Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Homem surta e incendeia casas da mãe e do irmão no interior do Ceará


O fato aconteceu na tarde do último domingo (4), na localidade de Rasteira, município de Forquilha. Um indivíduo conhecido por Zé Carlos surtou e incendiou a casa da própria mãe e de seu irmão. 

Logo após incendiar as residências, o acusado fugiu, tomando rumo ignorado. A Polícia Militar do destacamento de Forquilha, realizou diligências, mas o acusado não foi localizado. O motivo que levou o criminoso a incendiar as residências é desconhecido.   

A Polícia Civil abriu um inquérito policial para apurar os fatos.

Lula ganharia segundo turno se a eleição presidencial fosse hoje, diz Vox Populi




Se a eleição presidencial de 2018 fosse hoje, Luiz Inácio Lula da Silva venceria no segundo turno, de acordo com pesquisa feita pela CUT/Vox Populi, entre os dias 2 e 4 deste mês. No primeiro turno, o ex-presidente firmou-se com 40% das intenções de voto. Em segundo lugar aparece o deputado Jair Bolsonaro (PSC), com 8%.

Os demais candidatos citados pela população foram Marina Silva (Rede) e o juiz Sérgio Moro, que empatam com 2% cada. Em 5º, com apenas 1% das intenções de voto, aparecem Ciro Gomes (PDT), Joaquim Barbosa (sem partido), João Doria (PSDB), Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Geraldo Alckmin (PSDB).

Alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF), Aécio Neves (PSDB) não pontuou. Em abril deste ano, na mesma pesquisa, Lula obteve 36% das intenções. No mesmo período, Bolsonaro contabilizou 6% e Aécio, envolvido no escândalo da JBS, aparecia com 3% das intenções.

A pesquisa CUT/Vox ouviu 2000 pessoas com mais de 16 anos e foi realizada em 118 municípios do Brasil de todos os Estados e do Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior. A margem de erro é de 2,2 %, estimada em um intervalo de confiança de 95%.



Fonte O Povo