Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 17 de dezembro de 2016

Verão exige cuidado com animais peçonhentos; veja como prevenir


A morte de uma menina de apenas 3 anos, em Jacareí (SP), no último dia 10, causada pela picada de um escorpião enquanto ela brincava com o seu irmão na porta de casa, serve de alerta para os perigos que os animais peçonhentos oferecem especialmente nessa época do ano. De acordo com informações do Ministério da Saúde, é justamente de dezembro a março, em pleno verão, que os acidentes com esses animais mais acontecem. “Cerca de 40% das ocorrências registradas em todo o país são nesse período. Por isso, a atenção deve ser redobrada nessa época do ano”, reforça o Biólogo Giuseppe Puorto, membro do CRBio-01 – Conselho Regional de Biologia – 1ª Região (SP, MT e MS).

Entre os animais peçonhentos, o escorpião é o campeão em número de ocorrências. Só em 2015, de acordo com dados do Ministério da Saúde, foram mais de 74 mil casos em todo o país, com 119 vítimas fatais. “Mas é preciso ficar de olho também em outras espécies”, recomenda o Biólogo. Em 2014, embora o número de acidentes com escorpiões (88.410) tenha sido muito maior do que os acidentes com serpentes (27.261), eles mataram mais. Foram 98 mortes causadas pelos aracnídeos, contra 120, causadas pelos répteis. As aranhas, com um número similar de ocorrências (27.119), causaram 13 mortes. Num placar geral, entre 2010 e 2014, o país registrou 691.307 acidentes com escorpiões, serpentes, aranhas, abelhas e lagartas, com 1.282 mortes durante o período.

Para evitar ser atacado por um desses animais, Puorto dá algumas recomendações. “Em locais de aparente risco, como florestas, trilhas, matas ou em terrenos com grande acúmulo de lixo, o ideal é sempre usar equipamentos de proteção individual, como luvas de couro, botas de cano alto e perneira. Em casa, mantenha camas e berços afastados das paredes, e antes de calçar sapatos e vestir roupas, principalmente se estavam fora de armários, inspecione as peças para verificar que não há nenhuma espécie escondida dentro delas”, indica o Biólogo. E, se por acaso encontrar algum desses animais, afaste-se imediatamente e procure ajuda de uma autoridade de saúde local.

Mas, se for picado, o Biólogo recomenda que procure um serviço de atendimento médico o mais rápido possível. “A pessoa deve ser levada para o local mais próximo que tiver”, avisa.




Fonte Noticias ao Minuto

Show de Claudia Leitte no Réveillon de Fortaleza custará R$ 880 mil




CLAUDIA LEITTE

Claudia Leitte será a atração principal do Réveillon de Fortaleza. ( Foto: Reprodução ) 
O show de Claudia Leitte no Réveillon de Fortaleza, ano Aterro da Praia de Iracema, custará R$ 880 mil. O valor cobre, além da apresentação da cantora, custos de hospedagem e passagens da equipe.

O contrato global da apresentação principal da cidade circulou por redes sociais e confirmado pela Prefeitura de Fortaleza. O documento, que tem a assinatura do secretário executivo Laudélio Antônio de Oliveira Bastos, foi assinado no dia 25 de novembro.

Prefeitura justifica valor

O Diário do Nordeste entrou em contato com a Prefeitura que explicou o documento. “O documento que circula nas redes sociais é verdadeira, mas engloba não somente o show da cantora, mas também todos os custos da equipe”, frizou o coordenador de comunicação, Moacir Maia.

Questionado sobre os valores das demais atrações, o órgão afirmou que tudo seria divulgado no Diário oficial pós-evento. “O Réveillon de Fortaleza não é apenas o show dos artistas, mas envolve a montagem de estrutura, show pirotécnico entre outros. É importante deixar claro que o valor investido pela Prefeitura nos anos anteriores ficou muito aquém do necessário, pois a festa já faz parte do calendário da cidade. Tudo será descrito de forma oficial após o Réveillon”, detalha Maia.

Programação

Além da cantora carioca, a programação reúne artistas locais e nacionais como Jorge e Matheus, O Rappa, Simone e Simaria, Solteirões do Forró e Beto Barbosa.

O Réveillon acontece tradicionalmente no Aterro da Praia de Iracema e deve contar com mais de 1 milhão de pessoas. De acordo com o secretário de Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, a festa será a segunda maior do País, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro, e faz parte do calendário turístico da Cidade. “Como vem acontecendo em todos os anos, o Réveillon é uma grande parceria da Prefeitura com a iniciativa privada. Durante o período da alta estação, de dezembro até fevereiro, será injetado cerca de R$ 2 bilhões com o turismo na cidade. Por isso que a festa é um investimento para alavancar ainda mais nossa economia e gerar mais empregos”, comentou.




Fonte Diário do Nordeste