Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 25 de abril de 2017

Projeto quer acabar com propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão


Medida pode economizar até R$ 3,4 bilhões em dez anos aos cofres públicos Projeto quer acabar com propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão Um projeto de lei apresentado pelo senador Paulo Bauer (PSDB-SC) acaba com os programas de partidos políticos e com o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão (PLS 108/2017). A proposta (PLS108/2017), foi enviada à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e recebe emendas a partir da quinta-feira (27). Na matéria, Bauer defende que poucos eleitores, hoje, se valem desse tipo de propaganda para decidir em quem votar. Na avaliação dele, boa parte do debate político-partidário é travado por intermédio das redes sociais. A medida pode economizar cerca de R$ 3,4 bilhões aos cofres públicos em dez anos, verba referente às compensações tributárias do Governo Federal às emissoras que veiculam a propaganda política. CNews 7

Plantão registra homicídio a bala em Orós


O Plantão policial de Orós registrou no início da noite de domingo23/04/2017, por volta de 19h00min, na rua 02, Nº 36, no bairro mutirão Bom Jesus um homicídio a bala que teve como vítima o oroense JOSÉ ADONEUDO OLIVEIRA (XANDIM),33 anos.

Seu pai senhor GERALDO, disse a polícia, que seu filho estava dentro da sua residência quando dois indivíduos chegaram em uma motocicleta vermelha não identificada, de capacetes, pararam em frente à residência do mesmo e perguntaram por (xandim), que era o apelido da vítima, o pai que estava na área da casa foi chamá-lo.

Quando a vítima saiu de sua residência foi alvejado por tiros de arma de fogo, que teria sido o garupeiro da motocicleta que teria efetuado os disparos e que logo após o homicídio os indivíduos se evadiram do local.

Do local a polícia militar acionou o rabecão do IML de Iguatu como perícia e logo depois efetuou várias diligencias para localizar o paradeiro dos indivíduos mas até o presente momento não obtendo êxito.

 
Fonte Portal Orós