Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Corpo em decomposição é localizado dentro de poste


(Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros) Corpo em decomposição é localizado dentro de poste em Goiânia. Um corpo, ainda não identificado, foi encontrado dentro de um poste de ferro, no Setor Jardim Europa, em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, vizinhos sentiram um forte odor e acionaram os bombeiros, que encontraram o corpo no local já em avançado estado de decomposição. O cadáver foi achado na noite de domingo (20), no canteiro central da Avenida Viena. Segundo o delegado Francisco Costa Júnior, que esteve no local, o poste é usado em redes de alta tensão. Como ele é oco, possui uma abertura embaixo. "O poste estava deitado no canteiro central. Agora como essa pessoa entrou lá dentro eu ainda não sei", disse a reportagem. Ainda conforme Costa Júnior, a suspeita é que a pessoa tenha morrido há cerca de 15 dias. Há alguns dias, moradores da região já tinham acionado os bombeiros diante do cheiro forte. "Como o odor ficou ainda mais evidente, a corporação foi acionada novamente e teve que serrar o poste para ver o que havia dentro dele. Quando isso ocorreu encontraram, o corpo", disse o delegado. Peritos estiveram no local para recolher os restos mortais e levá-los ao Instituto Médico Legal (IML). A identificação só será possível após a realização da necropsia. G1/CE

Confronto na Cidade de Deus durante operação policial tem sete mortos



Pelo menos sete corpos foram encontrados no interior da favela Cidade de Deus, na zona oeste do Rio de Janeiro, na manhã deste domingo, 20. As mortes teriam acontecido em confronto durante operação que começou na noite deste sábado, 19, depois da queda do helicóptero da Polícia Militar, que deixou quatro mortos.

Depois da queda da aeronave, a cúpula da Segurança decidiu ocupar a comunidade por tempo indeterminado.

Na manhã deste domingo, técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) estiveram no local do acidente e recolheram fragmentos do helicóptero. A aeronave já foi removida do local.

O helicóptero era usado no apoio a uma operação policial que ocorria na Cidade de Deus ao longo do sábado. Durante todo o dia houve confrontos entre policiais, traficantes e milicianos. A Linha Amarela, via expressa que liga as zonas norte e oeste do Rio, chegou a ser fechada duas vezes por causa dos tiroteios.

Um helicóptero do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar caiu na zona oeste do Rio de Janeiro, neste sábado, dia de intensos tiroteios próximo à comunidade Cidade de Deus. Quatro agentes morreram na queda.

PMs mortos. Os policiais mortos são o major Rogério Melo Costa, de 36 anos, o capitão William de Freitas Schorcht, de 37, o subtenente Camilo Barbosa Carvalho, de 39, e o sargento Rogério Felix Rainha, de 39.

Na noite de sábado, após a queda, chefes das Polícias Civil e Militar se reuniram com autoridades da Secretaria Estadual de Segurança no Centro Integrado de Comando e Controle, no centro do Rio, para uma reunião emergencial, em surgiu a ordem para que durante a madrugada fosse feita uma operação policial na Cidade de Deus, realizada por policiais militares de diversos batalhões.

O clima na favela está tenso. Enquanto policiais militares circulam com apoio de blindados, pessoas fazem barricadas incendiando lixo. Várias ruas da região estão interditadas.

Fonte: Msn Notícias

Vereadores recebem salário mínimo a partir de 2017 em cidade da Paraíba



Parlamentares de Água Branca, no Sertão, recebem atualmente R$ 2.700. Projeto foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal.
Os vereadores da cidade de Água Branca, no Sertão paraibano, aprovaram um projeto que reduz o salário dos parlamentares para um salário mínimo a partir de janeiro de 2017. Atualmente, a Câmara Municipal conta com nove vereadores e cada um recebe R$ 2.700. A cidade fica a cerca de 400 km de João Pessoa e tem pouco mais de 10 mil habitantes, segundo estimativa do IBGE.

A iniciativa foi do presidente da casa, Miraci de Sousa, em parceira com outro parlamentar. "Em um momento de crise como esse, devemos tentar ajudar o município. Esse dinheiro economizado vai para os cofres da prefeitura, que deve decidir investir em outros setores da administração", disse.

O projeto foi aprovado na sexta-feira (17) por unanimidade. De acordo com Miraci, a articulação para conseguir junto aos colegas a aprovação começou há algum tempo. "Todos compraram a ideia depois da gente conversar e mostrar a importância da ecnomia", comentou o presidente.

A partir de 2017, os salários dos parlamentares vão ser reajustados de acordo com o aumento nacional do salário mínimo, que acontece em janeiro. Esse projeto vale por toda próxima legislatura, que vai até 2020.

Fonte: G1 PB