Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 27 de novembro de 2016

Neymar bate Ferrari antes de viagem, mas não desfalca o Barcelona, diz TV



Ferrari de Neymar batida (Foto: Twitter/Esport3)


Neymar sofreu um acidente com a sua Ferrari 458 Spider antes de viajar para San Sebastián, onde o Barcelona encara o Real Sociedad neste domingo, revelou a TV3. Apesar do prejuízo, foi apenas um susto, e o jogador brasileiro saiu ileso. Rapidamente a notícia se espalhou pelos principais veículos de imprensa da Espanha, que garantiram a presença do craque na partida de logo mais.

Ainda segundo a TV3, o acidente aconteceu quando Neymar se dirigia ao CT do Barcelona, onde se juntaria ao restante do grupo para seguir rumo ao aeroporto de El Prat. Após a batida, o dirigente responsável pelo relacionamento com os jogadores, Pepe Costa, ficou no local para liberar o craque e resolver as questões burocráticas. Inclusive, o brasileiro já embarcou com o restante do grupo para San Sebastián.

Não há maiores detalhes sobre o acidente, mas, como a pista estava molhada, acredita-se que Neymar pode ter perdido o controle do carro por conta disso. A batida na mureta de proteção da via foi leve e causou apenas estragos na parte esquerda da lataria da Ferrari, avaliada no Brasil na casa de R$ 2 milhões.

O esportivo foi comprado por Neymar no ano passado e, na ocasião, o craque fez uma postagem no Instagram para agradecer a Deus pelo presente.

- Obrigado, Deus, por me dar saúde e com o fruto do meu trabalho poder realizar mais um sonho de criança - disse o craque à época, em outubro de 2015.

 
Fonte Globo Esporte

Saiba qual é o alimento com maior risco de contaminação por agrotóxico


laranja
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou na sexta-feira (25) o relatório do Programa de Análises de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA), que conclui que quase 99% das amostras dos alimentos analisados estão livres de resíduos de agrotóxicos que apresentam “risco agudo” para a saúde. O risco agudo está relacionado às intoxicações que podem ocorrer dentro de um período de 24 horas após o consumo do alimento que contenha resíduos.

Entre 2013 e 2015, o programa avaliou mais de 12 mil amostras de alimentos em todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal. Foram avaliados cereais, leguminosas, frutas, hortaliças e raízes, totalizando 25 tipos de alimentos. O critério de escolha foi o fato dos itens representarem mais de 70% dos alimentos de origem vegetal consumidos pela população brasileira.

Entre os alimentos mais consumidos pela população, as laranjas apresentaram o maior risco de contaminação por agrotóxico. Das 744 amostras, 684 foram consideradas satisfatórias e 141 não apresentaram resíduos. O maior risco associado as laranjas está relacionado ao agrotóxico carbofurano, atualmente em processo de reavaliação na Anvisa. Das amostras avaliadas, 11% apresentaram situações de risco relativas ao carbofurano.

O documento registra que o abacaxi também merece atenção. Pelo menos 5% das amostras da fruta apresentaram potencial de risco relacionado ao agrotóxico carbendazim.

Nos demais produtos, como mamão, feijão, abobrinha, pimentão, tomate e morango, o risco agudo verificado foi considerado aceitável em mais de 99% das amostras.

Segundo a Anvisa, apesar de as irregularidades apontadas no levantamento “não representarem risco apreciável à saúde do consumidor do ponto de vista agudo, podem aumentar os riscos ao agricultor, caso ele utilize agrotóxicos em desacordo com as recomendações de uso autorizadas pelos órgãos competentes”.

Iniciado em 2001, o programa PARA é coordenado pela Anvisa em conjunto com as vigilâncias sanitárias de estados e municípios e com os Laboratórios Centrais de Saúde Pública. O objetivo do programa é avaliar os níveis de resíduos de agrotóxicos nos alimentos que chegam aos consumidores.
Os resultados do relatório são um ponto de partida para que a Anvisa adote ações mitigatórias como fiscalização, restrições de uso do agrotóxico no campo, entre outras medidas.



Fonte Diário do Nordeste

Morre aos 76 anos Roberto Corrêa da banda Golden Boys


Roberto lutava contra um câncer (Foto: Reprodução/Facebook Golden Boys)
Roberto Correia da banda Golden Boys morreu na tarde de sábado (26) no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela página oficial da banda. Roberto lutava contra um câncer.

"É com imensa tristeza que informamos o falecimento, hoje, do nosso querido Roberto Corrêa. Ainda não temos informações sobre o velório e sepultamento, mas em breve estaremos publicando aqui. Força para toda a família Corrêa...", diz o comunicado em uma rede social.

O filho do cantor, Beto Filho, também usou uma rede social para falar sobre o pai, que morreu no início da noite em casa.

"Venho comunicar através deste post o falecimento do meu pai Roberto Corrêa hoje às 18hs. De forma branda como um suspiro feito um passarinho, nosso querido se foi levando todo amor da família e dos inúmeros amigos que colecionou durante sua vida".

Nas últimas postagens de Roberto no Facebook há um mês, ele aparece um pouco abatido ao lado do neto. Uma semana depois ele relembrou fotos antigas de seu casamento e se declarou para a mulher: "Te amo para sempre".

O grupo Golden Boys surgiu na Jovem Guarda no Brasil e fez muito sucesso chegando a excursionar por países da América do Sul nos anos 60. O quarteto era formado por três irmãos: Roberto, Ronaldo, Renato Corrêa José Maria, e um primo, Valdir Anunciação, que morreu em 2004.

O corpo de Roberto será velado e enterrado neste domingo (27), no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, no Rio. O velório está marcado para às 13h30 e o sepultamento para 15h30.

 
Fonte UOl