Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: Polícia captura suspeito de matar delegado em Fortaleza


Danilo Andrade Sousa, vulgo “Lorim”, foi capturado na casa da irmã, na Barra do Ceará.
A Polícia Militar prendeu o acusado de atirar contra o delegado da Polícia Civil, Audízio Ferreira Santiago, morto na última terça-feira (15), no bairro Maraponga, em Fortaleza.

Danilo Andrade Sousa, vulgo “Lorim”, foi capturado na casa da irmã, na Barra do Ceará, após denúncias da mãe do acusado. A mulher que participou da ação continua foragida. 

Segundo a Polícia, Lorim possui diversas passagens por tráfico e roubo. 

O caso

O delegado estava voltando para casa a pé, juntamente com o filho e a nora, quando uma dupla em uma moto se aproximou e anunciou um assalto. Em vídeo gravado por câmeras de segurança, é possível ver o momento em que as vítimas são abordadas. Mesmo sem estar armado, o agente de segurança e o filho tentam deter os bandidos.

Após o crime, os suspeitos abandonaram a moto e fugiram. Mais a frente, os dois tomaram outra motocicleta e continuaram a escapada.

Mãe lamenta atitude do filho

Em entrevista exclusiva à TV Cidade, a mãe de Danilo disse que soube que o filho havia cometido o crime após ver a reportagem sobre a ocorrência.

Ela informou que o filho entrou no mundo do crime há alguns anos, logo após a morte do irmão. A mulher afirmou que o filho a agrediu diversas vezes e que já foi presa após a polícia ter encontrado droga em sua casa. Abalada, a mãe disse sentir vergonha da atitude de Danilo.

Confira a entrevista completa (Matéria CNEWS):

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Criminalidade avança no "Ceará Pacífico" e 141 pessoas são assassinadas em apenas 15 dias

Corpo no chão
A criminalidade avança na Capital e no Sertão, contrariando indíces apresentados pelo governo
A violência segue em alta no Ceará. Levantamento realizado na manhã desta quarta-feira (16) pelo site cearanews7.com revela que, somente nos primeiros 15 dias do mês de novembro, nada menos, que 141 pessoas foram assassinadas no estado. Entre as vítimas estão seis agentes da Segurança Pública Estadual, sendo quatro policiais militares, um policial rodoviário federal aposentado e um delegado da Polícia Civil.
Também entre as 141 vítimas dos assassinatos, estão nove mulheres. Quatro delas foram mortas no Interior (nos Municípios de Jaguaruana, Jaguaretama, Orós e Farias Brito), três na Região Metropolitana (nos Municípios de Caucaia, com dois casos; e um em São Gonçalo do Amarante), e duas na Capital (nos bairros Carlito Pamplona e Paupina).
Capital violenta
Nesta primeira quinzena de novembro a tendência das estatísticas da violência permaneceu igual ao do mês passado, com uma crescente onda de homicídios dolosos em Fortaleza, com a Capital cearense apresentando uma maior taxa de registros de homicídios e latrocínios em comparação às outras três regiões do Estado. Foram 48 pessoas assassinadas na cidade.
 Já na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), 31 pessoas foram executadas sumariamente, nos seguintes Municípios: Caucaia (11), Maracanaú (10), Horizonte (2), Itaitinga (2), Pacajus (2), Chorozinho, Pacatuba, São Gonçalo do Amarante e Maranguape (um em cada).
No Sertão, foram 38 assassinatos no Interior Sul e 24 no Interior Norte.  Cidades como Limoeiro do Norte, Juazeiro do Norte, Sobral e Morada Nova estão entre as que apresentaram também taxas altas de homicídios. Em Limoeiro, em apenas um único dia, nove pessoas foram mortas, incluindo um policial militar.
Múltiplos
Seis casos de duplos homicídios e um triplo foram também registrados pelas autoridades nesta primeira quinzena de novembro-2016.  Um deles aconteceu em Fortaleza, onde dois assaltantes tombaram durante um tiroteio no bairro Joaquim Távora, na noite do último dia 10.
Os outros cinco duplos homicídios aconteceram nos seguintes Municípios: Limoeiro do Norte (dois casos), Tabuleiro do Norte, Morada Nova e Guaraciaba do Norte.
O triplo homicídio também aconteceu em Limoeiro do Norte.

blogdofernandoribeiro.com.br