Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 4 de abril de 2017

Reforma previdenciária: Governo desiste da idade de 65 anos para mulheres se aposentarem


O vai e vem da reforma previdenciária. O Governo Federal tenta criar uma sintonia com a base aliada para acelerar a votação da PEC 287 que institui novas regras para a concessão de aposentadoria e pensões. O Palácio do Planalto quer aprovar as mudanças ainda neste primeiro semestre, mas, entre aliados e, especialmente, opositores, a PEC pode ficar para o segundo semestre. Para diminuir a rejeição ao projeto, o Governo, segundo reportagem do Jornal Valor, edição desta terça-feira, desistiu de igualar a idade de 65 anos para homens e mulheres se aposentarem.
Com mais divergências, o relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS-BA) adiou para a próxima semana, dia 12, a apresentação do relatório na comissão especial que discute o tema. Havia uma previsão de que o documento fosse entregue ainda nesta semana. A decisão do relator faz com que o texto somente seja aprovado pela comissão depois do feriado da Semana Santa. Maia disse que ainda precisa discutir a proposta com 15 bancadas.
O relator reconheceu a forte resistência à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287, mesmo depois das audiências nas comissões e conversas do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. ‘’O que estamos fazendo (ao conversar novamente com as bancadas) é uma homenagem aos deputados’’, expôs relator. A proximidade das eleições de 2018 é o maior problema para o governo aprovar as alterações nas regras previdenciárias.
O presidente Michel Temer tenta diminuir as resistências a PEC 287 e decidiu manter a mesma idade para as mulheres se aposentarem. Uma reportagem do Jornal Valor, edição desta terça-feira, revela que o Governo Federal desistiu de igualar a idade mínima (65 anos) para homens e mulheres se aposentarem.///cearaagora.

Americana de 20 anos morre durante competição de comer panquecas


A estudante americana Caitlin Nelson, de 20 anos, morreu após se engasgar durante uma competição de comer panquecas na Universidade Sacred Heart em Fairfield, no estado do Connecticut (EUA).

Caitlin morreu no domingo após ser internada no hospital Colúmbia, em Nova York, três dias depois de ter engasgado com uma panqueca durante o evento realizado na quinta-feira em sua universidade. No domingo (2), colegas prestaram uma homenagem no campus da instituição.

De acordo com o Departamento de Polícia de Fairfield, um estudante de enfermagem realizou uma reanimação cardiopulmonar após perceber que Caitlin estava passando mal. Quando chegaram, os policiais continuaram a tentar reanimá-la, antes de transferi-la para o hospital.

"Eles tentaram desesperadamente salvar a vida de Caitlin", disse o chefe de polícia de Fairfield, Gary McNamara, destacando que, infelizmente, a panqueca ficou presa no interior da garganta jovem.

A jovem era filha de James Nelson, um agente da Autoridade Portuária de Nova York que morreu nos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 em Nova York. Caitlin tinha 5 anos quando seu pai morreu.

Fone: G1