Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Homem mata esposa a facadas e em seguida comete suicídio



post-feature-image

Na tarde desta última sexta-feira (04) um homem matou sua própria companheira e em seguida cometeu suicídio no Distrito dos Mecânicos em Campina Grande (134 km de João Pessoa).

De acordo com a Polícia Militar, o indivíduo identificado como Ivanildo dos Santos Filho de 47 anos matou a esposa Josênia Pereira dos Santos de 38 anos com golpes de faca e em seguida tirou a própria vida se enforcando dentro de casa na rua Padre Nóbrega no bairro do Catolé. Conforme informações da polícia, o homicídio seguido de suicídio é investigado como crime passional, já que o casal estava separado há cerca de 15 dias.

Os corpos foram encontrados por um dos filhos do casal que ao chegar em casa encontrou os pais mortos e acionou a PM. Ainda segundo informações, recentemente Ivanildo havia sido preso acusado de ter participado de um assassinato na região, mas foi solto posteriormente por faltas de prova. Os corpos foram recolhidos e encaminhados ao Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) de Campina Grande. O caso foi registrado na Polícia Civil que investiga o crime.




Jerry Mesquita

Quatro pessoas foram presas no Ceará por tentativa de fraude no ENEM



Quatro pessoas foram presas no Ceará durante o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016, neste domingo, 6. Os dados são do balanço da Polícia Federal (PF).
 Uma das prisões é do secretário da Saúde do município de Alto Santo, localizado no interior do Estado, que foi flagrado com escuta.
De acordo com a PF, uma candidata foi presa em Independência com segundo celular na bolsa, com gabarito. Em Juazeiro do Norte, uma candidata foi flagrada com o gabarito escrito na roupa. Já em Cedro, a Polícia Militar (PM) prendeu um candidato com um dispositivo.
Todos eles continuam presos. As provas do Enem foram realizadas neste fim de semana. O Exame ainda será realizado para 240 mil candidatos nos dias 3 e 4 de dezembro, devido às ocupações em locais de provas, resultado de protestos estudantis contra a PEC 241.
Radar da Zona Norte/O Povo

Secretário preso suspeito de fraude no Enem é gestor em Alto Santo/Ce



O suspeito foi submetido a um detector de metal durante a prova.
O Secretário da Saúde preso suspeito de fraude no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no segundo dia de prova, domingo, 6, é o gestor do município deAlto Santo, Antônio Diego Lima Rodrigues. A informação foi repassada por uma fonte da Polícia Federal. 

A operação aconteceu de forma discreta e foi socicitado que o coordenador da faculdade, no Centro de Fortaleza, onde acontecia a prova, fizesse uma abordagem por meio de um detector de metal. 
Secretário preso exibe ponto eletrônico aos policiais
O POVO apurou que o candidato foi convidado para outro local durante a prova, para ser submetido ao detector, que não foi usado pelos policiais federais. A PF acompanhou com cuidado para que a operação acontecesse de forma velada, sem que atrapalhasse ou chamasse a atenção dos demais alunos que faziam prova. 

"Depois de encontrado o dispositivo foi dada a voz de prisão para não chamar atenção. Foi como uma abordagem de rotina, fora do local da prova", relatou. 

O envolvimento de outras pessoas no caso ainda está sendo investigado pela PF. O suspeito deve continuar preso e não cabe fiança. 


O caso 

A Polícia Federal prendeu em flagrante um candidato suspeito de tentar fraudar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016, durante a aplicação das provas deste domingo,6, em Fortaleza.

Segundo a PF, as investigações da Operação Embuste, que foi deflagrada nesta tarde pela PF em Minas Gerais, com o auxílio do Ministério Público Federal e do INEP, apontaram que um candidato, que fazia prova em uma universidade no centro de Fortaleza, estaria fazendo uso de equipamentos eletrônicos presos ao corpo com pontos de escuta nos ouvidos.

De acordo com a PF, o suspeito, 34 anos, foi encaminhado à sede da Superintendência Regional da Polícia Federal no Ceará e informou em depoimento que era secretário da Saúde de um município do Ceará.

O preso responderá à Justiça Federal pelos crimes contra a fé pública, patrimônio, paz pública, dentre outros crimes. A segurança do Enem é realizada com o acompanhamento da Polícia Federal.

Fonte: O Povo / JÉSSIKA SISNANDO