Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Governador Camilo Santana promete batalhões do Raio para mais 13 municípios; confira quais

Novos batalhões do Raio serão instalados nos próximos meses (Foto: Divulgação)
O governador Camilo Santana (PT) anunciou nesta terça-feira, 4, a expansão do Batalhão de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) da Polícia Militar para pelo menos mais treze municípios. Segundo o governador, novas unidades da “tropa de elite” do Ceará serão implementadas a partir da formação de novos 2,8 mil agentes prevista para este ano.

Além de Canindé, que já está com implementação de um batalhão do Raio em estágio avançado, receberão unidades exclusivas do grupo Aquiraz, Aracati, Caucaia, Camocim, Crato, Eusébio, Horizonte,Limoeiro do Norte, Maracanaú, Maranguape, Morada Nova, Quixeramobim.

Em transmissão ao vivo em sua página do Facebook, Camilo anunciou ainda que pretende, em outro momento, ampliar presença do batalhão nos municípios com mais de 50 mil habitantes. “O bandido está temendo o Raio, então é esse o nosso desejo. Botar o bandido na cadeia, botar o bandido para correr do Ceará”, disse.

Média salarial

O governador também anunciou que sancionará nesta quinta-feira, 6, projeto de lei que garante a média salarial do Nordeste para Policiais Militares do Estado. Resta ainda, no entanto, o envio de mensagem destinada especificamente para cabos e soldados da categoria, alvos de outra promessa do governador.



Fonte O Povo

Cerca de 200 pessoas morrem anualmente no Ceará por tuberculose


tuberculose
A forma pulmonar da tuberculose é a responsável pela manutenção da cadeia de transmissão da doença ( FOTO: Agência Brasil )

Cerca de 200 pessoas morrem vítimas de tuberculose pulmonar a cada ano no Ceará. De acordo com dados ainda parciais da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa/CE), a média de mortes de 201 a 2016 foi de 202.

A taxa de mortalidade por tuberculose no ano de 2011 foi de 2,8/100 mil habitantes reduzindo para 2,3/100 mil hab. em 2015. Já em 2016, a taxa de ficou em 1,7/100 mil hab., no entanto, esse número pode sofrer alterações pois o Sistema de Informação Sobre Mortalidade (SIM) permanece recebendo declarações de óbito ano para serem contabilizadas.

No Boletim Epidemiológico divulgado nesta terça-feira (4), é possível observar que a mortalidade por tuberculose tem apresentado instabilidade ao longo dos anos, isto é, aumenta em um ano, mas volta a diminuir em outro.

Casos e tratamento

No Ceará, a doença apresenta-se de forma endêmica e entre os anos de 2011 a 2016. O número de casos novos de tuberculose pulmonar praticamente se manteve estável. Em 2011 foram diagnosticados 3.653 casos novos e 3.341 outros em 2016. 

A Sesa afirma que uma das principais preocupações com respeito à doença são as taxas de abandono do tratamento. Caso o paciente não continue recebendo os devidos cuidados, é possível que haja aumento da infecção até a morte. A tuberculose é uma doença curável em praticamente 100% dos casos se conduzido o tratamento de forma correta.


Metas de redução

A Secretaria de Saúde informa ainda que a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu metas desafiadoras de tuberculose para os países em sua estratégia pós-2015, definindo como visão de futuro “um mundo livre da tuberculose: zero mortes, adoecimento e sofrimento causados pela doença (A world free of tuberculosis – zero deaths, disease and suffering due to tuberculosis)”.

Para o alcance desse compromisso, o Brasil segue as propostas no que diz respeito às prioridades relacionadas à detecção precoce dos casos (pelo menos 90% dos casos), tratamento e cura (90% dos casos diagnosticados) e redução da mortalidade (95% dos óbitos).



Fonte Diário do Nordeste

Vídeo mostra stripper pelada dentro de presídio em PE; assista o vídeo!



post-feature-image

No vídeo que gerou polêmica na web, os presos aparecem muito à vontade com celulares e bebida alcoólica, enquanto a mulher rebola em cima de uma cadeira.

O Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária divulgaram nesta segunda-feira (3), um vídeo que mostra uma mulher dançando sem calcinha para detentos da Penitenciária Professor Barreto Campelo, em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife.

No vídeo que gerou polêmica na web, os presos aparecem muito à vontade com celulares e bebida alcoólica, enquanto a mulher rebola em cima de uma cadeira.



  Notícias ao Minuto Brasi