Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Vendedor de picolé é agredido por seguranças de barraca na Praia do Futuro em Fortaleza ; vídeo



vendedor
Vendedor de picolé ficou caído na areia após receber uma cotovelada no rosto de um dos seguranças ( Reprodução Facebook )

Um vendedor de picolé da marca Pardal foi agredido neste último sábado (22), por supostos seguranças da barraca de praia Crocobeach, localizada na Praia do Futuro. Em vídeo gravado por testemunhas, o ambulante aparece sendo intimidado por três funcionários da barraca, que o expulsam do local. Na sequência, ele leva alguns tapas e uma cotovelada no rosto, caindo na faixa de areia.

De acordo com informações preliminares, o vendedor estaria indo buscar o valor de R$ 3 referente à venda de um picolé, quando foi abordado pelos seguranças da barraca. No vídeo que circula nas redes sociais, o ambulante aparece dizendo que "está trabalhando", enquanto os agressores rebatem dizendo que "isso aqui é nosso".
 
  
Após ordenarem que o ambulante fosse embora, os seguranças cercam o vendedor. Neste momento, um dos funcionários da barraca dá alguns tapas no rosto e nas costas do homem, enquanto outro, na sequência, aplica uma cotovelada que leva o vendedor ao chão.

Posicionamento

Em nota, a Pardal Sorvetes informou que "tomou ciência do ocorrido" e que "repudia qualquer tipo de violência". A empresa disse também que tomará todas as providências cabíveis no intuito de resguardar a integridade do ambulante.
A Crocobeach também se pronunciou sobre o caso por meio de nota, enviada pelo advogado Rafael Gazzineo:

"Ficamos surpresos com o ocorrido, por tal razão estamos buscando esclarecimentos sobre o responsável pelo ato, assim como buscamos informações sobre o vendedor ambulante e sua situação para esclarecimento. Independente dos esclarecimentos e da apuração do caso, a Crocobeach declara que não somente irá colaborar, como irá atuar ativamente para buscar solucionar qualquer duvida ou imbróglio em relação ao fato. É certo que rechaçamos o ato de ontem e desde já registramos nosso lamento pelo ocorrido, deixando claro que não compactuamos com atos deste gênero.

A barraca Crocobeach pauta seu trabalho no atendimento de excelência e no respeito a dignidade das pessoas, buscando sempre uma convivência harmoniosa com os frequentadores e trabalhadores da Praia do Futuro. Portanto, não faz parte da nossa orientação e filosofia atos como o presenciado nesse sábado.

Por fim, em havendo algum colaborador direto ou indireto da barraca responsável pelo ato registrado, visando preservar a urbanidade e boa imagem da barraca, assim como alcançar justiça, a Crocobeach adotará todas as medidas cabíveis para que tal situação não se repita e para responsabilização do ofensor".




Fonte Diário do Nordeste

Tragédia: Menina de três anos morre ao cair em bueiro em Nova Russas, interior do Ceará


Uma menina de três anos morreu após cair em um bueiro no Bairro Alto da Boa Vista, na cidade de Novas Russas, a 250 quilômetros de Fortaleza, no fim da tarde de sábado (22).

Fábia Evelin Gonçalves tomava banho de chuva com outras crianças perto de casa quando caiu no bueiro destampado, de acordo com informações da delegacia regional de Crateús, onde a mãe da criança prestou boletim de ocorrência neste sábado.

A garota foi arrastada por um quarteirão até ser encontrada por moradores. Ela chegou a ser levada para o Hospital Municipal José Gonçalves Rosa, mas já chegou à unidade sem vida. 



Fonte G1 Ceará