Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Presos se rebelam na cadeia de Juazeiro do Norte, destroem celas e a tropa da PM invade a unidade para controlar o motim (VEJA VÍDEO)

Cadeia Pública de Juazeiro do Norte
Parte dos rebelados foi transferida para a Penitenciária Regional após a destruição de celas
VEJA O VÍDEO DA REBELIÃO
Quarenta presos foram transferidos, na noite de ontem (10), da nova Cadeia Pública de Juazeiro, conhecida como “Tourinho”, para a Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC), após uma rebelião que durou horas e culminou na intervenção da Polícia Militar. Ainda assim, os presidiários amotinados destruíram várias celas e queimaram colchões na unidade inaugurada há menos de um ano.
Os motivos da rebelião não foram ainda completamente esclarecidos, mas os presos reclamam da superlotação. O tumulto começou ainda pela manhã e a Polícia Militar, a princípio, tentou negociar com os rebelados, assim como os agentes penitenciários a direção da unidade. Mas, do lado de dentro da cadeia, as cenas eram de vandalismo e revolta.
Balas de borracha
Os presos começaram o levante queimando seus próprios colchões. Em seguida, passaram a arrebentar as grades das celas e dos corredores. Um vídeo que foi postado nas redes sociais mostra um dos momentos de maior tensão durante a rebelião, quando os presos reagem à ação da PM e os militares disparam balas de borracha e bombas de gás para conter a depredação do prédio público. Eles gritam palavrões, com ofensas aos militares.
Coma chegada de reforços, a tropa da PM ingressou nas dependências da cadeia e conseguiu controlar o levante. A direção da unidade prisional não informou se houve pessoas feridas (funcionários, policiais ou detentos) durante a rebelião, mas no vídeo, são ouvidos gritos de presos afirmando que há pessoas baleadas.//////// blogdofernandoribeiro.com.br

Bandidos roubam carro durante assalto e trocam tiros com policiais do BPRaio. Um deles acaba morto

Morto pelo RaioBPRaio
Um dos bandidos foi baleado e morto no confronto com a patrulha do BPRaio na zona Oeste
Subiu para nove o número de bandidos mortos em confronto com policiais no Ceará em apenas 10 dias de 2017. O mais recente caso aconteceu na noite desta terça-feira (10), em Fortaleza, quando assaltantes trocaram tiros com uma patrulha do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio)  na Avenida Francisco Sá, no bairro Carlito Pamplona, na zona Oeste da Capital.
Conforme o relato dos policiais, eram três bandidos armados que tinham acabado de  praticar um assalto e roubar um automóvel. Na fuga, eles teriam se deparado com a patrulha do BPRaio e decidiram fugir. Houve troca de tiros nas proximidades de um condomínio popular, conhecido por Carandiru, onde os três assaltantes foram baleados. Um deles acabou morrendo no local.
Os outros bandidos foram socorridos e encaminhados ao IJF-Centro. Um deles permaneceu internado e o terceiro foi liberado pela equipe médica e encaminhado ao plantão do 7º DP (Pirambu), onde foi autuado em flagrante por crime de roubo e tentativa de homicídio contra os policiais militares.
Veja os casos de mortes por intervenção policial em 2017 no Ceará:
1 – (Dia 01/01) – HÁLISSON N. (bala) –– Rua Ari de Sá Cavalcante/Barra do Ceará (FORTALEZA)
- Morto por um policial militar numa tentativa de assalto ao PM, que reagiu.
2 – (Dia 01/01) – FRANCISCO KALEBE SOUSA ROQUE (bala) – Distrito de Almofala (ITAREMA)
- Morto ao trocar tiros com policiais militares do Destacamento de Itarema numa festa
3 – (Dia 01/01) – FRANCISCO VALDONES FREIRE DE MORAIS (bala) – (LIMOEIRO DO NORTE)
- Morto num tiroteio e perseguição com policiais do BPRaio.
4 – (Dia 01/01) – VÍTIMA NÃO IDENTIFICADA/MASCULINO (bala) – (LIMOEIRO DO NORTE)
- Morto num tiroteio e perseguição com policiais do BPRaio.
5 – (Dia 02/01) – JOSÉ A. (bala) – Avenida Doutor Theberge/Carlito Pamplona (FORTALEZA)
- Morto ao tentar assaltar um policial civil, que reagiu.
6 – (Dia 02/01) – VÍTIMA NÃO IDENTIFICADA/MASCULINO (bala) – CE-025 (AQUIRAZ)
- Morto numa troca de tiros com várias composições da PM no Porto das Dunas após assaltar a residência de turistas italianos e fugir em um carro roubado.
7 – (Dia 03/01) – FRANCISCO IAGO MOREIRA DOS SANTOS/17 anos (bala) Rua Iara/Barra do Ceará (FORTALEZA)
- Morto ao trocar tiros com uma patrulha do BPRaio. Estava armado e com uma moto roubada. Ao ser abordado, fugiu da patrulha. Houve perseguição e tiroteio.
8 – (Dia 09/01) – VÍTIMA NÃO IDENTIFICADA/MASCULINO – Avenida K/Vila Velha (FORTALEZA)
- Baleado e morto numa troca de tiros com patrulhas do Ronda e do POG após um tiroteio envolvendo gangues nas ruas do bairro Via Velha. Era da Gangue da V-3.
9 – (Dia 10/01) – PEDRO ALVES BEZERRA DA SILVA/24 anos – Avenida Francisco Sá, no Bairro Carlito Pamplona (FORTALEZA)
- Morto numa troca de tiros com policiais do BPRaio. Estava com um carro roubado, tomado de assalto minutos antes. Dois comparsas////////blogdofernandoribeiro.com.br