Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 2 de abril de 2017

Ceará: Chuvas de fevereiro e março superam o esperado



Pela primeira vez, desde o início deste ciclo de seca, o Ceará conseguiu superar a média de precipitações esperadas para os dois primeiros meses da quadra chuvosa. O acumulado de fevereiro e março deste ano foi de 361,2 milímetros (mm), o que representa um volume 12% maior que o aguardado para o bimestre. Desde 2011, o Estado não ultrapassava a média normal para os dois meses, que é de 322 mm.

O acumulado dos últimos dois meses também foi o maior registrado no Estado desde 2008, quando as chuvas de fevereiro e março chegaram a 428 mm. Os dados são da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme).

O mês de março, que é o mais chuvoso do ano, normalmente, conseguiu ser de boas precipitações em todo o Estado. O mês fechou com 206,3 mm — 1,4% maior que a média histórica do período. Os maiores acumulados do mês foram no Litoral de Fortaleza (410,8 mm), no Litoral Norte (292 mm) e no Maciço de Baturité (277,2 mm). 


Os maiores registros ficaram concentrados na porção Norte do Estado. Na parte Sul, os volumes não conseguiram alcançar a média normal. A situação mais grave é a do Cariri, que ficou com 22,8% do volume abaixo do esperado para o mês. A região Jaguaribana (-8,3%) e o Sertão Central/Inhamuns
(-8,5%) também não conseguiram alcançar a média.

Sistema
A Funceme explica que a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) é o sistema que vem trazendo chuvas para o Ceará. Ele perde força quando se direciona para o Sul. O ideal, segundo o órgão, seria a influência de outros sistemas para trazer chuvas para as regiões com precipitações abaixo da média.


Para o mês de abril, a previsão é de que as chuvas continuem sendo registradas de maneira constante, ainda por atuação da ZCIT.

As precipitações dos últimos dois meses, de acordo com os meteorologistas, ainda não são suficientes para colocar o Ceará em uma situação hídrica confortável, já que não tiveram condições de abastecer significativamente os grandes reservatórios. No entanto, as chuvas deste ano já permitiram o aporte em pequenos açudes e auxiliam à agricultura. 



Fonte O Povo

Policial militar é assassinado durante tentativa de assalto no bairro Serrinha,em Fortaleza


policial
Um policial morreu na noite do último sábado (1º/4) durante uma tentativa de assalto a um veículo nas proximidades de um centro comercial no bairro Serrinha,em Fortaleza, O sargento Márcio Franklin Rodrigues Braz foi morto com dois disparos no tórax. Ele foi o quinto policial militar morto no Estado em 2017.

De acordo com informações do coronel F. Souto, a polícia já está fazendo buscas para capturar os suspeitos do crime, mas até o momento não há mais informações.

O sargento Braz, atualmente, estava lotado no Colégio da Polícia Militar Do Estado do Ceará General Edgard Facó.

O velório do sargento Braz está acontecendo na Avenida Osório de Paiva, 255, Parangaba. Na funerária Plaza (próximo ao Ginásio da Parangaba). O sepultamento será no Cemitério São João Batista, previsto para as 16h.

Nota da Polícia Militar
A Polícia Militar enviou uma nota para a redação sobre a morte do sargento. Confira na íntegra:

"A Polícia Militar do Estado do Ceará, consternada, lamenta profundamente o falecimento do 1º Sargento PM Marcio Franklin Rodrigues Braz, lotado no Colégio da Polícia Militar Do Estado do Ceará General Edgard Facó.

O fato ocorreu na noite de sábado (1), na Avenida Silas Munguba, no bairro Serrinha, em Fortaleza. O policial estava em uma Kombi quando foi surpreendido por criminosos que anunciaram o assalto e efetuaram dois disparos de arma de fogo, o militar veio a óbito no local. Diligências estão sendo realizadas na região no intuito de capturar os autores do crime.

O 1º Sargento Braz tinha 47 anos de idade e ingressou na Polícia Militar no dia 9 de Março de 1992. A Polícia Militar do Ceará sofre a perda de um homem íntegro e dedicado à profissão que jurou servir e proteger. O militar sempre foi exemplo de profissionalismo para seus superiores, pares e subordinados.

Aos familiares, daremos apoio incondicional, rogando que cada ente querido encontre conforto no orgulho de ter participado da vida deste herói. Manifestamos nossos sentimentos aos amigos e policiais militares pela perda de mais um cidadão de bem e honrado. A Polícia Militar do Ceará não descansará enquanto os autores desse ato covarde não forem capturados".



Fonte Diário do Nordest