Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 8 de abril de 2017

Da cadeia, Dirceu alerta PT sobre possível prisão de Lula e Dilma


José Dirceu, o ex-Ministro-Chefe da Casa Civil dos governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, tem alertado aliados do PT que o visitam na prisão que o partido deveria estar mais atento ao risco de Lula e Dilma serem presos após delações do publicitário João Santana e sua mulher, Mônica Moura.

Segundo a coluna Painel da Folha de S. Paulo, Dirceu disse a mais de um interlocutor que o PT deveria se adiantar e organizar grandes manifestações com a colaboração de movimentos sociais e grupos da sociedade civil.
Para o ex-ministro, Lula e Dilma devem ser os principais alvos da delação dos ex-marqueteiros do partido.
Preso em agosto de 2015 na operação "Pixuleco", da Lava Jato, Dirceu está detido no Complexo Médico Penal, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Ele foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 23 anos e três meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, participação em organização criminosa e lavagem de dinheiro.
Fonte: Notícias ao Minuto

Pastor usa nome de Deus para estuprar criança de 12 anos


Um pastor foi preso suspeito de estuprar uma criança de 12 anos e de tentar cometer o mesmo crime com duas adolescentes, de 14 e 16 anos. O homem foi detido nesta sexta-feira (7), em Campos Novos, no Oeste de Santa Catarina. O argumento utilizado pelo suspeito era para cumprir uma ordem de Deus e quebrar um feitiço.

Segundo informações do Extra, os assédios com a vítima de 12 anos começaram no ano passado, quando a menina começou a frequentar a igreja. "Valendo-se dessa condição, o pastor disse que Deus iria lhe dar uma missão e que ela deveria cumpri-la. Dias depois, a vítima recebeu mensagem de celular dizendo que havia um feitiço em sua vida e que a única forma de quebrar esse feitiço seria fazendo amor por sete vezes com um homem de muita fé e que fosse casado", contou o delegado Luis Eduardo Córdova
Não satisfeito com os atos sexuais com a criança, em março deste ano, acrescentou o delegado, o pastor habilitou um celular em nome de um membro da igreja e enviou mensagem para duas adolescentes, de 15 e 16 anos. Ele fingiu ser um "rapaz que tinha estudado com as vítimas". O personagem criado pelo suspeito dizia ser filho de um feiticeiro que havia feito uma magia para destruir a vida das jovens.
Córdova detalhou o que o suspeito havia encaminhado, por mensagem, às garotas. O jeito de quebrar o feitiço era "fazer amor por sete vezes com um grande homem de Deus, abençoado e casado, mas que ninguém poderia saber disso, caso contrário as meninas poderiam até morrer”, revelou.
Após a prisão, o homem foi encaminhado ao Presídio de Campos Novos, local em que ficará à disposição da Justiça. A denúncia foi encaminhada ao Ministério Público.
Fonte: Notícias ao Minuto