Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 21 de janeiro de 2017

VIOLÊNCIA: Duas mulheres são mortas a facadas e criminosos deixam bilhete!




Na manhã do último domingo (15) duas mulheres foram encontradas mortas dentro de uma residência localizada em São Gonçalo dos Campos (116 km de Salvador). De acordo com a Polícia Civil, as vítimas identificadas como Daniela Dias Santana de 30 anos e Evilyn Machado Vasconcelos de Souza de 27 anos foram vistas voltando de um desfile de um bloco cultural da cidade na noite anterior. Segundo informações, os corpos estavam na casa da Daniela e em seu corpo havia um bilhete que foi deixado pelos criminosos com os seguintes dizeres: “A família peço desculpas, mas ela não quis pagar meu dinheiro, mais tem para festa (sic)”. Ainda segundo a polícia, tudo indica que as mortes foram motivadas por uma possível dívida com traficantes da região, porém será investigado se o bilhete foi deixado para confundir ou se realmente as vítimas tinham alguma dívida. As mulheres teriam sido mortas com golpes de faca no pescoço e a porta da casa foi deixada aberta pelos assassinos. Não havia sinal de arrombamento e a arma do crime não foi localizada pelos policiais. O caso segue em investigação pela delegacia da cidade.

Repórter Cidades/Plantão Policial Jerry Mesquita

Motorista de Uber é morto a tiros enquanto trabalhava



Colegas de trabalho contam que ele gostava de fazer musculação e era muito querido por todos.

Motorista de Uber é morto a tiros enquanto trabalhavaFoto: Reprodução
O agente do Departamento Geral de Ações Sócio-educativas (Degase) Thiago Tinoco de Souza, de 29 anos, foi morto a tiros na madrugada desta sexta-feira enquanto trabalhava como motorista do Uber.
O corpo de Thiago, que tinha porte de arma, foi encontrado na calçada da Rua Buenos Aires, no Centro do Rio, ao lado de seu carro. Ele teve a arma roubada. A Polícia Civil suspeita de latrocínio.
Morador de São Gonçalo, na Região Metropolitana, o agente estava noivo e ia se casar ainda este ano, segundo amigos. Ele deixa um filho de oito meses. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), no Centro do Rio. No local, familiares estavam muito abalados e não quiseram conversar com a reportagem. A ex-mulher do agente e mãe de seu filho chegou a desmaiar mais de uma vez e precisou ser amparada.
— Ele era um homem sério, honesto, trabalhador e gostava muito do que fazia — conta Maurício Evani, de 31 anos, amigo de infância da vítima.
Colegas de trabalho contam que ele gostava de fazer musculação e era muito querido por todos. Eles definiram Thiago, que estava no Degase desde 2012 e era lotado na unidade da Ilha do Governador, como um agente disciplinado, muito sério e trabalhador. A Polícia Civil informou que uma perícia foi ralizada no local do crime e abriu uma investigação para apurar as circunstâncias do crime e sua autoria.
O enterro acontece neste sábado, às 15h30, no Cemitério São Miguel, em São Gonçalo.
Fonte:Extra