Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Oito presos em cadeias cearenses conseguem bolsas em faculdades particulares


Programa de ensino na cadeia garante remição de pena aos presos (FOTO: Sejus/Divulgação)

O resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) trouxe oportunidades de mudança de vida para oito internos de unidades prisionais cearenses.

Assistidos pela Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus), estudantes da Cadeia Pública de Maracanaú, da Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes e das Casas de Privação Provisória de Liberdade II e III foram aprovados em cinco faculdades particulares.

Administração, Administração Pública, Engenharia Elétrica, Jornalismo e Serviço Social foram os cursos nos quais os alunos conquistaram bolsas de 50% e 100% pelo ProUni. A partir da aprovação, os internos dependem apenas da autorização judicial para frequentarem as aulas.

A oportunidade de ingressar no ensino superior é viabilizada pelas aulas da EEFM Aloísio Leo Arlindo Lorscheider, que preparam os alunos das unidades prisionais para o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL). Com a nota do Enem PPL, os estudantes podem concorrer a vagas em universidades públicas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e bolsas em universidades particulares pelo ProUni. No ano de 2017, já foram 16 aprovados.

De acordo com o assessor educacional da Sejus, Rodrigo Moraes, os resultados são um estímulo a outros internos a seguirem nos estudos dentro das unidades prisionais e, quem sabe, alcançarem boas notas nos exames deste ano.

“O esforço continua para 2017. Os internos sabem que além da remição que eles recebem por estarem em sala de aula, a educação é uma chave para um novo caminho após a saída da unidade prisional”, destaca.
 

Fonte Tribuna do Ceará

Tragédia: Acidente entre duas ambulâncias, ônibus e carreta deixa 21 mortos na BR-101 em Guarapari no Espírito Santo


Acidente envolvendo duas ambulâncias, uma carreta e um ônibus deixa 21 mortos e vários feridos no km 343 da BR-101, em Guarapari (Foto: Jefferson Rocio/ Futura Press/ Estadão Conteúdo)

Um acidente envolvendo duas ambulâncias, uma carreta e um ônibus de viagem deixou 21 mortos e 22 feridos no km 343 da BR-101, em Guarapari, na Grande Vitória. O acidente aconteceu por volta de 5h50 desta quinta-feira (22). Os dois sentidos da rodovia foram interditados para realização de perícia no local. Às 16h40, a BR-101 foi completamente liberada.

Durante todo o dia os bombeiros trabalharam no socorro das vítimas e na retirada dos corpos dos mortos na tragédia. A maioria deles estava no ônibus, da Viação Águia Branca, que seguia de São Paulo para Vitória. Na colisão, o veículo pegou fogo e ficou completamente destruído.

No começo da noite, a Secretaria do Estado de Segurança Pública (Sesp) afirmou que todos os 21 corpos já estavam no Departamento Médido Legal (DML) de Vitória. Segundo a Sesp, foram coletadas digitais de 11 corpos, mas nenhuma delas estava no banco de dados da Polícia Civil. Três corpos já haviam sido liberados para familiares, e outros dois seriam liberados ainda nesta quinta.

O secretário estadual de Segurança Pública, André Garcia, disse nesta tarde que, pelos dados da PRF e do Corpo de Bombeiros, esta é a maior tragédia já ocorrida em estradas no Espírito Santo. 


Fonte G1