Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Violência deixa quatro mulheres assassinadas no Ceará em menos de 24 horas


As vítimas foram mortas em circunstâncias que estão sendo investigadas pela Polícia no interior



Quatro mulheres foram assassinadas no Ceará nas últimas 24 horas. Os crimes ocorreram nos Municípios de Jaguaretama, Crateús, Quixeré e Missão Velha. Com os registros ocorridos nesta última quinta-feira (27),subiu para 58 o número de mulheres mortas no estado em 2017.

O primeiro crime foi registrado na manhã de quinta-feira no Município de Missão Velha (a 521Km de Fortaleza), quando bandidos invadiram uma residência na localidade de Sítio Missão Nova, na zona rural e mataram a dona de casa Maria José da Silva, de 61 anos. A Polícia não sabe, ainda, o que motivou o homicídio mas descartou, a princípio, um caso de latrocínio (roubo seguido de morte). A vítima foi atingida por quatro tiros de pistola de calibre 380.

Na cidade de Quixeré (a 218Km de Fortaleza), uma mulher identificada até o momento apenas por Elizomar foi morta a tiros dentro de casa. Segundo a Polícia o fato ocorreu no bairro Pontal, na periferia da sede do Município. Criminosos fugiram depois de disparar vários tiros à queima-roupa contra a vítima.

Mais mortes

O terceiro assassinato aconteceu em Jaguaretama, (a 241Km da Capital), na noite desta quinta-feira, quando dois homens desconhecidos chegaram de moto em um estabelecimento conhecido como “Bar da Sola”, no Centro, e atiraram contra três jovens que se divertiam no local. Uma garota tentou fugir. Correu até próximo de um clube, mas foi perseguida e executada sumariamente com vários disparos. Ela foi identificada como Joana Layla Moura Bezerra, 19 anos.

O quarto assassinato aconteceu em Crateús (a 345Km de Fortaleza), O corpo de uma mulher foi encontrado, no começo da manhã desta sexta-feira (28) numa estrada de terra próxima ao Campo dos Vencedores, no bairro Ponte Preta, na periferia da cidade. 
A vítima foi identificada como a jovem Thays Ferreira de Oliveira, de 25 anos. A Polícia constatou que ela foi atingida com tiros na cabeça e nas costas. Há suspeitas de uma execução sumária.



Fonte Ceará News7

Capitais têm paralisações e manifestações em dia de greve geral no país



Diversas capitais brasileiras amanheceram com falta de transporte público em virtude da greve geral convocada para todo o país contra as reformas trabalhista e da Previdência. Em algumas cidades, houve manifestações, necessitando de intervenção da polícia militar.

O ministro da Justiça, Osmar Serraglio, em entrevista a rádio Jovem Pan, criticou as paralisações feitas em todo o país desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (28). "Não temos greve, o que temos é uma baderna generalizada. Não é uma greve nacional, porque o comércio funciona, as indústrias funcionam, os trabalhadores estão indo aos seus locais de trabalho", disse.

Movimentos sociais, sindicatos e partidos de oposição afirmam que os projetos retiram direitos dos trabalhadores ao alterar pontos da CLT (Consolidação das Lei do Trabalho) e endurecer as regras para conseguir a aposentadoria.

Em Belo Horizonte, a paralisação do transporte é parcial. 

Em São Paulo, houve conflito entre manifestantes e polícia na região da avenida São João, zona central da cidade.
Rio de Janeiro

No entorno da Rodoviária Novo Rio, manifestantes fecharam as vias no início da manhã. A Tropa de Choque interveio e liberou as ruas. Mas pouco depois, os manifestantes voltaram a impedir o tráfego. Houve novo confronto. Bombas de efeito moral foram atiradas em direção aos protestantes por volta das 10h.

As lojas do Centro do Rio decidiram não abrir nesta sexta-feira, 28. Apenas padarias da região resolveram levantar as portas. Todos os bancos da Avenida Rio Branco e das ruas transversais estão fechados e protegidos por tapumes.

Ponte Rio-Niterói foi liberada nos dois sentidos. Niteroi-Manilha também liberada nos dois sentidos.

Após ter sido bloqueada nos dois sentidos por manifestantes, a ponte Rio Niterói tem lentidão na manhã desta sexta-feira (28). No sentido Rio, passageiros desembarcam de ônibus para driblar o congestionamento.

A Linha Vermelha apresenta longo congestionamento às 10h desta sexta. De acordo com a Rio Ônibus, toda a frota está em funcionamento.

Aeroportos: No Santos Dumont, houve protesto de integrantes da CUT no saguão, mas os manifestantes não se encontram mais no local. O Galeão opera normalmente.

Metrô e trens funcionando normalmente no Rio.

O VLT segue parado em virtude de manifestações.

MANIFESTANTES BRIGAM DURANTE PROTESTO NO AEROPORTO SANTOS DUMONT

São Paulo

Ônibus e trens não operam e o metrô funciona parcialmente neste início de sexta-feira (28) na capital paulista em razão da greve geral convocada para todo o país contra as reformas trabalhista e da Previdência. O rodízio municipal de veículos está suspenso. No metrô, a linha 4-amarela, operada pela empresa privada ViaQuatro e que liga as estações Luz e Butantã, está funcionando normalmente. A linha 1-azul, que liga as estações Tucuruvi e Jabaquara, tem funcionamento parcial.

Das linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), cinco operam parcialmente. A 10-turquesa funciona entre as estações Luz e Tamanduateí. A 9-esmeralda opera entre as estações Santo Amaro e Pinheiros.

Das linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), cinco operam parcialmente. A 10-turquesa funciona entre as estações Luz e Tamanduateí. A 9-esmeralda opera entre as estações Santo Amaro e Pinheiros. A linha 11-esmeralda tem operação parcial entre as estações Tatuapé e Luz. Na linha 12-safira, trens circulam entre as estações USP Leste e Brás. E na linha 8-diamante, os trens estão circulando entre as estações Osasco e Barra Funda. A linha 7-rubi está totalmente parada.

João Doria, voltou a criticar as manifestações pela cidade e aqueles que promovem as paralisações. "Eu acordo cedo e trabalho. Eu não sou grevista que dorme, é preguiçoso e acorda tarde. Eu não sou Jaiminho, não", disse em entrevista a rádio Jovem Pan.

"Neste confronto, só a população que trabalha, que é honesta é quem perde. Quem não é sindicalista, sem querer generalizar. Quem promove a greve são aqueles que fazem política partidária ideológica em função própria", disse.
Belo Horizonte

Paralisação de transportes é parcial em BH; metrô não funciona. As estações estão fechadas.

Belo Horizonte amanheceu nesta sexta-feira (28) com paralisação parcial de ônibus, de acordo com estimativa do Sindicato dos Rodoviários.

A categoria está fazendo piquetes nas portas de algumas garagens de ônibus. Um ônibus foi incendiado na BR 381, próximo à Regap (Refinaria Gabriel Passos).