Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Quatro jogadores da Chapecoense e ex-treinador tiveram passagens pelo futebol cearense; confira


Lucas Gomes
Alguns dos jogadores e um ex-treinador, que estavam no avião que caiu na Colômbia com a delegação da Chapecoense, dirigentes e jornalistas, já tiveram passagens pelo o futebol cearense. Ainda não existe informação oficial sobre mortes.
São eles: o atacante Kempes (ex-Ceará), o atacante Lucas Gomes (ex-Icasa), o zagueiro Thiego (ex-Ceará), o volante Josimar (ex-Fortaleza) e o ex-treinador Mário Sérgio (ex-Ceará).

ThiegoO atacante Kempes atuou pela camisa alvinegra em 2010, quando o time cearense lutava pela manutenção na Série A do Brasileirão. Ao lado de Magno Alves, ele marcou 13 gols em 32 jogos.

KemepsO volante Josimar atuou pelo Fortaleza em 2008, mas entrou em apenas 5 jogos. Já Lucas Gomes, atacante de apenas 25 anos, apareceu com destaque no futebol nacional em 2014, vestindo a camisa do Icasa. Ele marcou 6 gols com a camisa do Verdão do Cariri.

Mário SérgioJá o zagueiro Thiego também atuou pelo Ceará. Ele veio por empréstimo do Bahia, em 2012, e foi campeão cearense pelo Alvinegro de Porangabuçu. Ele jogou em 31 partidas e marcou um gol.
Já o ex-técnico, ex-jogador e atual comentarista da Fox Sports, Mário Sérgio, fez o seu último trabalho como treinador vestindo as cores do Ceará em 2010. Ele chegou na metade do campeonato após a saída de PC Gusmão e Estevam Soares. Ele atuou por algumas partidas e foi demitido antes do fim da competição, quando Dimas Filgueiras assumiu a equipe para assegurar a manutenção na Série A do ano seguinte e vaga na Taça Sul-Americana.

DN Online

Com 140 mil comprimidos recolhidos, Polícia realiza maior apreensão de medicamentos do CE


Polícia Civil do Estado prendeu três pessoas na segunda fase da operação, que investiga um esquema de vendas e desvios de remédios Neste momento, a Polícia Civil está dando mais detalhes sobre a segunda fase da operação 'Tarja Preta', em coletiva realizada na sede da DCTD. A Polícia Civil do Estado do Ceará, por meio da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), prendeu três pessoas e recolheu 140 mil comprimidos na segunda fase da Operação 'Tarja Preta', que investiga um esquema de vendas e desvios de remédios. Foi a maior apreensão de medicamentos já realizada no Estado, informaram as autoridades nesta segunda-feira (28). Neste momento, a Polícia Civil está dando mais detalhes sobre a segunda fase da operação 'Tarja Preta', em coletiva realizada na sede da DCTD. Entre os comprimidos apreendidos, aliás, as autorizadades já informaram que há antidepressivos e abortivos, além de anabolizantes. Um dos presos nesta segunda fase estava foragido desde a primeira fase da operação. Primeira fase

STJ mantém Raimundão afastado e Luiz Ivan concluirá mandato


O Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, negou, nesta segunda-feira (28), o pedido de liminar impetrada pela defesa do prefeito afastado de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo (PMDB). A decisão é do ministro-relator da 5ª Turma do STJ, Ribeiro Dantas. Com a decisão, Raimundão continua afastado e o vice-prefeito Luiz Ivan Bezerra, que está no exercício do cargo desde o final de outubro passado, permanece como prefeito e deve encerrar o mandato no dia 31 de dezembro, pois dificilmente haveria prazo para recurso junto ao Superior Tribunal Federal (STF), por conta do recesso do Judiciário que ocorrerá a partir do dia 20 de dezembro. O STJ determinou ainda que a medida liminar concedida fosse, imediatamente, comunicada ao Ministério Público Federal e Estadual e ainda ao Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), órgão responsável pelo afastamento de Raimundão. Em outubro passado, o desembargador do TJCE, Raimundo Nonato dos Santos determinou o afastamento do prefeito Raimundo Macedo por ato de improbidade administrativa e desvio de recursos públicos. A decisão do desembargador foi baseada nas investigações do Ministério Público de Juazeiro do Norte e confirmada pelos promotores da Procuradoria de Justiça dos Crimes contra Administração Pública (PROCAP). Na denúncia, Raimundão é acusado entre outros crimes de negociar terreno da prefeitura e cobrar propina de empresários. (Com Blog do FlávioPintoNews)