Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Enem 2016 – Polícia Federal diz que houve vazamento de provas


A Polícia Federal (PF) do Ceará concluiu: as provas do primeiro e do segundo dia Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2016), além da prova de redação, vazaram antes do início da aplicação para, pelo menos, dois candidatos. As informações estão no relatório enviado ao Ministério Público Federal (MPF). De acordo com informações do MPF, a investigação comprova que houve cometimento de crime de estelionato qualificado no caso. O documento será anexado ao recurso do MPF que tramita no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife (PE). “Uma quadrilha organizada nacionalmente teve acesso antecipado às provas. Isso compromete a lisura do exame e a própria credibilidade da logística de segurança que vem sendo aplicada”, informou o procurador da República Oscar Costa Filho.O procurador deve divulgar mais detalhes em coletiva de imprensa, às 14 horas desta quinta, na sede do MPF no Ceará. Vazamento Após a análise de celulares apreendidos durante operações nos dias do exame, a PF constatou os candidatos receberam fotografias das provas e tiveram acesso aos gabaritos e ao tema da redação antes do início do exame. A investigação descobriu que os candidatos tiveram acesso à “frase-código” da prova rosa e, mesmo recebendo provas de cores diferentes, deveriam preencher a cor rosa no gabarito, juntamente com as questões transmitidas pela quadrilha. “Tanto o gabarito quanto a frase-código foram divulgados antes do exame, o que garante a responsabilidade de afirmar que houve vazamento da prova”, diz trecho do relatório divulgado pelo MPF. Os dois candidatos foram presos em operações em Minas Gerais e no Maranhão, mas ambos receberam ”exatamente as mesmas fotografias com gabaritos das provas, porém de intermediários diferentes, deixando claro que a origem do vazamento é a mesma”. No caso da prova de redação, a perícia identificou que os candidatos presos iniciaram pesquisas no Google sobre o tema da redação a partir de 9h38min do dia 6 de novembro. (Com Agências)

Corpos das vítimas brasileiras do acidente da Chapecoense saem da Colômbia nesta sexta


Os corpos das vítimas brasileiras da queda do avião da Chapecoense na Colômbia sairão da Colômbia nesta sexta-feira (2), a partir das 19h (horário de Brasília), com previsão para chegar a Chapecó, Santa Catarina, na manhã do sábado. Três aeronaves C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) estão na Base Aérea de Manaus (AM) aguardando para decolar rumo à cidade colombiana de Medellín. Segundo a FAB, o tempo mínimo estimado para o embarque dos corpos é de duas horas. No retorno ao Brasil, será preciso fazer escala em Manaus. Por fim, os C-130 vão decolar com destino final à cidade de Chapecó. No total, a viagem entre Medellín e Chapecó deve durar cerca de 12 horas. Os corpos de alguns jornalistas irão em voos separados a outro destino. O presidente em exercício da Chapecoense, Ivan Tozzo, informou que o velório de vítimas da tragédia com o voo da delegação do clube vai ocorrer na manhã de sábado. Ainda não há um número oficial de corpos a serem velados na Arena Condá, em Chapecó. O presidente Michel Temer irá receber os corpos em Chapecó, segundo falou o ministro da Defesa, Raul Jungamnn. G1