Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 29 de janeiro de 2017

Radialista do Crato que carrega o vírus HIV faz campanha de prevenção


O objetivo da campanha é chamar atenção para os riscos que a doença oferece (FOTO: Reprodução)


Uma radialista do Crato que tem HIV emocionou a população após iniciar uma campanha que conscientiza sobre os riscos da doença. Silene Santos, portadora do vírus há seis anos, criou coragem de se expor e ajudar outras pessoas.

Através de câmeras escondidas em alguns pontos da praça Padre Cícero, localizada no centro de Juazeiro do Norte, diferentes reações de pessoas que passavam pelo local puderam ser registradas. A radialista Silene Santos fazia a campanha de conscientização e prevenção ao vírus HIV.

Enquanto algumas pessoas passavam sem dar atenção para ela, outras paravam para dar um simples abraço, em um gesto fraterno. Ela diz que a iniciativa é uma forma de chamar atenção para os riscos que a doença oferece, mas também conscientizar as pessoas contra o preconceito.

“O objetivo também dessa ação foi chamar a atenção dessas pessoas para fazer o teste do HIV. Se der negativo, tranquilo, aí você continua se prevenindo. Se der positivo, começa o tratamento”, esclarece Silene.

A radialista esteve na capital cearense, onde participou de um encontro com outras pessoas portadoras do vírus. Ela continua na representação de Juazeiro do Norte na rede de portadores do vírus como também na Rede de Cidadãs Positivas.
  


Fonte Tribuna do Ceará

Xuxa pede em rede social prisão de padre brasiliense



O padre interage com as crianças de uma maneira bastante peculiar durante as missas e a apresentadora não gostou.

Xuxa Meneghel usou seu Facebook para pedir a prisão de um padre do Distrito Federal que interage com as crianças de uma maneira bastante peculiar durante as missas: ele bate na cabeça, chacoalha e até empurra a meninada.

“Gente! Quem é esse padre? Pelo amor de Deus… lei menino Bernardo em cima dele, prendam esse homem autoridades [sic]”, escreveu a apresentadora na noite de sexta-feira, 27.

O vídeo, no entanto, não é inédito. Ele viralizou no início de 2016 e deu cinco minutos de fama ao padre José Roberto Angelotto, pároco da Paróquia da Ressureição, localizada em Ceilândia, no Distrito Federal.






Fonte: Metrópoles