Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

"Timing para prender Lula pode surgir em 30 ou 60 dias", diz delegado-chefe da Lava Jato

Prestes a concluir dois inquéritos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o delegado da PF (Polícia Federal) que coordena as investigações da Operação Lava Jato, Igor Romário de Paula, afirma que o "timing" para prender o petista pode aparecer em "30 ou 60 dias". "Não acho que a gente perdeu o timing. Esse timing pode ser daqui a 30 dias, daqui a 60 dias", disse. A declaração contradiz o delegado Maurício Moscardi Grillo, que, em entrevista à revista "Veja", disse que a PF havia "perdido o timing" para prender o ex-presidente.

Igor Romário disse também acreditar que a morte do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki foi um acidente e não resultado de um atentado ou sabotagem. Ele criticou ainda a ausência da PF durante a negociação dos acordos de delação premiada dos 77 executivos da Odebrecht. "É bem provável que haja a necessidade de um recall no caso da Odebrecht."

Procurados pela reportagem, os advogados do ex-presidente não quiseram se manifestar sobre as declarações de Igor Romário.

Uol

Em Fortaleza-CE, Policial militar é assassinado no Henrique Jorge



post-feature-image

Um policial militar foi assassinado no início da noite desta sexta-feira, 27, no bairro Henrique Jorge. Informações preliminares recebidas pelo coronel Marden Oliveira, comandante do 17º Batalhão da PM, apontam que o cabo Arlindo Arlindo da Silva Vieira Filho teria reagido a um assalto e foi morto a tiros.

Buscas são realizadas na região, mas, até o momento, nenhum suspeito foi preso, conforme o coronel. O titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, delegado André Costa, encontra-se no local do crime. Nas últimas eleições municipais, o militar trabalhou como motorista do candidato a prefeito Capitão Wagner (PR). Em Washington (EUA), o deputado estadual fez um vídeo, divulgado em sua página no site Facebook, lamentando a perda do "amigo".

Em nota à imprensa, a SSPDS lamentou a morte, solidarizando-se com os familiares e prometendo que o caso "não ficará impune".


|  O POVO Online, com informações da repórter Jéssika Sisnando