Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Motorista de Deputado assassinado em Parambu

Um assassinato à bala foi registrado por volta das 8h45 da manhã dessa terça-feira,06,na cidade de Parambu.A vitima foi o motorista Cicero Cesar Pinheiro,38 anos,conhecido como Cesinha.Ele trabalhava para o deputado federal Genecias Noronha e quando estava abastecendo um veiculo no posto de combustíveis Soares Barreto,foi alvejado por vários disparos.Segundo a informação de populares,dois homens,de cara limpa,em uma motocicleta,se aproximaram do motorista e os dois começaram a disparar,descarregando as armas.Cicero Cesar foi atingido por vários tiros e ainda foi socorrido para o Hospital Dr.Cicero Ferreira,mas veio a óbito logo ao dar entrada na unidade de saúde.O corpo vai ser encaminhado para o IML de Tauá.A policia foi acionada e realiza diligências na tentativa de localizar os acusados.





Fonte: Blog do Edy Fernandes

Modelo italiana cumpre promessa e oferece sexo grátis a eleitores


A modelo italiana Paola Saulino, de 27 anos, informou que vai cumprir a promessa aos eleitores que votaram "não" no referendo de reforma política promovido pelo governo da Itália, no último domingo (4/12).

Segundo informações do Globo, a italiana, que tem mais de 98 mil seguidores no Instagram, havia oferecido sexo àqueles que votassem no "não". Ainda não se sabe qual será o critério da escolha dos 'sortudos'.
No Instagram, a modelo publicou sua "turnê" para cumprimento da promessa. A modelo de temática adulta vai percorrer várias cidades em janeiro, contou o "Mirror".
"Eu sou uma mulher de palavra", escreveu a italiana.
"Eu os amo, caras! Não estou brincando, só quero agradecer do meu jeito", declarou ela.
Fonte: Notícias ao Minuto

Moro intima FHC para depor em ação contra diretor do Instituto Lula


O juiz federal Sérgio Moro mandou expedir carta precatória para o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), arrolado como testemunha de defesa do presidente do Instituto Lula, Paulo Tarciso Okamotto, réu por crime de lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato.

Lula também é réu no mesmo processo. A força-tarefa da Lava Jato sustenta que o petista recebeu R$ 3,7 milhões em propinas da empreiteira OAS por meio de reformas em um apartamento triplex no condomínio Solaris, no Guarujá.
Uma parte desse valor também teria sido repassada a Lula por meio do pagamento de despesas com o armazenamento de presentes que ele recebeu em seus mandatos presidenciais (2003/2010) - itens que o próprio Lula chama de "tralhas".
Quem arrolou FHC foi Okamotto. A estratégia da defesa é mostrar que outros ex-ocupantes do Palácio do Planalto também receberam lembranças e que as guardaram. Okamotto foi denunciado pela Procuradoria da República que lhe atribui responsabilidade pela contratação da Granero para estocar as "tralhas" de Lula.
Ao todo são oito réus no processo, entre eles o empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, e a mulher de Lula, Marisa Letícia.
Moro mandou intimar as testemunhas arroladas pelos defensores dos oito acusados para comparecer na sala de videoconferências da Justiça Federal em São Paulo.
No cronograma montado pelo juiz da Lava Jato, a primeira sessão ocorrerá no dia 9 de fevereiro, quando 14 testemunhas vão ser ouvidas, inclusive FHC.
No dia 21 de fevereiro, Moro vai ouvir, sempre por videoconferência, mais sete testemunhas.
Fonte: Estadão Conteúdo