Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Amiga rejeita relacionamento com amigo e é morta a facadas


Os pais e um irmão dela estão atualmente morando na cidade de Cuiabá

Amiga rejeita relacionamento com amigo e é morta a facadasShirley foi morta dentro da residência pelo amigo (Foto: MS Todo Dia)
Shirley Alves, de 32 anos, teria lutado com Rodrigo Lisboa, 31 anos, antes de ser morta a facadas por ele na noite de segunda-feira (21), em Costa Rica, a 305 km de Campo Grande(MS). Segundo o que foi apurado sobre o crime, o homem, que se suicidou após matá-la, era o melhor amigo da vítima, mas não aceitou uma paixão não correspondida.
Segundo a polícia, na residência de Shirley há indícios de que ela lutou com Rodrigo antes de ser morta. A porta da residência estava amassada na parte de dentro e, além disso, o homicídio teria acontecido na cozinha da casa, mas o homem arrastou o corpo até o quarto.
Após matar Shirley, Rodrigo foi até a casa de um tio, pegou uma arma calibre 22 e fez dois disparos, um deles do lado esquerdo da própria cabeça. A polícia conseguiu entrar na residência e localizou o homem caído de bruços, dentro do quarto do tio, em uma poça de sangue.
Rodrigo chegou a ser socorrido com vida e foi levado ao hospital local com hemorragia e dificuldade para respirar. Porém, acabou morrendo na manhã desta terça, após ser transferido para a Santa Casa em Campo Grande.
Caminhavam juntos 
Na tarde desta terça-feira (22), moradores relataram que Shirley sempre se mostrou uma pessoa alegre. De acordo com um comerciante da região central da cidade, que pediu para não ter a identidade revelada, Rodrigo e Shirley eram amigos de infância e costumavam fazer caminhadas juntos.
"Ela era uma moça muito querida e foi um baque para todos nós. O autor aparentava ser uma pessoa bem calma e só ficamos sabendo que ele era muito apaixonado por ela", explica.
Outra moradora da região, que também trabalhou com a vítima por um período, relata que Shirley era formada em pedagogia e havia se separado há algum tempo. "Ela não tinha filhos. Os pais e um irmão dela estão atualmente morando na cidade de Cuiabá, em Mato Grosso.
Na cidade, mora apenas sua irmã e Shirley seria a mais velha dos três filhos".
Segundo uma colega de trabalho da vítima, que também não quis ter a identidade revelada, Shirley trabalhou por um período na secretaria da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Costa Rica.
"Ficamos tristes quando soubemos porque ela era muito meiga. Todos que a conheciam gostavam muito dela. Eles faziam caminhadas juntos e pareciam irmãos. Ele dizia que era apaixonado por ela mas isso não é amor, quem ama não faz isso". 

Criança de 9 anos é estuprada pelo padrasto e grava abuso com o celular



post-feature-image

Um jovem de 29 anos foi preso na noite de quinta-feira (17), acusado de ter violentado sexualmente uma criança de nove anos, na cidade de São João da Serra, cerca de 129 km de Teresina (PI). O principal suspeito de ter cometido o estupro de vulnerável é o padrasto da vítima. Conforme a Polícia Civil da cidade, a vítima gravou com um aparelho celular os estupros que vinha sofrendo pelo padrasto.

Conforme o delegado Renato Pinheiro, titular da Delegacia Regional de Castelo do Piauí, os estupros foram descobertos pela mãe da vítima, que de imediato a mãe acionou o Conselho Tutelar da cidade. Segundo Renato, a mãe da criança começou a notar o comportamento agressivo da filha, e disse que ela estava arisca e apresentando alguns problemas na escola onde estuda.

Diante da situação, a mãe perguntou para a sua filha o que estava acontecendo, por que ela estava agressiva e tendo problemas na escola. Em resposta, a menina contou para a sua mãe o que estava se passando com o padrasto. Depois dessa conversa, a mãe disse para a menina gravar com um aparelho celular os estupros que vinha sofrendo pelo padrasto, e em seguida ela relatou o que vinha acontecendo com a filha para o Concelho Tutelar da região. Ainda de acordo com as informações da polícia, a mãe da vítima estava convivendo com o acusado há cerca de quatro meses.

A menina disse para a polícia que os abusos começaram há uma semana . A polícia suspeita que não houve penetração na vítima, mas só os atos de acariciamento já são considerados como estupro de vulnerável por se tratar de uma criança. Os policiais civis foram até a casa do acusado, e chegados lá ele foi preso e levado para a delegacia de Castelo do Piauí. O suspeito nega todas as acusações mesmo diante das provas.

A vítima foi levada para a cidade de Teresina, onde passou por exames sexológicos para saber se houve penetração. O indivíduo foi preso em flagrante e ficará à disposição da Justiça. A polícia da cidade abriu um inquérito e o caso está sendo investigado. Se o suspeito for condenado, a pena por estupro pode variar de oito a quinze anos de reclusão. 


/  NOTÍCIASF5

Acidente de trem deixa mais de 140 mortos na Índia



post-feature-image

Mais de 140 pessoas morreram e cerca de 150 ficaram feridas, neste domingo (20), em um #Acidente de trem, no estado de Uttar Pradesh, que fica no norte da Índia. As estimativas apontam que o número de mortes pode aumentar devido à gravidade dos ferimentos de muitos passageiros.

O trem expresso, chamado de Patna-Indore, saiu dos trilhos próximo à cidade de Kanpur, no estado de Uttar Pradesh, por volta das 3h (19h30 horário de Brasília, sábado), relatos contam que muitos passageiros estavam dormindo no momento do acidente. As autoridades especulam que havia mais 2.000 pessoas no trem, porém, o que dificulta o cálculo correto é que muitas pessoas viajam na Índia sem lugares reservados e, até mesmo, sem passagens.

Canais de TV mostraram vagões deitados e alguns quase completamente esmagados. Ao todo, foram 14 vagões que saíram dos trilhos. Equipes voluntárias de busca no local fazem uma varredura, tentando encontrar mais sobreviventes nas ferragens.

Narendra Modi, primeiro-ministro na Índia, afirmou, em mensagem de texto no Twitter, que suas preces estão com aqueles que foram feridos no “trágico acidente”, para que tenham rápida recuperação, e informou ainda que está mantendo contato constante com o ministro de Ferrovias, Suresh Prabhu, que também deixou uma mensagem no Twitter informando que unidades médicas móveis partiram imediatamente para o local do acidente e prestaram os primeiros socorros aos feridos.

Ainda não se sabe o que ocasionou o acidente

Ainda não se sabe, ao certo, o que pode ter ocasionado o incidente, porém, tudo leva a crer que o descarrilamento pode ter acontecido pela má conservação dos trilhos.

Alguns passageiros afirmaram que ouviram um grande barulho antes da #Tragédia.

A rede ferroviária indiana é a quarta maior do #Mundo, e realiza, diariamente, o transporte de, aproximadamente, 20 milhões de passageiros, e, embora seja o principal sistema de transporte do país, é considerado inseguro e antigo. O governo atual prometeu investir 137 bilhões de dólares nos próximos 5 anos para torná-lo mais seguro e moderno.

Muitas pessoas se reuniram em volta dos destroços, verificando objetos e pertences pessoais, na tentativa de identificar seus entes queridos.