Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Homicídio em Juazeiro do Norte

O Clima de paz que reinava pelo menos seis dias foi quebrado no início dessa manhã de sexta-feira (09). O jovem Mario Santos de Sousa, 22 anos foi executado a bala as 5Hs10min a altura do número 512 da Rua Jaime Dorcy com Senhor do Bonfim ,Mário não tem passagem pela polícia, e foi executado com disparos de arma de fogo na cabeça, nuca e braço. A polícia no momento não dispõe de nenhuma pista da autoria do crime, apesar de que no bairro havia uma viatura fazendo uma ronda no momento e ter chegado no local em pouco tempo Com a morte de Mário, sobe para dois o números de assassinatos no mês de dezembro e o 111º homicídio do ano de 2016. Blog do Gesso 


Ex-PM é assassinado a tiros ao reagir contra assaltantes em Fortaleza. Foi o quarto latrocínio em uma semana

PM morto na Vila Peri 1
O ex-PM havia ido deixar o filho na escola e no retorno para casa foi atacado pelos bandidos 
PM morto na Vila Peri 2
Os criminosos roubaram a motocicleta do ex-militar e desapareceram, deixando a vítima morta
VEJA IMAGENS DA CENA DO CRIME: 
Um ex-policial militar tornou-se a mais recente vítima dos crimes de latrocínio (roubo seguido de morte) nas ruas de Fortaleza. Na tarde de ontem (8), ele foi morto, a tiros, ao reagir a um assalto logo após ter deixado o filho na escola.  Em uma semana, foi o quatro caso de cidadãos que morrem ao serem assaltados, no Ceará.
O crime ocorreu na Rua Carlos de Barros, no bairro Vila Peri. O ex-soldado da PM identificado por Torres, trafegava em sua motocicleta. Ele tinha ido deixar o filho no colégio localizado na Avenida Cônego de Castro e no retorno se deparou com os assaltantes em outra moto. Ao reagir ao ataque, acabou sendo baleado e morreu no local.
Os criminosos fugiram do local sem levar a moto do ex-PM. Populares ainda acionaram socorro, mas quando uma equipe do Samu apareceu, logo constatou o óbito.Torres havia trabalhado no Destacamento da PM da cidade de Palmácia, na região do Maciço de Baturité (62Km de Fortaleza) e havia sido integrado à PM através de uma liminar. No entanto, o recurso foi anulado. Ele tentava na Justiça seu reingresso à Corporação.
Outros casos
Em uma semana, quatro crimes de latrocínios foram registrados pela Polícia. O primeiro deles aconteceu no dia no último dia 28, quando o comerciante Francisco Jair Chagas Ximenes, 53 anos, foi morto ao reagir contra bandidos durante uma “chegadinha bancária” no Centro da cidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).
No último dia 3, o turista italiano Alberto Antônio Pierlugi Baroli foi morto por bandidos durante assalto em uma casa de veraneio, na Praia das Fontes, no Município de Beberibe, no Litoral Leste do Estado (a 74Km de Fortaleza). O latrocínio foi praticado por uma quadrilha. Dois dos cinco envolvidos no crime já estão presos na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Fortaleza.
O terceiro latrocínio ocorreu na tarde da última segunda-feira (5), quando o servidor público Francisco José da Costa, 60 anos, foi assassinado, a tiros, ao reagir a um assalto na Rua General Cordeiro Neto, no bairro Sítio Córrego, no Mondubim, zona Sul da Capital. O crime foi filmado. O servidor, que era pai de um policial militar, foi atacado por um casal em uma moto. Os assassinos continuam foragidos.
O quarto caso ocorreu na tarde de ontem, quanto o ex-PM Torres acabou sendo morto por assaltantes, na Vila Peri, em Fortaleza. 
Outro baleado
Também nesta quinta-feira (8), um policial civil aposentado foi atacado por bandidos e acabou baleado. O fato ocorreu no cruzamento da Avenida Padre Antônio Tomas com Rua Andrade Furtado, no bairro Cocó (zona Leste de Fortaleza). O inspetor Antônio Augusto de Oliveira, 53 anos, o "Tony", reagiu ao assalto e recebeu dois tiros. Ele permanece internado no IJF-Centro, mas já fora de risco de morte. Os criminosos conseguiram fugir. /////blogdofernandoribeiro.com.br