Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 20 de abril de 2017

VIOLÊNCIA SEM FIM EM FORTALEZA: SARGENTO DA PM É MORTO EM TENTATIVA DE ASSALTO

Uma arma foi apreendida, diz a Polícia Militar.
O sargento Paulo César Silva foi morto nesta quarta-feira (19), durante uma tentativa de assalto na rua Maceió, no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza. A vítima estava a paisana e deixaria uma quantia em dinheiro para a ex-mulher em uma escola de Fortaleza. 

Segundo testemunhas, enquanto aguardava a ex-mulher sair, três homens em um carro modelo Gol se aproximaram e dispararam contra o militar, que morreu no local. Os suspeitos fugiram em seguida. Dois tiros atingiram a cabeça da vítima. 

De acordo com a Polícia Militar, que foi acionada por populares, a hipótese de latrocínio foi descartada, uma vez que nada foi roubado. Uma pistola foi apreendida pela Perícia Forense do Ceará e as impressões digitais serão analisadas para tentar descobrir os suspeitos. 

Um irmão da vítima contraria a versão da Polícia Militar e acredita que a morte foi um latrocínio. Segundo ele, a arma do policial foi levada pelos criminosos. Ainda segundo o familiar, dois homens de moto deram suporte à ação dos bandidos.

Fonte: Cnews

Sindiônibus confirma ataque a 12 coletivos em Fortaleza



Um motorista foi agredido pelos criminosos. Passageiros são obrigados a pagar mais caro para se deslocar na cidade.
Diversos ataques a coletivos e transportes são registrados na tarde desta quarta-feira (19), em Fortaleza. De acordo com uma nota divulgada ainda pouco pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), 12 ônibus foram atacados em toda a cidade. 

“Os trabalhadores do transporte e empresários do setor estão aterrorizados diante de tanta violência e da real e verdadeira ameaça à integridade física e à própria vida dos trabalhadores e dos usuários do transporte coletivo”, diz a nota. 

Entre 2014 até abril de 2017, foram incendiados 55 veículos em Fortaleza. 

Por conta da insegurança, as empresas retiraram os coletivos de circulação. Durante toda a tarde, passageiros recorrem a serviços como vans, táxi e Uber para se deslocar nas ruas de Fortaleza. Terminais de ônibus foram fechados. Segundo o relato de motoristas dos coletivos, não há previsão de retorno para o serviço. 

Motorista espancado

Um dos crimes aconteceu na avenida Gutemberg Branw, no bairro São Cristovão, em Fortaleza. Entre os envolvidos, homens e adolescentes que pararam um coletivo da linha Conjunto Tamandaré e incendiaram o coletivo. Antes do incêndio, o motorista foi agredido com socos e chutes. 

O crime ocorreu próximo ao 30º Distrito Policial. Uma viatura da Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) foi a primeira a chegar para realizar diligências. Uma equipe do Corpo de Bombeiros também foi acionada para controlar as chamas. Uma pessoa foi detida com um tambor de combustível, mas a Polícia não repassou informações. 

Camilo Santana

Em meio a toda crise, o governador Camilo Santana visitou obras em Fortaleza. Em sua rede social compartilhou fotos e vídeos das visitas, mas não se manifestou sobre os ataques. 

UFC suspende atividades

A Universidade Federal do Ceará (UFC) suspendeu suas atividades noturnas nesta quarta-feira (19), em virtude aos transtornos ocorridos em Fortaleza. Um comunicado divulgado pela reitoria da instituição, autorizou, ainda, o encerramento do expediente da tarde. 

A Faculdade Maurício de Nassau encaminhou uma nota informando que suspendeu as aulas da noite “em virtude dos problemas de segurança envolvendo o sistema de transporte público de Fortaleza e Região Metropolitana”. O expediente do período noturno também foi cancelado.

CNEWS