Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 1 de outubro de 2016

Após ser flagrada beijando outro em despedida de solteira, noiva irá se casar

Uma reviravolta no caso da mexicana Emma Alicia Paz Ayala, flagrada beijando um homem em sua despedida de solteira: ele irá mesmo se casar. Após ter o casamento cancelado, por consequência da divulgação do vídeo, a mexicana foi perdoada pelo noivo.

Emma foi ridiculizada, sofreu com as gozações e, principalmente, com a reação do noivo dela, mas no final, tudo foi resolvido.////Bocão News

PAI MATOU DOIS FILHOS DE TRÊS E QUATRO ANOS A FACADAS E DEPOIS TENTOU SUICÍDIO


ANTES DE MATAR FILHOS PARA SE VINGAR DE MULHER, PAI DEU SONÍFERO PARA AS CRIANÇAS  

Duas crianças, de 3 e 4 anos, foram mortas a facadas pelo próprio pai, na madrugada deste domingo (25), no Jardim Ouro Verde, em São José do Rio Preto (SP). Após o crime, o pai, que tem 41 anos e é zootecnista com mestrado e doutorado na área, tentou cometer suicídio. Segundo informações, ele teria dopado as crianças antes de cometer o crime.

De acordo com a delegada que investiga o caso, Dálice Ceron, ele teria enviado uma mensagem para o celular da mulher dizendo que tinha dado sonífero para as crianças. A polícia aguarda laudo para saber se há outras mensagens no aparelhos com relação ao crime.

O suspeito, identificado como Hugo Imaizumi, deixou um bilhete “explicando” ter cometido os assassinatos por causa de uma traição. O homem tentou se matar e está internado sob escola policial na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital de Base de Rio Preto. Ele está entubado e inconsciente. O estado de saúde do homem é estável.

A delegada teve acesso ao depoimento da mulher das crianças e à carta deixada pelo suspeito. A delegada confirma que o homem era ciumento e que, no dia do crime, o casal teve uma discussão. 

— Ela relata que chegou de uma festa por volta das 20h e eles tiveram uma discussão. À noitinha, ela foi dormir com os filhos e, quando acordou, não encontrou as crianças no quarto. Depois, viu que a porta do quarto dos meninos estava trancada.

A mãe das crianças voltou à casa dias após a tragédia para pegar pertences. Acompanhada de uma amiga e bastante abalada, a mulher não quis entrar no imóvel. Em entrevista à Rede Record, ela contou o que viu naquele dia. 

— A porta do quarto estava toda trancada. Eu dei a volta pelo quintal e abri a janela. [E vi] meus filhos e ele todos sujos de sangue.

Segundo a mulher, ela não conseguiu abrir a porta e saiu de carro para pedir ajuda. No caminho, encontrou um policial, que conseguiu arrombar a porta. Ela negou que houve traição e disse que o marido sempre foi muito ciumento. Ele não queria que ela tivesse amizades, mas que era um ótimo pai, segundo ela.

— Ele era um pai maravilhoso e nunca foi violento.

 bocão64 

Agiotas abastecem caixa 2 nas eleições no Nordeste


A prática da agiotagem se tornou comum no Maranhão, Piauí, Ceará, Bahia e Rio Grande do Norte (Foto: Reprodução)


Investigações em processos eleitorais em pelo menos cinco Estados têm apontado ligação entre agiotagem e casos de violência envolvendo políticos e correligionários.

Agiotas vêm alimentando caixa 2 de campanhas e forçando candidatos a prefeito e vereador a prometer prioridade em licitações futuras.

Só no Maranhão, houve registros de esquemas de agiotagem em 40 municípios. Um dos núcleos investigados é o de Governador Nunes Freire, município de 25 mil habitantes, a 189 quilômetros da capital, onde o vereador Esmilton Pereira dos Santos (PRB) foi morto no dia 23 de agosto com 15 tiros.

É a terceira morte política na cidade em dois anos - os outros dois foram o blogueiro Eduardo Diniz Barros e o vereador Paulo Lopes Sales, que denunciaram agiotas e falsificadores de crédito consignado.

Neste mês, a polícia fez buscas na casa e na fazenda do prefeito Marcel Everton Dantas Silva (PR), o Marcel Curió, acusado de agiotagem. Em junho, os pais de Curió, o ex-prefeito de Turilândia Domingos Fonseca Silva e Ângela Maria Everton foram presos por suposta ligação com Gláucio Alencar, considerado um dos maiores agiotas no Estado. Eles negam.

O promotor Marco Aurélio Rodrigues observa que o esquema ilegal de financiamento de campanhas tem por base empresas "fantasmas". Geralmente, donos de postos de gasolina, comerciantes, pecuaristas e até políticos emprestam dinheiro para candidatos com o compromisso de licitações direcionadas.

"Os agiotas usam empresas de fachada nos processos de licitação para ganhar com o dinheiro emprestado", afirma. Rodrigues ressalta que a repressão à agiotagem depende de um esforço conjunto de órgãos públicos, como Receita Federal e Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF). "É no cruzamento de contas que se chega à pessoa que declara no Imposto de Renda R$ 100 mil e doa R$ 1 milhão."

A prática da agiotagem também se tornou comum no Piauí, Ceará, Bahia e Rio Grande do Norte. No dia 12 de setembro, uma operação do Ministério Público e das Polícias Civil e Militar prendeu o prefeito do município potiguar de Serrinha, Fabiano Henrique de Souza Teixeira (PMDB), e três funcionários da prefeitura acusados de um esquema de desvio de recursos que incluía agiotas.

O prefeito é acusado de simular a contratação de três empresas que forneceriam material hospitalar e odontológico e falsificar 24 procedimentos licitatórios. O desvio é estimado em R$ 2 milhões. Ele usava notas fiscais frias para pagar dívidas contraídas de agiotas na campanha de 2012. Agora, o esquema estaria ajudando candidatos do prefeito à Câmara. Teixeira nega.

Em Itapebi, cidade de 10 mil moradores, no sul da Bahia, o prefeito Francisco Antonio de Brito Filho (PSC) foi cassado pela Câmara no dia 30 de agosto. Brito Filho foi acusado pelos vereadores de entregar o comando da prefeitura a agiotas, com os quais tinha dívida. A polícia investiga denúncias de que esses agiotas estariam agora por trás de campanhas de candidatos a vereadores e prefeitos.

´Terceirizados´. No rastro dos agiotas, delegados e promotores têm encontrado outras peças da estrutura do financiamento criminoso. O MP do Maranhão prendeu cinco pistoleiros que atuavam como terceirizados de agiotas na região de Itaipava de Grajaú.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Estadão Conteúdo