho riu. Como se não bastasse me vender na web, ele ainda escolheu uma foto péssima", reclama.

Mas claro, tudo não passou de uma "brincadeira", garante o marido.

O anúncio atraiu propostas bastante interessantes. Atingiu o valor pedido, R$ 283 mil, bem como algumas respostas hilárias. "Uns pervertidos também pediram que eu enviasse mais fotos dela", conta O’Kane.

Leandra não perdoou a brincadeira do marido. "Não dei muita atenção mesmo. Ele sempre reclama e diz que está mal, mas a verdade é que ele é um hipocondríaco", defende-se
Com Informações do MassapeCeara.Com/Amigos plantão///freelance24horas.