Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Em março, vidente previu acidente de avião com 'um time inteiro de futebol'



Carlinhos Vidente fez a previsão em março deste ano, no programa 'Olga Bongiovanni' Rio - Um vidente pode ter previsto o acidente de avião que o time da Chapecoense sofreu nesta terça-feira. Convidado para fazer previsões para 2016 no programa "Olga Bongiovanni", Carlinhos Vidente disse que "um time inteiro de futebol vai morrer num avião".Carlinhos Vidente no programa 'Olga Bongiovanni'Reprodução Internet "Vou contar uma [previsão] de primeira mão também: um time inteiro de futebol vai morrer num avião. Marca o que estou falando para vocês. Isso vai acontecer em um ano ou um ano e meio", disse Carlinhos Vidente, em março deste ano. "Mas é um time do Brasil", perguntou Olga. "Essa é a pergunta. Não deu para levantar ainda se é um time do Brasil ou um time de fora", respondeu o vidente. Avião da Chapecoense cai e deixa 76 mortos Uma tragédia deixou o Brasil de luto na madrugada desta terça-feira. O avião que levava a equipe da Chapecoense para a Medellín, na Colômbia, caiu nas proximidades da cidade deixando pelo menos 76 mortos, segundo as últimas informações das autoridades colombianas. O avião tinha 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros, entre delegação e jornalistas, e 9 tripulantes. Seis pessoas sobreviveram: o lateral-direito Alan Ruschel (Alan Luciano Ruschel), o goleiro reserva Follmann (Jackson Ragnar Follmann), o zagueiro Neto (Helio Hermito Zampier Neto) e o jornalista Rafael Henzel, além dos tripulantes Erwin Tumiri e Ximena Suárez. O goleiro Danilo (Marcos Danilo Padilha), herói da classificação à final da Copa Sul-Americana, foi resgatado com vida pelos bombeiros, mas morreu no hospital por voltas das 9h30 (horário de Brasília). A Chapecoense faria, na quarta-feira, o primeiro confronto da decisão da Copa Sul-Americana com o Atlético Nacional, no que seria a maior partida da história do clube de Santa Catarina. A Confederação Sul-Americana já cancelou a partida e se colocou à disposição dos envolvidos. Uma das possibilidades é o avião ter sofrido pane elétrica. Os sobreviventes estão sendo levados para dois hospitais da região próxima ao aeroporto Jose Maria Córdoba, em Rionegro, nas imediações de Medellín, um deles é o San Juan de Dios. Clubes e jogadores lamentam acidente A queda do avião da Chapecoense, nesta terça-feira, abalou atletas e clubes de todo o mundo. Diversos times e jogadores usaram as redes sociais para lamentar o acidente e manifestar apoio ao clube catarinense e seus familiares. O Palmeiras, por exemplo, deixou postou uma mensagem em seu perfil no Twitter. "A Sociedade Esportiva Palmeiras lamenta profundamente o acidente do avião da @ChapecoenseReal e torce por boas notícias. #ForçaChape". "Impossível acreditar nessa tragédia, impossível acreditar no ocorrido, impossível acreditar que o avião caiu, impossível acreditar que atletas, seres humanos estavam nesse avião, impossível acreditar que essas pessoas deixaram suas famílias .. é IMPOSSÍVEL ACREDITAR!!! Hoje o mundo chora, mas o céu se alegra em receber Campeões. Meus sentimentos a todos os familiares e amigos", disse Neymar nas redes sociais. O DIA

"Guardem a minha aliança": o arrepiante pedido do sobrevivente Alan Ruschel



O lateral-esquerdo da Chapecoense Alan Ruschel, um dos cincosobreviventes da tragédia com o avião que levava o time de futebol até Medellín, perguntava insistentemente pela família quando chegou, em estado de choque, ao hospital da cidade colombiana de La Ceja, a mais próxima do local do acidente.

Alan fez um pedido comovente à equipe do hospital antes de entrar na sala de cirurgia: ele pediu apenas que guardassem bem a sua aliança de casamento.
Amanda, a esposa do atleta, comunicou através de sua conta na rede social Instagram que o estado de saúde de Alan é “estável”:

“Graças a Deus o Alan está no hospital, estado estável. Estamos orando por todos que ainda não foram socorridos, e força para todos os familiares. Situação complicada, difícil. Só Deus para dar força mesmo. Obrigada, Deus”.

Na madrugada desta terça-feira, 29 de novembro, a aeronave com 81 pessoas a bordo se chocou contra o solo em uma região montanhosa, devido a falhas elétricas, quando já se aproximava do aeroporto de Medellín. A Chapecoense disputaria nesta quarta-feira a sua primeira final de um campeonato internacional, a Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, da Colômbia. Além da delegação do clube catarinense, viajavam jornalistas, convidados e a tripulação, formada por 9 profissionais.

Via pt.aleteia.org