Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 23 de abril de 2017

Detran e PRE realizam operação no fim de semana nas rodovias


Operação do Detran e da PRE está sendo realizada nas principais rodovias de Fortaleza (Foto: WhatsApp O POVO)


Desde sexta-feira, 21, o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) e a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) realizam operações nas rodovias do Estado. Serão fiscalizadas 33 vias nas praias, 20 nos municípios do sertão, 15 em Fortaleza e 25 nos acessos a outros municípios do litoral, de Jericoacora a Canoa Quebrada.

Conforme a assessoria do departamento, as equipes realizam exames de alcoolemia, fiscalização em praias e nos postos de fiscalização da PRE, haverá oficiais para verificar os veículos que circulam nas vias de acesso ao litoral, serra e sertão.



Fonte O Povo

Homem descobre que sua mulher é prostituta ao vê-la sendo presa na TV



O russo Igor Alexeev descobriu que a própria mulher trabalhava como prostituta ao vê-la sendo detida em um jornal na televisão.

O russo, que vive na cidade de Ufa, assistiu a operação policial que prendeu sua mulher, ao vivo. Maria foi levada algemada pelos policiais, vestida apenas com uma lingerie. Ela foi mostrada ao vivo para todo o país.

Atônito, Alexeev fez uma busca na internet e descobriu o trabalho secreto da mulher. Ela cobrava o equivalente a cerca de R$ 660 pelo serviço.

O russo pediu divórcio e ficou com a guarda da filha. Agora, ele quer proibir a ex-mulher de se encontrar com a menina.

Na Justiça, Maria afirmou que o marido não ganhava o suficiente para sustentar a família e que, por isso, precisou tomar uma atitude - no caso, cair na prostituição. Ela permanece presa e vai responder processo por uma série de crimes.

Fonte: Uol