Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Assassinatos no Ceará já passam de 3 mil casos em 2016


Mãe abraçada ao filho
Mãe chora abraçada ao corpo do filho assassinado, cena trágica, mas que virou rotina no Ceará
Passa de três mil o número de homicídios no Ceará neste ano. Faltando pouco mais de um mês para o fim de 2016, o quantitativo de assassinatos no Estado é exato 3.120, incluindo os dados oficiais de janeiro a outubro, e mais os casos ocorridos entre os dias 1º e 22 de novembro. Nesta estatística estão incluídos os Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLI), que representam homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte.
Até o dia 31 de outubro último, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) apresentava em seu site um balanço de 2.789 CVLIs no Estado neste ano, porém, excluindo 46 assassinatos ocorridos em unidades do Sistema Penitenciário e outras 77 mortes decorrentes de intervenção policial, uma manobra do governo para reduzir os números reais da violência.
Contudo, com a inclusão de tais casos (mortes em presídios e em operações da Polícia), chega-se ao número real de 2.912 assassinatos. Somem-se a estes, mais 208 casos ocorridos em 22 dias deste mês de novembro. A soma total é, portanto, 3.120.
Matança
Destaque nesta triste estatística é o número recorde de servidores do setor da Segurança Pública mortos em 2016 no estado. Já são 31 assassinatos, que tiveram como vítimas 24 policiais militares (PMs), dois policiais civis, dois policiais rodoviários federais, dois agentes penitenciários e um delegado da Polícia Civil.
O número é mais que o dobro do registrado em 2015, quando 15 policiais foram assassinados no Ceará (10 PMs e cinco policiais civis).  Somados os dois períodos (2015-2016), o total é de 46 agentes da Segurança mortos em 23 meses incompletos (34 PMs, sete policiais civis, dois agentes penitenciários, dois policiais rodoviários federais e um delegado da Polícia Civil).
Também é destaque nesta estatística o número de mulheres assassinadas. Em 2016, já são 185 vítimas, o que representa uma média mensal de 16 mulheres mortas por mês no Estado, ou uma a cada dois dias.
Números de homicídios no Ceará em 2016:
Janeiro  (331)
Fevereiro (306)
Março (329)
Abril (285)
Maio (309)
Junho (257)
Julho (272)
Agosto (299)
Setembro (232)
Outubro (292)
Novembro* (208)
TOTAL = 3.120
(*) entre os dias 1º e 22 de novembro

blogdofernandoribeiro.com.br

Lesão a bala em juazeiro do Norte


por volta das 15h45, desta Quarta -Feira rua ladislau de arruda campos próximo ao numero, 469, baiiro António vieira, foi vitima de lesao a bala, Francisco Eduardo Martins Fillho,21 anos, residente na rua idelgardo barbosa,461, bairro António vieira, onde individuo não identificado em uma moto biz de cor preta, placa não anotada, ao imparear com a vitima efetuando um disparo de arma de fogo na altura da região lombar próximo a nuca, após foragiu em rumo ignorado a vitima foi socorrida por populares pata o hospital regional, que segundo análise clinica o mesmo ficará paraplégico, no local compareceu a viatura RD1277, sob o comando do sgt.dioner que fez fiscalização na área no intuito de local porém nada localizado. Blog do Gesso

Operação Lava Jato – Executivos da Odebrecht assinam acordos de delação premiada

odebrecht
Foram assinados nesta quarta-feira (23) os primeiros acordos de delação premiada firmados com executivos da empreiteira Odebrecht, investigada na Operação Lava Jato. Os documentos estão sob sigilo e não tiveram os termos divulgados.

O depoimento mais esperado pelos procuradores é o do ex-presidente da empreiteira, Marcelo Odebrecht, condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a 19 anos e quatro meses de prisão por crimes de corrupção passiva, associação criminosa e lavagem de dinheiro na Lava Jato.

A expectativa é que os depoimentos, nos quais os funcionários devem relatar repasses de propina para políticos, sejam enviados no começo do ano que vem para o Supremo Tribunal Federal (STF), a quem caberá a homologação das oitivas.

Em março, a Operação Xepa, uma das fases da Lava jato, teve a Odebrecht como principal alvo e prendeu diretores e executivos da companhia.

(Portal Uol)

Comissão aprova pacote anticorrupção e texto vai ao plenário da Câmara

Lorenzoni enxugou texto para aprovaçãoO relatório com medidas anticorrupção acaba de ser aprovado em comissão especial da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (23). O texto do relator Onyx Lorenzoni (DEM-RS) foi aprovado por unanimidade.

A comissão aprovou o texto base do projeto, mas alguns pontos, os chamados destaques, ainda serão submetidos a votação. Deputados e partidos têm direito de pedir que pontos específicos do projeto sejam votados separadamente.

Após análise dos destaques, o projeto segue para votação no plenário da Câmara e, se aprovado, vai ao Senado.

Os rumores são de que haverá uma alteração no texto (será incluída emenda) quando o projeto chegar ao plenário. A intenção é que os crimes de caixa dois cometidos antes da aprovação da lei sejam anistiados.

Portal Uol