Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

4 sinais de que o corpo precisa cortar no sal


Receber o diagnóstico de hipertensão é um sinal claríssimo de que você pode estar exagerando no consumo de sal. Mas esta não é a única consequência de uma dieta rica em sódio.

Não é preciso consumir sempre sal em excesso para notar sinais no corpo. Por vezes, basta uma refeição mais salgada para se sentir desconfortável. A revista Prevention destaca quatro sintomas de curto prazo que indicam que o seu corpo precisa 'cortar' no sal:

Os seus anéis estão mais apertados. Não engordou mas os seus anéis parecem estar mais apertados? O mais provável é que os seus dedos estejam inchados devido à retenção de líquidos, ocasionado também devido ao consumo excessivo de sal.

Está com a boca seca. Ficar com a boca muito seca e depois com muita sede após ter ingerido uma refeição é um sinal claro de que exagerou no sal.

Sente a cabeça latejando. Aquele pacote de batata frita pode ser a causa das suas dores de cabeça. Estudos sugerem que os adultos que consomem 3,500mg de sódio por dia têm cerca de três vezes mais dores de cabeça do que aqueles que só consomem 1,500mg.

Está sempre correndo para o banheiro. Beber muita água não é a única causa das idas frequentes ao banheiro. Surpreendentemente, consumir muito sal pode ter o mesmo efeito, pois os rins precisam trabalhar mais para 'varrer' todo o sal em excesso do corpo, fazendo com que urine mais do que o costume.

A sua cabeça está confusa. Exagerar no sal pode deixar o corpo desidratado. Assim, a sua capacidade de pensar de forma clara começa a ficar comprometida.

Solução: Reduza o consumo de sódio cortando nas comidas processadas e bebendo mais água. Isto permite ao corpo recuperar o equilíbrio. Assim que os sintomas passarem tente manter o seu consumo de sal abaixo dos 2,300mg por dia.



Fonte Noticias ao Minuto

Suspeito de chacina em prostíbulo de São Paulo se entrega à polícia


Cabeleireiro tinha a intenção de ficar com Dione da Silva Lima, de 30 anos, que acabou sendo morta a tiros. ( Reprodução/TV )

O suspeito da chacina com 6 mortes em uma casa de prostituição em Jaboticabal, no interior de São Paulo, na tarde desta quinta-feira (22), se entregou à polícia, confessou o crime e agora está preso.

Trata-se de William Roberto Costa, de 27 anos, que não tem antecedentes criminais, mas soube manusear com destreza o revólver calibre 38 por fazer serviços extras como segurança particular, segundo o delegado Wanderley Santos, da Polícia Civil. "Ele foi muito calculista", afirmou.

Na ação, William Costa matou seis pessoas.

Quem é o atirador que matou 6 em prostíbulo

William Roberto Ferreira Costa, de 27 anos, é cabeleireiro, casos e tem um filho. Agiu porque possuía intenção de passar a noite com a garota de programa Dione da Silva Lima, 30 anos.

Segundo testemunhas, o cabeleireiro recarregou o revólver diversas vezes e atirou em direção às cabeças das vítimas. Fugiu a pé e lançou a arma do crime em um canavial.

O crime

De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu após William Roberto Ferreira Costa, 27, chegar ao local, Léo Drinks Bar, e não conseguir um programa com Dione da Silva Lima, 30 anos, que desejava, que já estava com outro cliente.

Revoltado com a situação, buscou um revólver no carro, voltou à boate e começou a atirar nas pessoas que estavam no local, às 22h30 da última quarta (21). Costa atingiu e matou a dona da boate, Leonilda Lucindo, 71, três garotas de programa, um segurança e o empresário Anderson Ricardo Montenor, de 37 anos, que estava com a mulher que ele queria.



Fonte Diário do Nordeste