Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Preso no Cariri bandido de facção criminosa acusado de mortes em favela do Mucuripe


Keto
O bandido ainda tentou escapar do cerco policial, mas não conseguiu FOTOS: site miseria.com
Kelton 3 mulher
Samara Leite, amante do assassino e traficante também foi presa por tráfico de drogas 
Kelton 2
Arma, drogas e dinheiro foram encontrados na casa onde o bandido estava escondido, em Jardim
Uma operação de Inteligência realizada na tarde desta segunda-feira (28) terminou na prisão de um dos bandidos mais procurados do Ceará. O cerco policial ocorreu na cidade de Jardim, na Região Sul do Estado, o Cariri (a 574Km de Fortaleza). Cleilson Dantas dos Reis, o “Keto Estiva”, apontado como integrante da facção criminosa paulista PCC e acusado de um “rosário” de mortes ligadas ao tráfico de drogas em Fortaleza, acabou preso.
O bandido é foragido da Justiça e condenado a 25 anos de prisão por assassinatos. Tido como responsável por várias mortes e participação em chacinas em bairros como Mucuripe, Cais do Porto e Serviluz, na zona Leste de Fortaleza, onde quadrilhas rivais disputam o domínio na venda de drogas. Em um ano, pelo menos duas chacinas foram registradas ali, com o saldo de nove pessoas mortas.
Ao descobrir o paradeiro do bandido, a Polícia encaminhou à Justiça, no último dia 27 de outubro, um pedido de busca e apreensão no endereço do criminoso. Nesta segunda-feira, a operação foi realizada por cerca de 15 policiais comandados por três delegados.
O bandido tentou ainda escapar do cerco policial, pulando muros dos fundos da residência na cidade de Jardim. Porém, o local estava vigiado por todos os lados e ele terminou preso. Ao entrar na casa onde “Keto Estiva” estava morando, a Polícia deteve também a companheira dele, uma jovem identificada como Samara Leite Lima.
Na casa foram encontradas drogas, dinheiro da venda dos entorpecentes e uma arma de fogo com munição, além de outros apetrechos do tráfico, como balança de precisão.
Conforme as autoridades, o bandido é de altíssima periculosidade e responde a cinco crimes de assassinato. Um deles ocorreu no ano passado, quando ele invadiu uma residência na comunidade da Estiva e executou sumariamente o jovem Ederson Sousa do nascimento e baleou ainda outras duas pessoas, entre elas, uma criança que estava assistindo tevê./////blogdofernandoribeiro.com.br/

Ladrões atacam filial da Americanas e furtam R$ 67 mil, mas acabam presos. Loja fica a 100 metros da SSPDS

Americanas - dinheiro
O dinheiro que foi furtado do cofre da loja acabou sendo recuperado pela Polícia Militar
Americanas - dinheiro 2
Numa mochila os bandidos escondiam dinheiro e objetos furtados na loja
Uma quadrilha composta por três homens e uma mulher foi presa na madrugada desta segunda-feira (28) após arrombar uma loja localizada na Avenida Bezerra de Menezes, no bairro São Gerardo, a apenas um quarteirão e a 100 metros da sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
Esta não é a primeira vez que a filia da rede “Lojas Americanas” localizada na Avenida Bezerra de Menezes sofre ataque de bandidos. No começo do ano, quatro bandidos invadiram o local em torno de 21 horas, renderam clientes e funcionários e roubaram dinheiro e celulares, mas parte do bando acabou cercado e preso pela Polícia.
Já na madrugada de hoje, os bandidos agiram de forma diferente. Realizaram um arrombamento e conseguiram acesso à gerência, onde está instalado o cofre. Conseguiram abrir o equipamento e retirar o dinheiro que ali estava. A quantia furtada era de aproximadamente R$ 67,8 mil.
Em meio à ação dos bandidos, o alarme disparou e em poucos minutos o prédio foi cercado por viaturas do Ronda do Quarteirão e do Policiamento Ostensivo Geral (POG), além de uma patrulha destinada a manter a segurança no entorno da sede da SSPDS.
Cercados, os ladrões acabaram se rendendo e foram levados para o plantão do 34º DP (Centro), onde estão sendo autuados em flagrante.///////////blogdofernandoribeiro.com.br

Após uma intensa rebelião, presos começam a ser transferidos na Penitenciária Regional de Juazeiro do Norte

transferencia
As transferências de presos continuam na manhã desta segunda-feira em Juazeiro do Norte
Depois de realizarem uma rebelião com muita destruição, na noite do último sábado (26), cerca de 100 presos recolhidos na Penitenciária Indústria e Regional do Cariri (PIRC) foram transferidos para outras unidades do Sistema Penitenciário do Estado. Os locais escolhidos para abrigar os amotinados são cadeias e presídios da própria Região Sul do Estado.
A transferência aconteceu entre a madrugada de domingo e o restante do dia. Já dentro da penitenciário o clima continua tenso e a secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) inicia hoje (28) a recuperação dos pavilhões, corredores e vivências que foram atingidos pela destruição. Os rebelados queimaram colchões e roupas, arrancaram grades e portões e fizeram muito barulho.
Cerca de 50 policiais militares do 2º Batalhão, do Ronda do Quarteirão, Batalhão de Divisas e do Batalhão Raio foram mobilizados ainda na noite de sábado para conter os revoltosos. Uma informação colhida pelas autoridades revela que o motim ocorreu durante um conflito entre os próprios internos e que poderia ter resultado em uma carnificina.
Acerto
Os presos da Vivência Um teriam se armado para ira a um “acerto de contas” com seus desafetos, que os detentos recolhidos na Vivência Seis. Neste meio tempo, os que iriam ser executados passaram a jogar objetos e a incendiar colchões para impedir a entrada dos inimigos, gerando o tumulto.
A Sejus negou terem ocorrido fugas e mortes durante a rebelião. Alguns presos teriam ficado feridos,  mas sem gravidade. Uma equipe da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) deverá realizar hoje uma vistoria no local para avaliar a extensão  dos danos causado ao patrimônio público. Um inquérito deve ser instaurado pela Polícia Civil para apontar os responsáveis pelo crime.  
blogdofernandoribeiro.com.br